ATUALIZAÇÃO / PERGUNTAS E RESPOSTAS

image

Saint Germain
através de Linda Dillon
4 de abril de 2017  

Transcrição de uma fabulosa atualização de St. Germain, de 4 de abril de 2017.
“Nunca estiveram nessa conjuntura, neste ponto particular em que, realmente, estão preparados e em prontidão, esperando que o aceno da bandeira sinalize a partida, em termos de criação, criando fisicamente e, tangivelmente trazendo a Nova Terra.”
Bênçãos Celestiais, 04 de Abril de 2017
Linda Dillon: Canal do Conselho do Amor
Suzanne Maresca: Host, InLight Universal
[Meditação de 6:35 a 18:03] Link para mostrar áudio.
http://inlightuniversal.com/heavenly-blessings-st-germaine-with-a-fabulous-update/

—-…..—==II==—-…..—-

St. Germain: Saudações, eu sou St. Germain.

Suzi: Bem-vindo.

StG: E bem-vindo a você, minha amada amiga, bem-vindos todos vocês, todos meus amados amigos em todo o planeta!

Sim, dirijo-me a vocês como meus irmãos e irmãs, queridos corações, aliados, embora, também, envie esta mensagem, através, de todo o planeta e muito além, porque jamais excluiríamos qualquer ser, qualquer amigo das Estrelas, [Risadas] sendo de pura energia? Não, não estamos falando de forças malignas, embora, também, possam usar uma boa dose disso, enviando-lhes o nosso Amor.

Michael disse para “manter o rumo” e nunca… Bem, talvez eu esteja exagerando um pouco, [risos], todavia foram palavras mais sábias nunca faladas! E Gabrielle pediu-lhes para aprenderem um novo nível de cooperação e ela, também, está absolutamente certa.

“Manter o curso” está pleno de emoção. E, assim que Mi-ka-el disse estas palavras, me coloquei de volta em minhas viagens emocionantes através de oceanos definidos anteriormente… [risos] o que eles pensavam de ‘desconhecido’ que era ridículo; Eram terras bem habitadas. Muitos erros foram cometidos, muitos erros. Eu não venho falar sobre isso porque isso foi resolvido de várias maneiras. Não, não significa que esteja terminado. Simplesmente quero dizer que não é onde eu gostaria de levar hoje o nosso foco.

O que desejo compartilhar com vocês é a excitação de, literalmente, encontrar novas terras, novas aventuras, novas maneiras de pensar e ser. Isso é o que me fascinou! Não foi o ouro e joias, que eu poderia criar a partir do nada. Foi a aventura da descoberta – e, meus amados amigos, a emoção de qualquer viagem, quando é verdadeiramente honrada e baseada na excitação da descoberta, é maravilhosa.

Anteriormente, me ouviram dizer que eu não tinha nenhuma intenção de retornar à Terra, a este glorioso planeta Gaia. E eu esclareci e disse que, claro, o que eu quis dizer foi que não tenho nenhuma intenção de voltar à “velha Terra” com todas as dificuldades, com a escuridão, com o peso, com os velhos paradigmas de ganância e agressão, o ódio, a guerra e ira, que não criam nada, apenas caos.

Entretanto, vocês e nós, em nosso serviço e alegria para a Mãe, estamos nesta nova jornada. Não é uma viagem que esteja prestes a começar na próxima semana ou no próximo mês. É uma jornada que já começou! Já partimos. Já estamos em viajando e que é emocionante e animada, às vezes é terrível e assustadora em razão de não conhecerem os oceanos, de não conhecerem as criaturas que vivem nos oceanos e de saberem de tudo aquilo que está por vir. Mas isso também é parte e parcela, a chave para a emoção.

O que sabem é que foram feitos com o velho e que está construindo e participando e ancorando Cidades de Luz, cidades-estados, que estão ancorando, construindo e criando novas instituições, novas sociedades, novas estruturas. Por quê? Porque tudo isso é baseados em novas formas de ser – que, realmente é o plano original, o eu original, o verdadeiro eu de cada um.

E como vão? Magnificamente!

No entanto, quando vão para o mar por um longo tempo, o que acontece? Às vezes as provisões acabam, adoecem por estarem sempre vendo e apreciando o mesmo e velho cenário. Na busca de uma nova terra, esperam por bons ventos e rezam por isso [risos] e que sua tripulação não se amotine. Todas essas coisas são exatamente onde agora estão.

E assim, envolvidos, desdobrados em antecipação e esperança, sua confiança e vigilância, também, está neste nível, não de medo… Uma vez que maioria de vocês, amados, tem sido muito boa se libertar do medo… Mas existe essa dica para o caso em que, de vez em quando, a apreensão e a duvida vierem a surgir, isso é certo, é bom não se tornar o padrão em que vivem porque, então, ficarão envolvidos com o “se, o quando será, o como”, em vez de prestarem atenção com o mar e, devo dizer, na mudança do mar, dos ventos e correntes.

E é isso que significa “manter o curso”. Trata-se de prestar atenção às mudanças do mar, correntes e padrões de vento, porque tudo estará mudando. Na medida em que navegam de oceano para oceano, equador para equador, continente para continente, universo para universo, as coisas mudam. Não sabem exatamente como ou porque, porque é tão complexo. E eu não sou Einstein – você pode convidá-lo num outro dia! Mas mesmo assim, não explicaríamos tudo porque, aquilo, que pensam como ciência é muito limitado.

Este canal recentemente me perguntou sobre buracos negros, buracos brancos, como os seres da Estrelas viajam de universo para universo ou de planetas para sistemas planetários e lhe foi explicado que, também, existem muitos portais desta natureza sobre o planeta. Esta é uma nova informação para cada um de vocês. E o que fazem com ela? Não têm certeza, mas o tempo virá que vocês, de fato, estarão usando muitos desses portais – os buracos brancos em particular – para ancorar as Cidades de Luz, a Nova Realidade que estarão ocupando, uma realidade interdimensional.

Mas, para isso, precisariam conhecer toda a ciência? Não. O que precisam saber é que são os capitães de suas naves, de seus navios, para ao quais estarão traçando o curso e que, simplesmente, amados, não estarão traçando o curso, apenas, para si mesmos. Também, estarão definindo o curso para aqueles que estão seguindo atrás de vocês. Existe uma armada inteira! Estarão definindo o curso para aqueles que estão viajando com vocês. E sim, num enorme estado de mudança.

Agora, permitam-me ser claro. Vou diferenciar entre “fluxo” e “mudança” porque “mudança” é um desdobramento de um plano e de um processo, enquanto que o “fluxo” é mais um blip numa tela. Estão na mudança que chamaram de “a mudança” e, então, dizem: “Oh, estamos nisso desde 2000, estivemos lá desde 2007, 2008, 2012”. Bem, na verdade, nunca estiveram nesta conjuntura antes e a humanidade, a armada coletiva que estão liderando, nunca esteve nesta conjuntura antes.

É motivo de excitação e celebração? Sim. E isso é motivo de prudência? Sim. Não é uma coincidência que tenham começado este show falando muito sobre a respiração. Quando estão num estado de grande excitação, de júbilo, de celebração, dizem: “Oh, meu Deus, isso me tira o fôlego” e isso é uma ocorrência literal. Sentem que, por um momento, não podem respirar, que estão sobrecarregados, plenos de alegria. E essa é uma das razões pelas quais continuamos dizendo a vocês: “Respirem! Afastem-se! “Não ignorando o caos, todavia, quase!

Pense novamente nisso. Quando saí da Europa, deixei esse caos para trás. Não poderia deixar me acompanhar porque me causaria muitas distrações. Entretanto, o caos continuou e se desenvolveu nas viagens dos envolvidos e nas escolhas de livre-arbítrio que fizeram. Mas eu não permiti que ele interferisse com a minha viagem. E mesmo que quisesse interferir, estava muito longe, muito longe para me impactar, além de poder enviar meu Amor, minha energia, minhas bênçãos, minha Chama Violeta – Sim, mesmo assim!

Tudo tem necessidade de estar em equilíbrio de perspectiva e uma verdadeira adesão. E essa é uma palavra que não usa muito frequentemente, não é? Chama-se “adesão” à sua missão, propósito e padrão de alma, design, talentos, capacidades e habilidades, em que: A adesão é o equilíbrio, é o alinhamento com o coração divino/mente/vontade e, nisso, está a suprema alegria, o Amor.

E quando estão ancorados, quando navegam nesta nave de Amor, então, estão na clareza e na pureza da Mãe e do Pai – e na determinação e na vontade da Mãe e Pai.

Então… Como estão indo? Estão indo magnificamente!

Claro, alguns de vocês estão exaustos e dizem: “Corri uma maratona e posso ver a linha de chegada, mas não tenho certeza se posso conseguir chegar até ela. “Calma, terão seu segundo vento! E como farão isso? Fazendo aquilo que lhes traz alegria, focando-se no que lhes dá alegria. E sim, deixando a distração ou o caos ou qualquer um desses contratempos por menores que sejam afetá-los pessoalmente.

Houve muitos choros, muitas situações de “fluxo” ao longo do caminho. No entanto, isso não mudou a direção, o impulso para frente e não irá alterar. Se estiverem cansados, deixem o vento e a corrente levá-los. Vocês têm direito e precisam descansar. É quando nós iremos inspirá-los, quando estiverem tranquilos… e, sim, às vezes quando estão totalmente ocupados, seja individual ou coletivamente. Podem senti-los, não é imaginação – e são suas imaginações! Seus trabalhos consistem em ancorar e ser quem são.

A tendência, agora, é a aceitação da felicidade. Estão sendo inundados de felicidade! E, claro que podem pedir mais. Pode pedir mais Amor, pedir mais da Mãe, mais do Pai e, certamente podem pedir mais Porlana C. Eu faria se eu fosse vocês! E a propósito, eu sou vocês e vocês são eu!

A tendência é a cooperação de uma forma que é amável e amorosa e gentil, e claro, mas não agressivo, esperançoso e confiante, com base em uma firme compreensão e conhecimento do que você é capaz de, e que você juntos são capazes de.

A tendência agora – e eu tenho falado com vocês sobre isso – é prestar atenção e nutrir, amar, deleitar-se, renderem-se aos seus amados corpos!

A Mãe sonhou – não ordenou, não exigiu, não ordenou – Ela sonhou com este belo planeta de tão magnífica diversidade e beleza, um lugar onde os anjos podem brincar na forma de, seja uma árvore, uma montanha, um ribeiro, um riacho… Ou um ser humano. Isso é o que são e, isso é o que estão fazendo. Portanto, nem sempre estejam pensando, porque é um processo de pensamento: “Tenho que trabalhar nisso.” Não. Vocês também têm que – sim, prestar atenção – embora, também permitir.

Não tentem mudar as correntes da mudança. Fluam com elas em sua integridade, na verdade e lealdade a quem são. Não existem dois caminhos iguais, idênticos; Nem mesmo gêmeos idênticos têm caminhos idênticos. Sejam verdadeiros consigo mesmos. Todavia, também conheçam a si mesmos para que tenham um manancial a que possam recorrer, de modo que todos vocês em forma física possam estar presentes para procederem neste desdobramento maravilhoso.

Está bom o suficiente por agora! O que mais poderia dizer!

Querida Suzi, por onde deseja começar?

Suzi: [Risos] Vou começar por agradecer por se juntar a nós neste momento. Existe uma série de assuntos que me vieram à mente depois de que você falou. Então, como responder aos eventos em nossas vidas é o que realmente importa. Não estaríamos sendo observados para ver onde estamos e como estamos prontos para o que está por vir e os papéis que estaríamos desempenhando?

StG: Bem, é claro que estão sendo observados. Você está sendo observada [risos], e que têm sido observados por bilhões de anos. Todavia, você está realmente perguntando sobre o fator de prontidão e sim, você está sendo observada.

Agora quero que você observe o que estou dizendo. Você está sendo observada. No entanto, alguns de vocês têm a sensação de que estão sendo testados – e vocês sabem do que falo – e vocês dirão: “O St. Germain está falando diretamente para mim!” E vocês estão certos. Eu estou nisso que sentem como desafios, como situações que estão sendo apresentadas a vocês em uma grande variedade, porque as situações que estão lhes sendo apresentadas são exclusivamente concebidas para vocês.

Assim, para alguns de vocês, será uma memória emocional, um abuso, uma traição, riqueza, abandono, doença, desespero… Estão sendo apresentados a essas situações que podem ser confusas, não porque estamos testando vocês – estamos a observa-los como implementadores do Plano Divino da Mãe estão fazendo. Se estão prontos para o próximo passo?

Então, de certa forma, parece e reclamam: “Oh, meu Deus, eu pensei que estávamos quase lá e agora isso é como o maior desafio que já enfrentei!” E estão absolutamente certos. A onda maior vem sempre no final!

Suzi: Sim! Bem, comigo foi: “O que vou fazer com a decepção?” E isso aconteceu algumas vezes de uma forma muito intensa. Toda vez que isso acontece, eu quero explorar e realmente ver “O que está aqui para mim?” E que para mim, tem sido uma viagem muito interessante no último mês ou algo assim.

StG: E assim, você poderá optar se irá permanecer no auge do desapontamento e permitir que ele venha pousar no desespero, ou se, simplesmente, fique a observá-lo e usar o seu brilho para sair, redirecionar e cair sobre os seus enormes recursos para mudar de curso.

Suzi: Sim, é o que liberamos. Nossos pensamentos são o que colocamos na matriz da criação, por isso precisamos torná-los realmente bons. Então, mesmo numa decepção, o certo é realmente manter o sonho e continuar colocando isso para fora, porque a confiança é como uma rendição total. É algo como, quando as coisas ficam muito difíceis e a escolha que vocês têm é apenas superar isso e dizer: “Você sabe, vai ser bom!”

StG: E deixar ir, como já disse, uma vez que não sabe “como” pode ter acesso por causa da construção de seu planeta e seu Universo, você nem sempre tem acesso a todos os vários fatores desse “como”.

Agora, muitos de vocês têm sido fabulosos no desenvolvimento de suas intuições, canalizações, precognições, suas informações telepáticas. Têm feito estupendamente. Mas ainda assim, quando estão particularmente em decepção ou dor, nem sempre tem a clareza do “como”. O que têm é sempre a capacidade de confiar.

Eu não sei – ainda, deste lado – não sei como se procede sem confiança, sem esperança e sem fé.

Suzi: Você me disse algo antes que gera uma necessidade em mim de perguntar: “Precisamos de um segundo vento?” [Risos]

StG: Sim! Agora você precisa ser muito clara e está tentando ser sutil sobre isso. Particularmente, você pode notar que eu não sou muito bem conhecido como sendo o mestre sutil!

Suzi: Sinto-me como uma garota no banco de trás do carro perguntando: “Ainda não chegamos?”

StG: Mas essa não é a pergunta que você fez, então deixe-me ser claro.

Você está indo para o acampamento, para o cinema, para o boliche, para a casa da avó… Então sim, você está quase lá. Mas quando chega lá e como chegar lá, meus queridos corações, precisam de um segundo vento! Porque estiveram neste estado – que é um bom estado para estar – de prontidão. Estão em preparação, têm estado em compensações e backups e mais backups… Agora estão um estado de prontidão.

Mas o que dizer quando sua mãe se vira do banco da frente e diz: “Saltem do carro.” Bem, nesse meio tempo, muitos de vocês podem estar dormindo, lendo calmamente, cochilando, discutindo com seus irmãos e irmãs sobre se estão, realmente, indo numa viagem surpresa. Então, quando a sua mãe diz para você, quando a nossa Mãe diz para vocês, “Saiam do carro, saltem do navio”, sim, vocês precisam do segundo vento [risos] porque irão estar muito ocupados!

Suzi: Amei isso e fico feliz por ter feito a pergunta porque essa é uma resposta muito boa, obrigado! [Risos]

StG: Eu agradeço! [Risos] Há momentos em que todo mundo precisa do que você chama de “um segundo vento” e há momentos… e eu falo para aqueles que vacilaram e desanimaram. Não pensem que eu não sei o que isso significa. Claro que eu sei! Então todo mundo também precisa de uma segunda, uma terceira, uma quarta chance. Ninguém fica de fora!

E individualmente, nunca – por favor – desistam de si mesmos, porque é isso que fazem quando dizem: “Eu desisto”. Ninguém desiste da Mãe ou do Pai ou de seu caminho ou de nós, Mestres, os Arcanjos. O que estão fazendo é desistir de si mesmo. Estão negando o Amor a si mesmos, negando suas capacidades de, realmente, fazerem essa jornada que programaram antes encarnar. Nunca desistam de si mesmos.

Suzi: Você disse que nós nunca tivemos antes nesta conjuntura. Poderia se mais específico, exatamente, sobre que conjuntura?

StG: Nunca antes, seja individual ou coletivamente, estiveram neste ponto. Acho que, coletivamente, chamaram de “virar o interruptor”. Vocês nunca estiveram neste ponto em seus processos de ascensão. Nunca antes estiveram neste momento, neste ponto particular onde realmente estão de prontidão, preparados e esperando a bandeira acenar, sinalizando a hora do avanço um ir em termos de criação, criando fisicamente, tangivelmente trazendo a Nova Terra.

Embora eu não seja um – sim, embora eu seja bem conhecido por manifestar ouro e joias que vocês têm – eu não sou aquele que, simplesmente, se concentra na abundância. Sim, sou infame e famoso por isso. Todavia, a chave é a prontidão emocional, mental e espiritual para usar a riqueza.

Uma das razões pelas quais me recusava retornar ao planeta, à “velha Terra”, foi porque tinha testemunhado muito abuso de poder, abuso de riqueza, abuso de recursos, porque o principal fator impulsionador do uso correto dessa riqueza era o uso correto da vontade, que se baseava na temperança e na prudência, na fortaleza e na alegria, na felicidade e na verdade, para que os preparativos tivessem necessidade de estarem lá.

Seus quocientes… se desejarem olhar como uma fórmula matemática, teriam que estar num porcentual de seus eus individuais e do eu coletivo estarem numa relação de maturidade, espiritual, emocional e fisicamente, gerenciar o processo de criação de edificar novas sociedades. E estas são sociedades, amizades, famílias, uniões sagradas e arranjos políticos que se baseiam na cooperação como fundamentadas, todavia, na bondade, na gentileza.

Nunca estiveram neste lugar onde poderiam está dizendo: “Ok, estamos todos alinhados e prontos para ganhar terreno”. Então, vistam suas roupas de festa e preparem-se para avançar!

Suzi: Bem, isso soa realmente maravilhoso! [Risos] Você mencionou a velha Terra e eu só estou pensando: “A velha Terra ainda está por aqui?”, O que me leva a pensar de que nossa percepção do que está ao nosso redor e ao que prestamos atenção é o que cria nosso mundo. Então, este ponto de inflexão estaria em torno de pessoas chegando a essa percepção daquilo que prestamos atenção… na medida em que entendermos o que estiver acontecendo, não iremos adentrar no caos, como foi mencionado na última vez?

StG: Correto. Agora a Terra é eterna – belo arcanjo – então, quando digo “velha Terra” estou me referindo aos antigos paradigmas humanos que profanaram este maravilhoso planeta. E, assim, cada vez mais, mesmo com o caos campeando, haverá cada vez mais de vocês dizendo: “Eu não quero mais viver no caos, essa é a minha escolha, não de não colocar a minha atenção em distrações, esta não é a minha vida diária. Não é meu desejo, optar ou viver nessas aberrações vibratórias distrativas”.

Não somente onde colocam suas atenções, seja no ponto de partida e de chegada mas, também, no meio e como proceder. Assim, em muitos aspectos, a “velha Terra” não existe mais.

Agora pense nisso desta maneira. Em seu planeta, existem muitas pessoas que gostam de viver do passado. Mesmo quando eu estive no planeta, tive amigos, aliados e conhecidos que adoravam viver no passado. Portanto, entre vocês, há aqueles que ainda estão optando por viver no passado. Alguns num passado recente, outros num passado distante – entretanto, isso não é real. É apenas uma vaga e amorfa memória. Não é a realidade atual. Não estou falando sobre o aspecto temporal. Estou falando sobre o aspecto de sistemas de crenças.

Portanto, existem aqueles que ainda estão no sistema de crenças… por exemplo, irá ouvir pessoas dizerem: Devemos retornar aos valores familiares”. O que eu diria é: “Por que não cocriamos e ancoramos os verdadeiros valores familiares?” Muitos dos valores familiares de que falam eram autoritários, baseavam-se numa distribuição desigual, não só de riqueza, mas de poder, de mordomia, de denigração de mulheres, de crianças como bens móveis…

Suzi: Certamente!

StG: Eu jamais sugeriria voltarem a isso. No entanto, existem aqueles que sonham com essa falsidade.

Suzi: Bem, tenho que admitir que, neste momento particular, estou chocantemente desinteressada em muitas das coisas que a vida tem para oferecer agora, Só estou ansiosa para o que se tornar mais interessante e, realmente, guardando espaço para isso. E fico apenas me perguntando se o meu trabalho será fora do planeta, se “as coisas vão ficar muito melhores aqui?” Não sei. É difícil dizer.

StG: Como veem, muitos de vocês estão pensando: “Meu trabalho é fora ou no planeta?” O que eu sugiro para vocês é que esse é um pensamento limitado. Por que não haveria muitos ou todos alem disso? E não diriam: “Meu trabalho é na América do Norte” ou “na Europa”. Formarão a comunidade Gaiana e, na medida em que novos meios de transporte forem introduzidos e estiverem disponíveis para vocês, na medida em que aprenderem a bilocar mais claramente, poderão estar em Pequim na parte da manhã para o café da manhã e em Seattle para o almoço e Cidade do Cabo para o jantar!

Suzi: Isso é fabuloso!

StG: Sim. E poderá fazer isso tudo, visitando seus amigos, a bordo de naves nos intervalos.

Suzi: Ah, sim, adoro isso. Estive pensando tanto que não estou realmente animado sobre voar, por causa de toda a TSA e seus desagradáveis procedimentos segurança. Programar um passeio numa nave seria bem mais agradável.

StG: E de primeira classe por todo o percurso [Risos]

Suzi: [Risos] Oh, claro que chegamos à questão de “quando?” Agora que fui assegurada por Galea que este ano está parecendo ser muito bom para isso!

StG: E eu sugiro que você tome Galea em suas palavras!

Suzi: Tudo bem, vou fazer isso.

StG: Vá com meu amor, querida coração e todos vocês. Estão fazendo brilhantemente muito bem! Olhem para a Ascensão e saibam que a queda do velho está em seu final e que vocês já não fazem mais parte dela. Estão navegando para novos mundos, já quase chegando lá. A terra está à vista. Estão quase lá, querida Suzanne.

Suzi: Lindo, obrigada.

StG / Suzi: Adeus.

—-…..—==II==—-…..—-
 
Direitos Autorais: Canal: Linda Dillon / http://counciloflove.com/
Fonte: http://inlightuniversal.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/04/saint-germain-atualizacao-perguntas-e.html#more

A FÊNIX QUE RENASCE ATRAVÉS DO MEDO

image

Mensagem do Mestre Saint Germain
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martin
20 de março de 2017  

Música para escutar durante a leitura: https://youtu.be/eKFTSSKCzWA
 

Amados irmãos,

Do coração parte a compreensão que apenas o amor traz. Não há entendimento de absolutamente nada na criação sem o amor.

Por muitas vezes tentamos lhes trazer a extensão de algo tão simples. Mas a compreensão dessa expressão se dá apenas por aqueles que são capazes de olhar ao redor com os sentimentos do coração. É a partir do amor que temos a compreensão maior da beleza que se encontra ao nosso redor, somos capazes de ver uma mãe a cuidar de seu filho, a natureza abundante do maravilhoso planeta que vivemos, podemos ver um sorriso, um abraço. São atos tão simples, mas que destituídos do amor, não observamos.

Quando saímos do sentimento do coração vemos a corrupção, a ganância, que é vista como uma regra social, entramos na competição por sermos melhores, pelo sucesso e por tudo aquilo que alimenta o ego. Esquecemo-nos do amor e caímos na matriz do comportamento social que nos conduz aos vícios morais, que nos prendem ao nosso próprio egoísmo e que mais uma vez levará ao sofrimento.

Mas no amor, temos um olhar compassivo, ficamos ancorados em nosso coração, que nos mostra a verdade. E a verdade maior não é a maldade do ser humano, o egoísmo, a ganância, mas sim a busca pelo preenchimento interior que só o amor traz, a caridade de alma. É um preenchimento que vem da essência, da alma, que irradia quando saímos do modelo de vida imposto pela sociedade e ancoramos o amor de nosso coração. Então entendemos que o que vemos são atos causados pelo medo, pelo sofrimento de vidas, que nos torna seres mentais que se afastam do amor de Deus. Pois a busca de cada ser humano é pelo preenchimento do amor.

Quantos mestres estiveram na Terra e somente foram capazes de ancorar seu propósito a partir do amor, deixando um legado ao planeta, à humanidade. Nenhum mestre, amados, que se utilizou de um corpo físico, retornou ao estado original senão trabalhando ao coletivo. Analisem a vida de Jesus, Maria, João Batista, Confúcio, El Morya, Francisco Xavier, dentre tantos outros, e percebam que todos deixaram um legado de amor. Isso os mostra algo, amados: não existe elevação fora do amor e da compaixão, sem deixar algo ao planeta que represente um ato de amor.

Todo o conhecimento do universo não substitui o amor, pois ele nos abre ao coração, e a partir desse sentimento, que representa Deus em toda sua obra, somos capazes de ter uma vida mais suave, mais leve, onde deixamos de focar nos vícios da humanidade e somos capazes de observar a beleza do planeta. E é esse sentimento, esse estado de alma, de simplesmente agradecermos o que há de bom na vida, que nos abre o coração, que nos conecta aos estados mais sutis da consciência e nos tira da matéria coletiva de sofrimento.

Pois, amados, toda a humanidade foi concebida sobre essa matriz, e quando a combatemos focando naquilo que não aceitamos e que não gostamos, estaremos na verdade, alimentando essa matriz, e a tornando ainda mais forte. Mas, de outra maneira, quando simplesmente tiramos o foco por nos abrir ao amor de nosso coração, ela se esvai como poeira no ar. A antiga matriz não tem como base o amor, por isso ela teme esse sentimento tão sublime. E por temer o amor, conduz a humanidade ao medo, ao revanchismo, à competição, pois são esses sentimentos que a alimentam. Mas se aprendemos amar a partir do coração, nos desligamos de tudo isso e nos conectamos a algo maior, muito maior: O amor de Deus.

A porta para sentirmos o amor de Deus é o nosso próprio amor, e é ele que nos liberta e nos permite ensinar como estar no planeta, sem alimentar aquilo que mantém a humanidade em um estado de servidão. Ao amarmos, ensinamos a força do amor, deixamos um legado ao planeta, e foi isso que os mestres fizeram, aprenderam a amar e então se libertaram deixando a trilha de luz para que outros fizessem.

Esses Grandes Mestres, que vocês engrandecem de forma a cultuá-los como superiores, foram tão pequeninos quanto um grão de areia. A mostrar a vocês que todos são grandiosos perante a unidade que é Deus.

Eles vieram, todos, manifestados de forma pequenina, mostrar a vocês como é viver de forma livre e verdadeira, irradiando o amor que é alimentado pela fé e confiança em Deus.

Eles mostraram o caminho a ser seguido. E esse caminho, é a estrada que vocês mesmos continuarão a construir, a partir do amor que cultivam em seus corações.

A cada semente plantada, a cada dor acalentada, a cada lágrima transformada em sorriso, vocês vão construindo a estrada da mestria na história de vocês, e que trará a ascensão planetária.

A ascensão, amados filhos, não é algo impossível de alcançar como pensam. Mas sim é apenas um estado de aceitação das suas próprias vidas, quando deixam de lado aquela busca incessante em tentar ser aquilo que não são. Aceitando as experiencias da forma que elas são apresentadas e então compreendendo que assim deve ser para que as vidas de cada um de vocês sejam construídas de forma perfeita.

Ao aceitarem as vidas assim como são, e irradiarem o amor como gratidão, verão resplandecer o foco de luz dentro dos seus corações, que iluminará os caminhos de todos em sua volta. Vocês são os que trarão as pedras a construir a estrada de luz que é a ascensão planetária, filhos.

Os Grandes Mestres, que vem até vocês como Avatares a manifestar a caridade e o amor, são apenas representações de vocês mesmos. Vem para mostrar a vocês as suas verdadeiras essências.

Apenas um avatar não será suficiente para transformar o planeta, mas sim um avatar pode mostrar a vocês como a estrada deve ser trilhada para que vocês mesmos possam ser os próprios salvadores.

Portanto, filhos, o pensamento que cultivam de adoração, da espera pelo salvador, é ilusória. A única realidade, filhos, é a de aceitar que vocês são os salvadores. Vocês são os salvadores do planeta e os materializadores da Nova Era. Através de tantos que vieram a mostrar o caminho, vocês aprenderam como deve ser trilhada a estrada rumo à luz.

Não temam, não permaneçam cultivando o sentimento de que tudo se resolverá por alguém que não vocês mesmos. Pois vocês sim são os protagonistas dessa história.

Filhos, como sinal de agradecimento aos mestres, que não buscam louvores e doações, busquem apenas seguirem os seus passos, rumo à ascensão individual e planetária. Pois afinal, vocês são capazes, assim como mostraram a vocês em tantos episódios da história.

Vocês são os transformadores da Nova Era. Essa Nova Era que não será governada por mestres que virão os salvar, mas sim por vocês mesmos, que conquistaram o estado de maestria com gratidão e paz, com amor e fé. Vencendo o medo e as barreiras do ego.

Unam-se em uma só nação. Unam-se em nome do amor e do planeta. Sejam os protagonistas das suas próprias histórias. Vibrem a bandeira da paz e da fraternidade. Vibrem a bandeira do amor e da luz. Vibrem a bandeira da verdade e da coragem. Vibrem a bandeira da União, pois vocês como Um, brilham de forma tão intensa e poderosa, que seriam capazes de irradiar amor a tantos outros planetas. Vocês, filhos, são os principais agentes da transformação planetária. E estão aqui para recuperar o que pertence a vocês, recuperar as suas próprias verdades através da entrega ao amor e à caridade.

Vocês vencerão todas as batalhas contra o próprio medo.

O que vocês podem observar como sofrimento, como castigo, na verdade é apenas vocês mesmos, as suas verdadeiras identidades, aprisionadas dentro do ego e do medo, procurando se manifestar de todas as formas e sair para o externo de vocês mesmos. Vocês estão lutando apenas com o medo, que criaram a partir de uma vida de restrição e de controle. Mas que somente pode ser removida por cada um de vocês, a partir do olhar interior e aceitação da verdade.

Essa verdade, filhos, é individual, cada um encontra a si mesmo no momento perfeito, na hora perfeita, após ter vivido todas as experiências da matéria, mergulhados em sofrimento e dor, quando o Eu Interior já não mais suporta ser mascarado pelo ego e pelo medo. Dessa forma ele resplandece através das suas próprias barreiras mentais, como uma Fênix a renascer das cinzas da ilusão que criaram. O Ser resplandecente renasce como uma Fênix a ser um poderoso agente transformador da própria vida e também da vida de tantos outros que fizerem parte da sua caminhada, a ser mais um que plantará sementes da Nova Era.

A verdade os libertará, e o amor os manterá em unidade com Deus.

Sigam em paz meus filhos.

Saint Germain
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Michele Martini
Sou um canal em harmonia à luz violeta. Ancoro nesse plano o desejo de elevação planetária pela transmutação de toda densidade que bloqueia o livre fluir da luz e amor nessa dimensão. Em comunhão com os mestres ascensos, seres de luz e a partir da fé humana varreremos e transmutaremos os estados mentais densos em alegria, tranquilidade e amor. Com a ajuda da amada Mestra Portia, coloco-me a serviço da liberação de toda escuridão humana e planetária, buscando ser um instrumento de alivio da dor física, emocional e mental daqueles que se colocarem sob nosso campo de irradiação.

Canais: Michele Martini e Thiago Strapasson
Fonte: http://www.pazetransformação.com.br

A FUGA DO “SER RECONHECIDO”

image

Mensagem do Mestre Saint Germain
através de Michelinha OM
28 de Fevereiro de 2017  

 
Amados filhos,

Imaginem nesse momento uma pequena casinha de madeira.

Em meio a um lugar desértico com o mar em frente. Grande vegetação em volta, e muita paz.

Mas, nesse momento, aproximando-se da casinha, vocês observam que lá dentro há uma senhora. Ela está a fazer tricô. Tecendo roupas para ela mesma, ela sorri e está em paz.

Ao sair pela porta, ela pode contemplar a paz e a beleza. Ela medita enquanto faz o tricô. Ela se exercita enquanto busca alimentos no mar e na mata para consumo próprio. E assim a vida segue. Ela é feliz. Mantém-se sempre centrada no seu equilíbrio. Pois não há nada que perturbe essa paz.

Então nesse momento alguém se aproxima da casinha e adentra pedindo por ajuda. Pede por alimento e vestes, e a senhorinha auxilia com muito amor.

Esse alguém veio de muito longe, a trazer uma palavra de paz, mas, envolvido em tanta mentira, em tanta falsidade do mundo externo, deixou-se doer no coração. Foi ferido profundamente, porque manteve o coração centrado no amor e não se deixou levar pelas ilusões da matéria. Isso fez com que saísse da batalha ferido, com o coração ferido, mas mantendo centrado o amor e o equilíbrio com a sua própria verdade.

A senhorinha o cobriu com carinho e afeto. Deu água, alimentos e amor. Disso ele precisava para seguir em frente com as energias recarregadas. Ele não precisava de uma mansão, de alimentos fartos, oferecidos com base na frieza de sentimentos e desamor. Ele precisava do amor, do carinho e do afeto, muito mais do que o agasalho e o alimento.

Esse amor aqueceu o coração do senhor, que seguiu a caminhada renovado, com esperança de que ainda há amor. Com o exemplo da fé e da caridade, que ele mesmo recebeu, mas que ele tentou tanto pregar e praticar, recebendo somente bordoadas da vida e das pessoas em sua volta.

Assim, ele levou a palavra a milhares de pessoas, que mostraram que são capazes de ouvi-lo com muito amor. Assim ele se fez eterno nos corações de tantos outros, que sentiram esse coração aquecido também a os aquecer.

Mas esse homem, esteve também envolvido em seus momentos de fraqueza, onde precisou buscar o coração aquecido de outro ser, e não somente do seu Eu Sou. Precisou abrir-se a receber auxílio amorosamente. Pois percebeu que nada nessa vida pode ser completamente feliz quando se está só. Ele percebeu que somente ele, sozinho em seu verdadeiro propósito, não conseguiria alcançar o grande objetivo final.

Ele precisava sim de um coração aquecido, a fazer parte dessa grande história, a qual transformaria a vida de tantas pessoas pelas quais ele tocasse no coração.

Esse homem, descobriu que, enquanto envolvido em castelos de riqueza, enquanto foi convidado a banquetes e recebeu todo o conforto material, esteve a se esvaziar por dentro.

Ele percebeu que, quanto mais as pessoas o reconheciam pelo seu trabalho, quanto mais se tornava conhecido em sua jornada, mais se desviava do seu verdadeiro propósito, e então foi, a caminhar sozinho em meio ao nada, para então encontrar a singela casa da senhora. Muito humilde, e sem saber quem era esse homem, estendeu a mão e o coração a ele.

E o fez perceber que esse reconhecimento é o mais rico. Que esse amor, quando oferecido de forma abnegada e anônima, é o mais preenchido do verdadeiro sentimento de caridade.

E o que é então a caridade, filhos? É aquele ato de oferecer sem esperar absolutamente nada como retorno, nem mesmo o reconhecimento, nem mesmo o prestígio. Apenas alimentando no próprio coração o sentimento de gratidão que é a maior recompensa e que cura todas as feridas da batalha.

Os grandes nomes, filhos, que passaram por essa Terra, tiveram momentos de luxo onde foram banhados em riqueza, durante a caminhada, mas se permanecessem ali, envolvidos naquela riqueza, se esvaziariam por dentro e o propósito se perderia. Estariam se distanciando da sua verdadeira missão. E por isso, ao atingir o prestígio e o reconhecimento, abandonam e seguem em frente, com o amor e a fé no coração. A certeza de que é possível sim transformar o mundo em algo mais repleto de luz e amor. Em algo de muita paz. Mas sempre levando no coração o sentimento de gratidão.

A simplicidade, e o olhar para a verdadeira caridade, muitas vezes necessita da fuga do “ser reconhecido” para que então esvazie a lista de louros, mas preencha o coração de amor e gratidão.

E assim é.

Sou Mestre Saint Germain
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Michelinha OM
Sou um canal em harmonia à luz violeta. Ancoro nesse plano o desejo de elevação planetária pela transmutação de toda densidade que bloqueia o livre fluir da luz e amor nessa dimensão. Em comunhão com os mestres ascensos, seres de luz e a partir da fé humana varreremos e transmutaremos os estados mentais densos em alegria, tranquilidade e amor. Com a ajuda da amada Mestra Portia, coloco-me a serviço da liberação de toda escuridão humana e planetária, buscando ser um instrumento de alivio da dor física, emocional e mental daqueles que se colocarem sob nosso campo de irradiação.

Fonte: http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/

SAINT GERMAIN E A NOVA ERA

image

O Mestre Ascencionado Saint Germain é o Chohan ou dirigente do Sétimo Raio desde o final do século XVIII. O Sétimo Raio, ou o Raio Violeta como também é chamado, expressa as vibrações de Perdão, Misericórdia, Transmutação, Liberdade, Ordem, Rítmo e Cerimonial, regendo todos aqueles que estão envolvidos na causa da Liberdade em toda a Terra, servindo nas mais diferentes atividades. Em 1º de maio de 1954, Saint Germain assumiu a regência da Nova Era, tendo recebido o cetro das mãos do Mestre Jesus, que dirigia a Era anterior. Hoje, Saint Germain é conhecido como o Deus da Liberdade.

Raios são Energias Divinas, emanadas do Coração de Deus ao universo, ao sistema solar e ao planeta Terra. São energias que compõem tudo o que existe, tudo o que foi criado (desde as maiores galáxias até as menores partículas), em todos os níveis de consciência e em todos os planos de manifestação; vivificam cada núcleo de vida, realizando o propósito da criação. Na Bíblia são chamados de “os Espíritos diante do Trono de Deus”. Através da manifestação dessas irradiações, o Grande Criador Universal precipita todas as sua Obras. Imagine um Grande Sol Central, e um brilho muito intenso e visualize isso como o Núcleo da Criação; ao redor desse Grande Sol Central, perceba irradiações cromáticas, que na verdade são Qualidades, Virtudes Divinas emanando desse Núcleo e se expandindo pelo Universo. Esses são os Raios de Aspectos Divinos (Primeiro, Segundo e Terceiro) de de Atributos Divinos (Quarto, Quinto, Sexto e Sétimo Raio).

A Nova Era é um novo ciclo no qual o planeta Terra está entrando e que durará cerca de dois mil anos, regido pelo Sétimo Raio e caracterizado por grandes transformações. A cada vinte e cinco mil anos, aproximadamente, o nosso planeta completa um grande ciclo em seu movimento no espaço. Este ciclo é dividido em doze períodos de aproximadamente dois mil anos e estes períodos são chamados de eras. A era atual é considerada o momento da colheita, pois o Sétimo Raio recolhe tudo o que foi distribuído e praticado desde o início do grande ciclo, ou seja, há aproximadamente doze mil anos atrás. Na Era do Sétimo Raio, é necessário que todos aprendam a libertar-se de tudo o que for limitante e negativo. As maiores prisões são internas e não externas. o exercício de liberdade em todos os setores (político, social, religioso, filosófico) é importante, mas a verdadeira liberdade deve vir de dentro pra fora, ou seja, do seu interior; libertaçãode pensamentos e sentimentos opressores e negativos e libertação do passado, desta e de outras encarnações. Isso é fundamental para este Novo Tempo, e todos os homens deverão sintonizar-se com essa nova frequência. O importante é viver no aqui e no agora, no momento presente.

O Mestre Saint Germain ensina a focalizar a atenção no presente e deixar para trás o passado, assim como deixar de ficar sonhando com o futuro,. O que importa é o momento que temos diante de nós, pois este momento é o criador do futuro. Se o passado for trazido à lembrançae, a todo o momento, vivemos focados no que aconteceu, trazemos essa energia para o momento atual e tudo fica circulando na mesma energia; recriamos as mesmas coisas.

A Era da Liberdade exige de todos os homens o desapego, a libertação de carmas e não a constante repetição do passado. Diante disso, se faz necessária uma mudança de postura mental e emocional, que são fundamentais para a libertação interior. Os homens estão na Terra com o objetivo de servir e, através desse serviço, manifestar a felicidade, a alegria, o amor, e não para ficar repetindo carmas e gerando negatividade.
Quando se olha para o presente e se vê nele um potencial construtivo e libertador, tem-se a chance de transmutação e renovação absolutas. Durante esse período, a Terra e os homens vão vivenciar uma atividade completamente nova, pelo menos não vivida nos últimos doze mil anos e a cada ser, humano ou elemental, será dada a oportunidade de libertação.

A Hora Cósmica soou e o chamado emerge de todos os recônditos da Terra e dos Céus. Todos os que desejam a Liberdade têm essa chance. Ninguém precisa mais ficar remoendo o passado e sujeito ao retorno de suas energias pregressas; basta dissolvê-las, arrependendo-se de seus erros, perdoando e sendo perdoado, libertando-se de culpas antigas, para que toda a limitação se dissolva. Para isso foi divulgado publicamente o ensinamento do Fogo Violeta, a Poderosa Energia Misericordiosa que dissolve o passado e mantém todos os seres livres da dissonância. Alem disso, a assistência de Saint Germain, como regente da Nova Era, e de todos os Ascensionados tem o objetivo de facilitar o processo de evolução e purificação de toda a Terra.*
*extraído do livro” Saint Germain e a Nova Era – autor: Luiz Carlos Silveira Dias Júnior – Editora Divina Presença.

Em nome de nossa Presença EU SOU, chamo por Vós, Amado SAINT GERMAIN e Vós, Grandes Seres da Chama Violeta: Dirigi as purificadoras Forças do Fogo Violeta através da minha Aura, corpo do Pensamento e Sentimento, meu Corpo Etérico e todas as células do meu corpo Físico, através de toda energia e substância que vêm a mim para se libertar e toda energia que leva o meu selo. (https://www.facebook.com/divinapresenca.editora?fref=hovercard)
**********
Decretos ou Afirmações
Decretos:
Todas as vezes que usardes a Lei das afirmações com concentração, estareis colocando o vosso Deus Interno, O Poderoso Eu Sou, em ação.
Afirmar com convicção as palavras dos Seres Excelsos é transformá-las em Lei, para que a precipitação se faça na Terra e sua humanidade. Há necessidade de que estas afirmações mântricas sejam sustentadas diariamente e sempre sentidas e entregues à poderosa presença Eu Sou em vossos corações.
Escolhei aquela ou aquelas que mais vos falem ao vosso coração e praticai-as diariamente com amor, fé e devoção e vereis as transformações que ocorrerão em vossas vidas e logicamente a vossa volta.
Utilize os decretos com técnicas de visualização.

Decreto ou afirmação do Eu Sou por Saint Germain
Eu Sou
” Eu Sou ” A ressurreição e a vida!
” Eu Sou ” A energia que uso em cada ação;
” Eu Sou ” A luz iluminando cada célula do ser;
” Eu Sou ” A inteligência, a sabedoria, dirigindo cada esforço;
” Eu Sou ” A substancia onipresente, sem limite, que pode ser usada para moldar a forma;
” Eu Sou ” A força, a compreensão perfeita;
” Eu Sou ” A habilidade a ser aplicada constantemente;
” Eu Sou ” A verdade que dá a liberdade perfeita agora;
” Eu Sou ” A porta aberta à luz de Deus que nunca fracassa;
Dou graças, entro nesta Luz plena, usando compreensão perfeita.
” Eu Sou ” A vista, que vê todas as coisas visíveis e invisíveis;
” Eu Sou ” O ouvido, escutando os sinos da liberdade, que tenho agora;
” Eu Sou ” A habilidade de sentir a mais embriagadora fragrância à vontade;
” Eu Sou ” A totalidade de toda perfeição que desejo manifestar;
” Eu Sou ” A compreensão total. Poder e uso de toda esta perfeição;
” Eu Sou ” A revelação total e uso de todos os poderes de meu ser que Eu Sou;
” Eu Sou ” O amor, o magno poder motriz através de toda ação.
 (http://www.eusouluz.iet.pro.br/decretos.htm)

PEDIR APENAS NÃO É SUFICIENTE. É PRECISO RECEBER.

image

Mensagem de Saint Germain
canalizada por Adriano Pereira
26 de outubro de 2016  

Que a Luz Divina da Chama Violeta transmute em Amor todos os sentimentos de medo, impotência, tristeza e melancolia de dentro dos corações de todos os seres humanos, renovando suas mentes, corpo e espírito, abrindo-vos para receber as bênçãos que vos aguardam, e que são suas. Eu Sou Saint Germain, e hoje trago-vos inspiração para renovarem suas vidas, para reciclarem todo o lixo emocional acumulado ao longo de milênios, para que vazios destes, não se sintam ocos, e sim, sintam-se abertos e com espaço interior para receber todo o Amor que o Universo está aportando sobre a humanidade.

Pois ao prenderem-se aos sentimentos menores, que os diminuem perante quem verdadeiramente são, a humanidade acaba andando em círculos, sem avançar ou retroceder, gerando um grande sentimento de impotência e insegurança quanto ao futuro de vossas vidas e levando para mais longe os seus sonhos.

Purifiquem-se queridos, liberem toda a pesada carga que sobrecarrega vossas mentes e os impede de avançar, e de receber.

Fazer afirmações positivas ajuda a trazer sua mente ao foco primordial de seus sonhos, mas não é só. É preciso que a humanidade entregue seus ‘pesos’ para o Criador do Universo. De nada adianta quererem carregar esse fardo. Nada conseguirão. Apenas se manterão enterrados onde estão.

É hora de renovar-se de corpo e alma.

Jesus já disse a dois mil anos atrás, “meu fardo é leve”.

Dê um salto de fé. Acredite conscientemente que O Criador está com as mãos estendidas para você, neste momento, e você só precisa tirar todos esse peso do passado e entregá-lo ao Criador, e depois, apenas relaxe, sente-se onde estiver, feche os olhos, respire profundamente, e neste momento sublime para sua alma, apenas permita-se fluir no sopro divino de Deus, que o levará até onde sua alma quer chegar.

Não é preciso se esforçar.
Não é preciso suar para conseguir.
Não é preciso lutar.
Não é preciso tirar nada de ninguém.

Apenas é preciso, fechar os olhos, respirar profundamente, e deixar-se envolver pela brisa serena e amorosa do Criador do Universo.

Quanto mais tempo ficar assim, fluindo, deixando-se levar pela brisa Divina, mais você receberá.

Há um grande erro da humanidade, que foi educada assim, que é ajoelhar-se e rezar pedindo a Deus pelo que querem ou precisam. E, em seguida, imediatamente, levantam-se e voltam aos afazeres cotidianos.

Queridos, pedir apenas não é suficiente. É preciso receber.

Se você apenas pedir e não receber, como é que o Universo poderá realizar seus sonhos.

Além de orar, de conversar com o Criador sobre o que for que você quiser, você precisa, em seguida, ficar em estado de contemplação, em silêncio, por alguns minutos pelo menos, para que o Universo possa vir até você, orientá-lo, energiza-lo, guia-lo para os melhores caminhos.

E isso só é possível através da contemplação, meditando silenciosamente após fazer suas preces, para enfim, permitir-se receber.

Quanto mais tempo ficares em contemplação, mais e mais o Universo poderá lhe apoiar, trazendo para sua vida o que precisa, e muito mais, pois o Universo tem tanto para compartilhar.

Há tanta abundância, tanta fartura, tanto Amor, e tudo está nas prateleiras, prontos para serem entregues a você.

Apenas permita-se receber.

Esse é o caminho.

Eu Sou Saint Germain

-…..—==I.=|=|..|=|=.I==—-…..-

Direitos Autorais: Adriano Pereira
http://mestresascensionados.blogspot.com.br/2016/10/saint-germain-pedir-apenas-nao-e.html

NOSSAS MUITAS VIDAS

image

Mensagem de Saint Germain
canalizada por Adriano Pereira
05 de janeiro de 2017  

 
Queridos irmãos da Terra, Eu Sou Saint Germain, trazendo algumas palavras para este novo ano que se inicia. Muitos falam sobre minhas reencarnações passadas, sobre quais foram meus nomes, e por onde andei. Muito bem. Eu, assim como você, tivemos muitas encarnações, muitas vidas diferentes sobre a Terra, cada qual contribuindo para sua própria evolução e também contribuindo para o desenvolvimento coletivo. A diferença entre as minhas encarnações e as encarnações de muitos de vocês é que, eu sempre estive em plena consciência de quem eu era, de qual era a minha missão em cada vida, e o porquê de eu estar no lugar onde estava.

A plena consciência traz uma diferença brutal na forma como o ser humano enfrenta a vida, pois ele tem o pleno entendimento do todo, e das consequências de cada ação que toma, além de captar a verdade de tudo e de todos ao redor. Nada, absolutamente nada escapa ao ser em plena consciência.

Outro lado importante de um ser humano em plena consciência é o acesso as experiências passadas que teve, o que permite acessar conhecimentos considerados exotéricos, de magia, que nada mais é que o “saber, entender e manipular as energias”, de forma a obter o resultado que deseja.

Em cada época, ou era, da história da humanidade, eu assim como você, estivemos presentes, participando ativamente dos dramas e das alegrias de cada vida. Infelizmente, ao retornarem ao corpo físico, aqueles sem plena consciência de seu ser, de seu poder inato, tinham que começar a aprender as coisas de novo, e mais uma vez, de forma a que seu intelecto pudesse absorver novamente certo conhecimento para poder utilizá-lo.

Aqueles sem a plena consciência, ficam fragilizados aos ataques daqueles nesta dimensão ou em outras dimensões, que pretendem tirá-lo de seu caminho, prejudicando ao máximo a sua jornada terrestre, para que você não tenha a menor chance de se elevar e redescobrir quem você é.

A sabedoria dos diversos mestres que vieram sobre a Terra trazer a sua mensagem e exemplo, sempre foi devido a um estado de plena consciência, ou de um estado elevado de consciência, que possibilitaram a esses enviados manter sua missão no rumo que deveria, para perpetuar a sua mensagem.

O estado de plena consciência permite que cada um de vós readquiram o seu poder, poder este que sempre esteve com você.

Os mistérios da vida, os mistérios das escolas antigas, os mistérios de suas sociedades secretas, tudo isso, estará disponível para acesso imediato, assim que se elevarem individualmente a este estado de iluminação.

Assim, minhas muitas vidas foram como as muitas vidas que vocês tiveram, a diferença é que pude direcionar e canalizar as minhas forças e energias para aquilo que meu coração guiava.

Desejo que todos vós neste novo ano, saibam criar as condições, o ambiente e as ferramentas necessárias para criarem o novo. Um novo que vocês nunca conseguiriam sequer imaginar toda a sua beleza, o novo que vem sendo criado pelo seu coração divino.

Namastê

-…..—==I.=|=|..|=|=.I==—-…..-

Direitos Autorais: Adriano Pereira
http://mestresascensionados.blogspot.com.br/2017/01/saint-germain-nossas-muitas-vidas.html

SUA VIDA NÃO ESTÁ PERFEITA?

image

Por Saint Germain
25 de setembro de 2016  

1. Você foi criado a Imagem e Semelhança de Deus!

“É muito importante compreender plenamente que o desígnio de Deus para com cada um de Seus filhos é a abundância de todas as coisas boas e perfeitas. Ele criou a Perfeição e investiu cada um de Seus filhos exatamente com o mesmo poder. Também eles podem criar e manter Perfeição, expressar a Sabedoria de Deus sobre a Terra e tudo quanto nela existe.”

“O ser humano foi criado, originariamente, à Imagem e Semelhança de Deus. A única razão pela qual nem todos manifestam Seu Domínio e Majestade é pelo fato de não usarem sua Herança Divina – aquilo de que todo indivíduo é dotado e com que é destinado a governar seu próprio mundo. Então, não estão obedecendo à Lei do Amor, através da qual se derramam bênçãos e paz a toda Criação.”

2. A Grande Lei da Atração:

“Amor e glorificação ao Grande Eu Interior e a atenção mantida focalizada sobre a Verdade, a saúde, a liberdade, a paz, a fartura, ou qualquer outra coisa que desejardes para correto uso, trarão à manifestação para o vosso proveito e de vosso mundo – se com persistência os conservardes em vossa consciência (pensamento e sentimento). Isto é tão certo como existe uma Grande Lei de Atração Magnética no Universo”.

“A Eterna Lei da Vida é: o que pensais e sentis atraireis para o mundo da forma. Onde está vosso pensamento, aí estais, porque sois vossa própria Consciência e vos tomareis naquilo sobre que meditais”.

3. Sentimentos e Pensamentos se tornam coisas!

“Quanto mais intenso for o sentimento contido no desejo, tanto mais depressa este se realizará. Se, entretanto, alguém for tão insensato a ponto de desejar alguma coisa que possa prejudicar a outro filho de Deus, ou a qualquer outra parte de Sua Criação, então essa pessoa pagará a penalidade com discórdia e fracasso, em alguma experiência de sua vida.”

“Quando alguém permite que sua mente se demore em pensamento de ódio, condenação, concupiscência, inveja, ciúme, crítica, medo, dúvida ou desconfiança, e admite que esses sentimentos de irritação sejam gerados dentro dele, certamente terá discórdia, fracasso e infortúnios em sua mente, corpo e mundo.”

4. Para onde vai a sua atenção?

“Enquanto ele permanecer consentindo que sua atenção se prenda a tais pensamentos negativos – tenham eles por objeto nações, pessoas, lugares, condições ou coisas – está absorvendo aquelas atividades na substância de sua mente, de seu corpo e de seus negócios. De fato, ele está induzindo – forçando-as – a que entrem em sua experiência.”

“A atividade de Vida designada como sentimento, é o ponto menos resguardado da consciência humana. É a energia acumuladora, pela qual os pensamentos são impelidos para dentro da substância atômica, e assim, pensamentos se tornam coisas.”

5. Alertas!

“Advirto-vos: a necessidade de vigilância sobre o sentimento nunca será demasiadamente enfatizada, porque o controle das emoções desempenha o papel mais importante em tudo na Vida, mantendo o equilíbrio da mente, a saúde do corpo, sucesso e realização nos negócios e no círculo social do eu-pessoal de todo indivíduo. Pensamentos nunca poderão se converter em coisas, enquanto não se revestirem de sentimento.”

“O maior crime no Universo contra a Lei do Amor é a emissão quase incessante, pela humanidade, de toda espécie de sentimentos negativos e destrutivos.”

“Aquele que não quer controlar seus pensamentos e sentimentos está em mau caminho, porque todas as portas de sua consciência estão abertas de par em par às atividades desintegradoras projetadas pelas mentes e emoções de outras personalidades. Não é preciso nem força, nem sabedoria, nem treinamento, para dar passagem a impulsos malévolos e destrutivos, e os seres humanos adultos que fazem isto, não passam de crianças no desenvolvimento de seu auto-domínio.”

6. Sentimentos negativos geram doenças e velhice?

“Assim como o barulho de uma súbita explosão causa um choque no sistema nervoso de quem ouve, imprimindo uma sensação de tremor na estrutura celular do corpo — exatamente do mesmo modo as labaredas do sentimento irritado chocam, perturbam e desordenam as substâncias mais finas da estrutura atômica da mente, do corpo e do ambiente da pessoa que as emite, consciente ou inconscientemente, intencionalmente ou não.”

“O Sentimento discordante é o causador das condições a que chamamos desintegração, velhice, falta de memória e qualquer outra falha no mundo da experiência humana.”

“Manifestar pensamentos e sentimentos discordantes que brotam de si mesmo, é proceder dentro do menor esforço e constitui uma atividade habitual do indivíduo pouco desenvolvido, rebelde e obstinado, que recusa compreender a ”Lei do seu próprio Ser” e trazer sua personalidade – que é apenas instrumento de expressão – à obediência a ‘Essa Lei’.”

7. Você tem o hábito de criticar, condenar e julgar?

“O tempo que o comum das pessoas gasta criticando, condenando e censurando criaturas, condições e coisas, por não serem algo diferente do que são, se empregado nesse reconhecimento e uso da ‘Luz’, faria o Céu manifestar-se na Terra, para quem ousar experimentar e tiver determinação para perseverar.”

8. Sua mente no Comando!

Cada elétron e átomo no Universo obedece ao nosso desejo e comando, em consequência do Poder Divino pelo qual o controlamos – tendo adquirido o direito de ser seus Dirigentes.”

“Todo Desejo Construtivo é, realmente, o Próprio Deus Interior impulsionando a Perfeição a manifestar-se, para uso e proveito do eu externo.”

“A Grande Energia de Vida está fluindo através de nós, constantemente. Se a dirigirmos para realizações construtivas, Ela nos trará alegria e felicidade. Se a dirigirmos para a satisfação dos sentidos, não pode haver senão miséria como – uma Vida-Energia Impessoal.”

9. As instruções de Saint Germain:

“Conservai diante da atividade externa de vossa mente a lembrança constante de que sois ‘Vida’ — ‘Deus em Ação’ em vós mesmos e em vosso mundo. O eu-pessoal está constantemente clamando pela posse de bens materiais e poder, quando a própria Energia, mediante a qual existe, lhe é cedida pelo seu Deus Interno. A externa atividade humana pessoal não possui nem mesmo a própria pele. Até os átomos de seu corpo lhe são emprestados pela ‘Suprema Presença de Deus’ do Grande Oceano de Substância Universal.”

“Exercitai-vos em fazer voltar todo o poder e autoridade para a ‘Grande e Gloriosa Chama Divina’, que é vosso ‘Eu Real’, e a ‘Fonte’ da qual tendes recebido sempre tudo o que é bom”.

“Nada é impossível! A ‘Luz’ jamais falha.”

—-…..—==II==—-…..—-
 
Direitos Autorais: Trechos do livro: “Mistérios Desvelados”,
Ponte para a Liberdade – http://www.ponteparaaliberdade.com.br/