ATUALIZAÇÕES CONTÍNUAS

image

Mensagem de Kara Schallock
16 de Julho de 2017  

 
Tanto está acontecendo! Nossas células, o DNA e tudo o que somos está se acelerando. Isto traz tudo o que não é Amor. Estes podem ser ligações com o velho, com outros e com qualquer coisa que você acha que é verdadeiro, ainda que não seja. (Ilusões). Nossos corpos físicos estão especialmente sentindo esta atualização. Isto, é claro, está absolutamente alinhado com tudo o que temos liberado mental e emocionalmente, pois todos os nossos corpos são uma unidade. Quando experienciamos algo no físico, muitos podem rotular isto como “doença”, no entanto, é importante mudar o foco da doença para a Totalidade. Estamos nos tornando completos e não nos curando. Não estamos corrigindo o que não foi bem sucedido. Estamos evoluindo todos os nossos corpos para sermos congruentes com as nossas Almas. Não estamos apenas reestruturando. Estamos criando de novo. A reestruturação indica que estamos nos voltando para algo. Não estamos retornando, estamos criando. Somos como a borboleta. A Borboleta não é uma lagarta com asas. No estágio da crisálida, (Consciência Crística), toda a lagarta é rompida e a partir deste estado, o novo DNA é criado. Este novo DNA manifesta assim a Borboleta. E não é isto o que estivemos fazendo?

Preste atenção aos detalhes enquanto você também honra a grande cena. Isto exige que você permaneça presente. É apenas quando a sua atenção não está no Momento do Agora que os detalhes se perdem. Quando você se ocupa dos detalhes (cuidando do que está na vida para cuidar), a vida é mais suave e lhe permite se concentrar na Verdade, que é Amor, Alegria, Tranquilidade, Paz e todas as Essências da Alma. Quando nos concentramos na Verdade maior, criamos o Novo Mundo, além de criarmos os nossos Novos Eus. Pois isto é que é o Novo Mundo. É uma expressão nossa.

Muitos podem se sentir como se recebessem sintonizações por outros que lidam com tudo, assim eles podem simplesmente se sentar e permitir que outros sejam responsáveis. Somos seres soberanos. Ser soberano significa que cabe a cada um de nós se elevar em consciência, a nossa maneira, como guiado. É preciso fazer o nosso próprio trabalho e concordar em receber as nossas próprias sintonizações da Alma/Fonte. Ninguém pode fazer isto por nós. Você também pode se sentir como se o que você sempre tentou e o que costumava funcionar, não mais ocorre. Falo de modalidades, práticas ou ferramentas diferentes que costumavam servir, no entanto, você transcendeu muitos deles (senão todos). Deixe ir o que você conheceu no passado, ainda que isto signifique que você permaneça vazio por algum tempo. Concentre-se na Essência que você quer sentir (Alegria, Amor, Paz. Totalidade, Abundância, etc.). Preste atenção a sua própria inspiração/orientação. Assuma total responsabilidade pelas suas escolhas. Esteja em seu Poder como um Ser de Luz criativo.

Estamos evoluindo para e como uma nova fase da Ascensão (seja o que for para o que você esteja preparado). Muito em sua vida parecerá muito antigo e muito afastado de quem você é agora. Não tente se ajustar ao velho você no Novo você. Isto já não funciona. Na verdade, será bastante desconfortável. Você simplesmente não pertence ao velho. Você pode não estar completamente no Novo, também. Ainda assim, deixe que esteja bem. Esteja no estágio de nascimento da crisálida.

Esta nova fase da Ascensão é um novo nível da mestria como um criador poderoso. Faça uma pergunta: “Quem eu sou enquanto evoluo e o que eu estou criando?” (Lembre-se de que se houver alguma escuridão ou velho ainda no interior, ele emergirá). Saiba e confie que você sempre tem uma escolha quanto ao que deixar ir e o que escolher criar. Reveja a sua vida atual para ver se há alguns temas ainda em vigor. Lembre-se de que há sempre um presente da Consciência, mesmo na circunstância mais dolorosa (é claro, a dor é uma percepção). Como você quer se sentir? Deixe ir o que, onde, quem, como e quando. Em que evento da vida a Alegria borbulha do seu interior?

Qual é a diferença entre julgar e escolher? O julgamento separa. A escolha é uma consciência de que uma pessoa ou crença não ressoa mais com você. Às vezes, a escolha pode parecer um julgamento. Se isto ocorrer, interiorize-se e pergunte ao seu Eu Superior o que é verdadeiro. Podemos aceitar os outros como eles são e ainda escolhermos não estarmos em seu mundo. A escolha é sempre nossa.

Há uma diferença entre Inspiração e Orientação? Não. Elas vêm de seu mesmo Eu Superior/Fonte.

Somos concebidos de Amor. Eu não falo necessariamente de nossos pais ou antepassados da Terra, mas da Fonte. Somos concebidos pelo Amor da Fonte. Nossos pais e antepassados Terrestres simplesmente nos trouxeram para experienciar a vida. Eles escolheram fazer isto, como os escolhemos como os nossos pais. Eles nos ajudaram a evoluir, infundindo-nos com as lições que escolhemos transformar em qualquer vida. Somos Divinos, isto é realmente quem nós somos. Quando Sabemos disto a cada respiração e batimento cardíaco, compreendemos que ninguém fora de nós mesmos pode nos amar e nos aprovar mais do que o nosso verdadeiro pai. Fonte/Deus/Alma.

Eu compartilhei antes como temos uma transmissão de energia de elevada vibração depois da outra. Esta tendência continua. Bem quando terminamos uma fase poderosa, estamos preparados para a próxima.

Embora muitos falem das próximas mudanças na Terra, eu não tenho ideia, pois eu permaneço no Momento. Como seguimos, assim segue a Terra. Como honramos e permitimos a nossa própria Ascensão, a Terra segue, pois Gaia é uma expressão nossa. Os Seres Azuis de Sirius, em geral, estão nos guiando através da próxima fase da Ascensão. Eles, basicamente, estão mantendo as portas abertas para nós. Gosto de trabalhar com eles, embora eles sejam bem sérios. Às vezes, eu os chamo de Sérios, e, então, todos nós rimos. Eles são muito mais sérios do que os Emissários Pleiadianos da Luz, que são muito divertidos e leves. Não importa com quem você ressoa, mas saiba que o seu principal guia é a sua Alma; você! Se você optar por trabalhar com um grupo de seres de dimensões elevadas, por favor, saiba que eles devem ser convidados, pois aqueles das dimensões mais elevadas não têm permissão de interferir com o nosso Livre Arbítrio.

À medida que observamos as nossas vidas sem apego, vemos que muito está se transformando (morte e nascimento). Isto inclui ideias que tínhamos e conceitos que mantínhamos caros. Crie espaço para o Novo. Se algo indicar que não pertence mais, deixe-o ir. Deixe o Amor ocupar o seu espaço. O Amor tem as suas próprias ideias quanto a quais formas se apresentará. Não podemos controlar isto, no entanto, podemos escolher como queremos nos sentir. Permita-se estar em um Vazio de Fé. Vazio, ainda que cheio de potencial. Quando as formas chegarem, não se ligue a elas, pois, novamente, elas mudarão, assim como continuamos a mudar. Como a nossa consciência evolui, também as formas mudam. À medida que o nosso Coração e a nossa Mente se tornam Um, continuamos a evoluir e as mudanças continuam. Esta é realmente uma jornada extraordinária e é preciso que se esteja disposto a se desligar e a fluir para que esteja bem com tudo isto. No velho, tínhamos certas estruturas a que nos apegar. É exatamente o oposto no Novo!

Criar o Novo (sim, somos aqueles que fazem isto) requer estar consciente, de modo que cada escolha que façamos seja congruente com a nossa integridade. Orientação e Conhecimento. É preciso estar consciente quando somos atraídos para o velho, para que possamos ajustar as nossas velas. Permita que surja qualquer emoção, pois isto o purifica e, então, após as lágrimas, concentre-se em como você quer se sentir. Afirme: ‘EU SOU AMOR”, “EU SOU A PAZ”, “EU SOU CONFIANÇA”, “EU SOU O TODO”, etc. Permita-se ser guiado por onde você ressoa. Isto pode ser tão sutil quanto cheirar uma flor, ou tão grande quanto um AH! sobre algo em sua vida. Mantenha os seus olhos e o seu Coração abertos e você receberá. Criamos através da escolha e uma escolha é sempre um passo que leva a outro passo, que leva a outro passo e assim por diante. Como um amigo me disse uma vez: “É como Frank Sinatra faça-seja-faça-seja-faça. É claro o Ser vem em primeiro lugar, e, em seguida o fazer. Quando estamos Sendo, recebemos Orientação/Inspiração e então, damos um passo.

Você pode se perguntar: Se não se está enraizado na 3D, como pode estar ancorado? Pense na ancoragem como ser mantido entre o Céu e a Terra. Enquanto a Terra ascende, o Céu está na Terra. A Natureza nos ancora, porque o Céu está na Natureza. Você pode estar ancorado em seu Coração também e pode estar ancorado com a Fonte/Alma. Quando você se concentra em uma Essência da Alma, você está ancorado. Você ancora esta essência dentro de você. Pense na Ancoragem como Integração. Sim, nós somos os canais do Céu e da Terra. O Céu não é um lugar; é consciência.

Confie que você é apoiado em todas as suas escolhas. Você é amado além de quaisquer expectativas que possa ter, pois você é Amor!

-…..—==IoOoI==—-…..-
 
Direitos Autorais: Kara Schallock
Site original: http://www.soulsticerising.com

Tradução de: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s