FAXINA GERAL

image

Luiz Soares das Terras Nordestinas

Olá navegadores no raio da luz. O momento se revela como sendo de pura introspeção. As mudanças são reais e altamente sutis. A característica mais marcante é, sem dúvida, aquela sedimentada na afirmativa de que a mudança se processa de dentro para fora.

Nestes últimos anos entramos numa fase de pura transição, com o nome de ascensão. Mesmo com todos os enunciados, textos e explicações, ainda estamos no compasso de deixar sentar a poeira da nossa imaginação, do nosso senso de entender e compreender o que se processa vertiginosamente no infinito crístico do planeta.

A tendência do desenrolar seria por em pauta a essência da Consciência Superficial Unificada. Complicado não? Traduzindo para uma forma de melhor compreender, devemos buscar o auxílio de duas palavras: Sentimentos e emoções, sem deixar ao largo a percepção e nossa divina capacidade de nos expressarmos. Tudo está sedimentado no compasso da frequência e da vibração.

Trocando em miúdos, seria o equivalente a dominarmos o uso de um fogão a gás e passarmos a comandar um forno microondas. Seria o mesmo que escrever numa máquina de datilografia e passar a usar o computador. Nós somos os atores e agimos de uma forma bem intrínseca, pois esta missão diz respeito somente a cada um, especificamente.

Cada informação nos ajuda; mas, o manual que nos tem sido ofertado exige uma disciplina, dedicação e determinação, de modo a nos tornarmos exímios operadores; desta feita, com algo que acontece dentro de cada um. O processo exige desapego, individualidade e muita perseverança. Não é fácil vivenciar holisticamente, quando se afirma que paulatinamente estamos saindo da 3D, para nos situarmos dentro dos ajustes que se fazem necessários, na 4D para, finalmente nos encontrarmos na 5D.

Comparativamente seria o equivalente a um índio criado na natureza e que precise ser levado a viver numa grande metrópole. Deixar o passado agradecido para viver o futuro, com segurança, liberdade e domínio exigido para o mesmo ser, porém num sistema totalmente diferente do seu tradicionalismo.

Muitos externam aflições. Muitos não conseguem um ponto de apoio. Muitos ficam a mercê dos acontecimentos, como um rio que fatalmente haverá de chegar ao grande oceano. Ainda bem que o fluxo da espiritualidade serve de porto seguro. O porto seguro é a fé. A fé de quem acredita e vive com a certeza de que algo bom está acontecendo.

A faxina geral está em curso. Cada um procura os seus próprios argumentos para satisfazer tantas perguntas, pois não existem comparações. Somos e seremos sempre um produto de nós mesmos. Somos a convicção do amor que nos mantém firmes e fortes mesmo diante de um processo que acontece e não sabemos como descrevê-lo com segurança e sabedoria.

Diante de tudo isto, melhor apelar para o que nos diz a sabedoria popular: Acredite e confie nas suas irrestritas habilidades, fazendo ou agindo como o velho marinheiro que durante o nevoeiro conduz o barco, chamado vida, com maestria e bem devagar!

Atenciosamente,

Luiz Soares da Silva

Anúncios

Um pensamento sobre “FAXINA GERAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s