COMO MANTEREM-SE PROTEGIDOS DE TUDO QUE NÃO DESEJAM EM SUAS VIDAS

image

Mensagem de Mãe Maria
através de Thiago Strapasson
29 de maio de 2017  

Que as bênçãos do amor tragam paz ao seus corpos, mentes e corações.

É tempo de trazerem para cada um de vocês a paz, deixando irradiar a sua luz ao mundo. Não é mais tempo de se prenderem às questões mundanas, de olharem com falta de compreensão, de julgarem ou não aceitarem aquilo que veem e que acontece em seu mundo. É tempo de compreensão, de aceitação, para que desse sentimento a paz os irradie.

O tempo é de compreenderem a visão de Deus sobre a experiência que vivem, para que dessa compreensão resplandeça em sua aura o amor e a gratidão por todos os elementos da natureza, por tudo o que está ao seu redor. Olhando todos os fatos dos seus dias com essa visão de aceitação, de confiança em Deus e de entrega, vocês mantêm os seus corações livres a irradiar amor, que se manifesta em uma profunda aceitação e paz interior.

O tempo, filhos, é de não mais criticarem, de não julgarem, de não mais se envolverem em questões mundanas da política, dos conflitos entre os homens, e deixarem a opinião de lado, compreendendo que aquele que opina não é a sua essência, mas a sua personalidade humana que muito pouco diz sobre tudo o que você representa. O tempo é de abandono, de abdicação das opiniões, para que o seu único foco seja a sua própria iluminação, o resplandecer de seu espírito e nada mais.

Não há mais tempo, filhos, para o envolvimento em todas essas questões, que não mais lhe trazem interesse. É tempo de realmente permitir, que tudo isso que passa diante de seus olhos, se dissolva na eternidade dos seus próprios corações. É tempo de serem amor, de mostrarem o amor e serem gratos, simplesmente por terem essa compreensão, e nada mais.

Porque o olhar, amados, é ele que diz aquilo que somos, é a visão que mantemos sobre o mundo, e aquilo que está ao nosso redor. Apenas o olhar compassivo é aquele que se mantem sóbrio diante das adversidades do mundo. Um olhar daquele que observa, mas, em silêncio, deixa os pensamentos menos dignificantes se diluírem no vento, na chuva, a queimarem no fogo, ou serem enterrados no passado. A compreensão de que muito pouco importa nessa experiência, senão além daquilo que sentimos e trazemos em nossos corações.

Pois aquele que traz essa compassividade em seu coração, que compreende a perfeição em todas as experiências, é aquele que compreende o amor de Deus em sua vida. O amor de Deus, amados, que é um amor que não julga, que não diz sobre quem está certo ou errado, mas que vê em toda a imperfeição do mundo as dores profundas que os seus filhos trazem no coração.

Esse olhar é libertador, pois ele já não aceita o medo, ele é luz, e confia no propósito divino em tudo que passa pela vida.

Quão mais simples seria o mundo, meus amados, se esse olhar de compassividade fosse irradiado ainda que por uma pequena parte da população desse planeta, pois esse estado promove o exemplo maior de Deus, de permitir que tudo se desenvolva dentro de seu tempo, para que, em sua sabedoria, veja os seus filhos atingirem o estado da verdadeira felicidade.

A felicidade que somente é atingida em um estado de plenitude da alma, quando as restrições desses olhares deixam de os amarrar à experiência na densidade desse planeta. Pois aquilo que os deixa livre, filhos, para que sigam o caminho do amor, não é a visão de Deus sobre vocês, mas sim é o olhar que mantêm sobre as experiências em suas vidas. Pois quantas vezes vocês olham e criticam aquilo que não concordam.

Mas não compreendem que, por mais justa que sejam as suas causas, amados, quando perdem essa compassividade interior, se abrem a tudo aquilo que justamente estão a negar. O que nos abre ao campo de irradiação de energias não reluzentes, é somente a forma como vemos as experiências no mundo, e nada mais. É a partir do medo, do julgamento, da falta de confiança, que nós nos abrimos para que a nossa energia seja usada em atos contrários ao amor.

Deus compreende que temos que estar prontos a abraçar o que eu lhes digo nesse momento, e que poucos são aqueles que realmente praticam isso em suas vidas, mas mesmo assim ele permite que, em suas vidas, repitam as experiências até que compreendam algo tão simples, que é amar e ter compreensão sobre tudo.

Ao manterem um olhar negativo sobre o que quer que seja, vocês se prendem a esse sentimento inferior, e assim dificultam o livre fluir em suas vidas, vocês travam as suas emoções e assim dificultam que as energias empoderadoras de proteção, transitem sobre o seu campo energético. Ao assim fazerem, se abrem para tudo aquilo que negam possa os afligir. Pois assim é a vida no cosmo, atraímos aquilo que vibramos.

Há que se ter compreensão e aceitação ao processo, amados, seja ele qual for, devem manter o foco em sua própria luz interior, porque assim evitam que através de sua própria treva interior, se vinculem a energias densas, que acabam por arrastar as suas consciências em sua própria escuridão. A luz atrai mais luz. Mas o medo e o julgamento, abrem as portas para que, de nossa escuridão interior, as trevas se manifestem em nossas vidas.

Aqueles, meus filhos, que mantém um olhar caridoso na vida, de compreensão pela dor alheia, pela falta de entendimento, são justamente os que são capazes de adentrar aos ambientes mais duros dessa criação, mantendo-se cristalinos e puros em seu propósito. São justamente os que, em todos os testes da vida, mantiveram o coração aceso em luz e amor.

Não há, meus filhos, melhor maneira de se defenderem de tudo aquilo que pensam que os atacam, que pensam que os envolvem, senão cuidando de seu próprio e maior santuário interior, mantendo sua paz e pureza de seus corações. E para se manterem nesse estado, apenas o farão cuidando de seu olhar sobre as experiências que os circundam.

Orem, filhos, por todos aqueles que cruzam os seus dias, nos atos mais impensados, irradiem essa paz, porque assim, meus nobres, estarão a se proteger, estarão a irradiar o mais puro amor de Deus, mantendo em perfeição a sua manifestação na Terra.

Não há outra forma de ancorarem a proteção em seus seres, meus filhos, de fecharem seu campo sobre tudo o que pode os envolver, senão manifestando o amor na Terra.

E assim eu os abençoo, acolhendo-os em meu manto de proteção sempre que, por não se lembrarem dessas palavras, se abrirem a manifestação daquilo que não desejam em suas próprias vidas, porque sou sua Mãe.

Maria  

-…..—==I.=|=|..|=|=.I==—-…..-

Direitos Autorais: Thiago Strapasson
Fonte: http://www.pazetransformação.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s