A VIDA NA MATÉRIA E A COMPREENSÃO DO PROCESSO

image

Mensagem do Mestre Saint Germain
através de Michele Martini
22 de maio de 2017  

 
A vida na materialidade da alma, que pode ser compreendida como encarnação, é algo provisório, assim como todos os estados da matéria. Mas também pode ser compreendida como algo que não traz alegria e plenitude.

Sob o ponto de vista restrito da materialidade, vocês podem apenas observar o que está diante de vocês, mostrado e perceptível com os olhos materiais, manifestados fisicamente por células que formam o corpo humano, os órgãos, a pele e todo o conjunto de matéria do qual os corpos são compostos.

A parte especificada como material, é entendida como o corpo físico, que vocês podem observar nessa imagem abaixo:

 

image

Essa composição apresentada contém na parte interna todos os órgãos, que são agrupamentos de células, e que vocês chamam por diversos nomes, mas são apenas agrupamentos de células, que trazem a vocês sensações, emoções, experiencias materiais no geral.

Pode ser compreendido dessa forma o funcionamento do corpo humano, que está livre da possibilidade de viver sem sentir.

Há aqueles que buscam não sentir. Essa busca em não sentir, é a recusa da experiencia material. Pois a alma sabe que o corpo físico é algo provisório, e dele quer se libertar. Isso vocês certamente já ouviram diversas vezes em diversas literaturas, onde é afirmado que a encarnação é ato de muita coragem para o espirito, que entra em um corpo físico. E é muito mais doloroso do que o desencarne.

Enquanto alma desprendida da matéria, vocês temem a encarnação no corpo. E enquanto corpo físico, vocês temem o desencarne, onde retornarão ao estado de alma livre.

Todo o processo de mudança se chama transformação. E por isso eu venho trazer o conhecimento de como transformar, transmutar as lembranças que guardam de dor e sofrimento, para que nessa jornada possam apreciar a paisagem, possam desfrutar da experiência, se deliciar com os aromas, com os sabores. Para que possam realmente viver a experiência da materialidade com mestria. Assim fiz, e assim trago a vocês como experiência, pela primeira vez, a ensiná-los como seguir esse trajeto.

Iniciemos pelo que os prendem à materialidade. Se vocês hoje pensarem o que mantém vocês vivos, começam a perceber que tudo está baseado na mente, e que na verdade estão realmente presos, e assim manifestam em suas vidas, repercutindo através de personalidades, experiências e tantos finais tristes, onde as vezes necessita que se despeçam. Que se despeçam de algo que nunca existiu.

A vida na materialidade, é algo mágico, sublime e autêntico. É algo único. Mas que é apenas percebido dessa forma quando desprendido do medo, do ego, da ansiedade, e de todos os sentimentos que os ligam à manifestação inferior de vocês mesmos.

Vocês dizem aos ventos: Estou com obsessor! Estou obsidiado! Estou sendo atacado por forças do mal!

E eu os digo: Não!

Vocês, em primeiro lugar, são seres livres. E como seres livres e detentores do livre arbítrio, são aqueles que determinam o rumo das suas vidas. Vocês escolhem em qual sintonia querem vibrar. Vocês escolhem por seguir o caminho das trevas, ou o caminho da luz. Ou mesmo vocês acabam escolhendo o caminho do meio. Nem lá nem cá. Apenas dentro da energia de vocês mesmos, manifestando a verdade do que realmente são. Pois sabem que são seres de luz, mas também sabem que estão em um estado provisório de encarnados, então enquanto estão cá, estão lá. A aceitação dessa verdade, dessa identidade do Eu Sou, é o que os fará felizes e quando iniciam uma jornada mais leve, uma fase onde passam a apreciar o processo todo.

Percebam que essa jornada é pura, é límpida, mas que vocês agregam sombras, mas da mesma forma agregam pontos de luz. E ficam mudando de sintonia, a pular de um lado a outro, dentro das suas próprias mentes criativas.

O medo os faz pular para o lado da sombra. A alegria os faz pular para o lado da luz. E assim segue a vida. Variando entre momentos de pura felicidade, quando saem nas sextas-feiras beber com os amigos, até o dia seguinte quando estão de ressaca.

Vocês vivem os excessos, vão de um extremo a outro, mas não param para apreciar o caminho do meio. Que é onde poderão desfrutar da continuidade do processo.

Extremo superior de apreciação da vida, felicidade:

image

e Extremo inferior da vida:
                                                  

image

Se quiserem sentir de forma mais intensa, apenas percebam as suas reações e sensações ao observarem as imagens. Para os mais sensíveis, apenas o fato de olhar por um segundo a imagem, traz o sentimento do desenho. Então, se ao olhar uma imagem o sentimento é trazido, percebam a alquimia e a mágica que a vida traz como possibilidade, e como você pode viver de um extremo a outro.

Como é viver o caminho do meio?

Difícil, essa é a grande busca da vida, é encontrar esse equilíbrio. E é esse equilíbrio que trará a plenitude, a iluminação.

Percebam onde nasce o sentimento motivador da ação.

Vamos investigar o exemplo que eu trouxe:

Porque o rapaz saiu no bar beber com os amigos? Porque o rapaz se sentiu mal no dia seguinte?

Busquemos dentro de nós mesmos as causas dos nossos próprios sofrimentos, que são trazidos apenas por nós. Nos momentos em que estamos vibrando alegria, trazemos para perto de nós energias puras, sublimes, alegres. Raramente adoecemos e estamos sempre felizes.

Mas e se para viver um momento de alegria, acabamos nos excedendo e nos tornando exagerados naquela ação, conseguimos rapidamente transformá-la em algo inferior.

E dessa forma trago o histórico do rapaz para que entendam e apliquem no exemplo das suas vidas.

O rapaz teve uma semana difícil no trabalho, mas na sexta-feira recebeu uma notícia muito alegre. De que iria receber um prêmio em dinheiro no trabalho, por reconhecimento dos seus esforços na semana difícil.

Aí podemos observar vários pontos. O rapaz passou a semana toda infeliz, mas houve um ato de recompensa, que afirmou a ele que fez a coisa certa, e que é assim que deve seguir a vida.

Portanto aí já pode ser observado o exemplo de uma mente controlada e condicionada ao fazer e receber em troca.

Ele faz, se esforça, segue a semana pesada no trabalho, pensa em desistir, não aguenta mais, vai ao extremo, sofre. Pensa em deixar tudo para trás e mudar de vida. Mas no final da semana, mesmo antes de realmente tomar uma atitude, ele é recompensado.

E o que faz um homem condicionado quando é recompensado? Condiciona-se a essa regra. Isso foi observado no trabalho, pois ele foi recompensado por sua própria infelicidade, e sua mente está sendo preparada. Já está programada.

Mas então ele repete o condicionamento. Pois vai ao bar comemorar com os amigos. Como sinal de que merece mais uma recompensa, e então vai ao excesso de sua própria saúde, sem pensar nas consequências, pois pensa que é assim que a vida funciona, está condicionado ao excesso. Aprendeu que o excesso gera recompensa, e então embriaga-se e fica adoecido no dia seguinte.

E por isso ele repete, e repete e repete. Até um dia em que é chegada a hora de despertar. Os seus guias espirituais se aproximam, ele sofre, ele passa por momentos ainda mais difíceis, mas que farão a desprogramação, gradativamente.

As vezes o rapaz pode bater o carro, embriagado, e ser preso. As vezes ele pode ser demitido do emprego. Mas a vida dele começa a ser trabalhada de forma para que ocorra a desprogramação. Que é o que vocês chamam de sofrimento.

Percebam, que sofrimento é desprogramação. Alguns já compreenderam como funciona o processo, já começaram a perceber nos próprios sofrimentos, oportunidades de se soltarem do que os prendiam, dos apegos, das ilusões. Mas custam a aprender, sofrem e depois aprendem.

E assim é a única forma de realmente fazer a desprogramação.

A vida mostra inúmeros caminhos, mas todos levam ao mesmo fim. A oportunidade de viver a experiência material completamente libertos do condicionamento da mente, do medo, ego, apego e ansiedade, de tudo o que gera sofrimento. Mas que são aqueles aspectos aos quais vocês acabam se agarrando, encarnações após encarnações. E não largam sem haver um forte trabalho de desprogramação da mente.

E então gradativamente a libertação vai ocorrendo.

Ah filhos se vocês pudessem ver como é essa soltura, como é linda.

Vocês são como pequenos seres conectados a vários fios energéticos, cada um que precisa ser iluminado, limpo, transformado. Mas cada um desses fios é um sofrimento. Pois cada um deles é um apego, um medo, uma programação. E a verdadeira busca da vida é a completa desprogramação.

Isso ocorre em diversas oportunidades, em diversas encarnações, pois são tantas informações a serem tratadas, que levam sim muitas encarnações para que isso ocorra com o mínimo de sofrimento possível. Cada aprendizado é trazido a vocês no momento em que já podem tratar daquele assunto com um pouco que seja de conhecimento e sabedoria adquirida do processo, para que tenham sucesso no trabalho de limpeza.

Mas o processo é longo, e transformador. Transmutador. Esse processo é o que a Terapia Transformacional promove. Que é sim doloroso e que traz sofrimento, mas que também traz a libertação.

A mágica da vida, a possibilidade de se transformarem em pontos de luz reluzentes no caminho da matéria, vai tomando forma, vai se mostrando, na medida em que vão iluminando, tratando cada programação, na medida em que vão liberando os apegos, os medos, e vão se entregando ao processo.

Os últimos fios energéticos conectados já não mais são retirados com dor, mas saem ao som do seu sorriso, o sorriso do seu coração, que está borbulhante de luz e não mais permite que sinta dor no processo, que é apenas de luz.

Assim é o processo de iluminação, cada um à sua maneira, cada um com a sua história, mas iluminando a sua própria vida, trazendo a alquimia e a beleza do processo e da experiencia que é a vida na materialidade.

Sou Saint Germain
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Michele Martini
Sou um canal em harmonia à luz violeta. Ancoro nesse plano o desejo de elevação planetária pela transmutação de toda densidade que bloqueia o livre fluir da luz e amor nessa dimensão. Em comunhão com os mestres ascensos, seres de luz e a partir da fé humana varreremos e transmutaremos os estados mentais densos em alegria, tranquilidade e amor. Com a ajuda da amada Mestra Portia, coloco-me a serviço da liberação de toda escuridão humana e planetária, buscando ser um instrumento de alivio da dor física, emocional e mental daqueles que se colocarem sob nosso campo de irradiação.

Fonte: http://www.pazetransformacao.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s