A ENTREGA EM SERVIR E A CRIAÇÃO DAS FRATERNIDADES

image

Mensagem de Sanat Kumara
através de Thiago Strapasson e Michele Martini
03 de maio de 2017  

 
Amados irmãos, saudações.

Sou seu irmão, Kumara. Iniciei a trilha dos mestres que estiveram nesse planeta. Estive também entre vocês há muito tempo. Contribuí com a riqueza planetária assim como cada um de vocês hoje faz.

Abri a trilha espiritual para a chegada da grande fraternidade de mestres ao planeta Terra, fiz isso servindo, simplesmente servindo. Foi através do ato de servir, que outros seres de muita luz acumulada em seus registros, seguiram essa trilha, vindo ao auxílio de toda a humanidade, trazendo à Terra o exemplo de amor.

Vieram nessa trilha Sidarta, Venus, Maitreya, Kuan Yin, Jesus e tantos outros que hoje fazem parte da cúpula de Cristal, que pode ser chamado, para que compreendam, como o alto comando de luz planetário. Temos como braços a nos unir em amor a Grande Fraternidade Branca, o comando Mariano, o comando Ashtar, o Reino Arcangelico, o Reino Angelical, a Fraternidade de Pretos Velhos e Exus, os Elementais, e tantos outros reinos que hoje trabalham em unidade a favor do ato de servir através do amor.

Bastou que um se propusesse a servir, que um se dignificasse a servir a humanidade que já não encontrava saída no próprio mundo que criou, para que a mágica se fizesse. Percebam, amados, que basta que um abra a trilha de luz, para que outros milhares venham em auxílio, porque o amor irradiado no servir mais puro, se manifesta como um atrativo de toda abundância universal.

Hoje temos inúmeras fraternidades ligadas ao Alto Comando de Luz Planetário, que hoje auxilia a humanidade pela transição planetária, pela transição da Nova Era de Luz. E para isso, amados, para que o milagre ocorresse, bastou que eu me colocasse a serviço da humanidade com todo o meu amor.

Talvez não possam ver de onde estão, mas a humanidade evoluiu em luz nas últimas décadas como nunca antes. A evolução foi grande, e toda a espiritualidade hoje já vislumbra os sinais da grande mudança que as próximas gerações viverão, que vocês vivem, mas que os afirmo que se intensificará, na medida que os anos lineares transcorrerem. Isso se dará até que não haja uma única gota a ser purificada, e a Nova Era esteja definitivamente instalada nesse orbe magnifico.

E tudo isso, amados, deu-se através do ato de servir com amor. Ah! O ato de servir. Ilumina até o coração mais tenso e temoroso do amor. Aquele coração tão cansado de sofrer e que não mais crê na esperança de que tudo um dia melhorará.

O ato de servir purifica, limpa e libera todas as restrições que os mantém presos ao passado. Abre a possibilidade do despertar do amor que dará lugar ao perdão do passado, ao perdão a si mesmo, por estar envolvido em sofrimento, em dor. O perdão àqueles que se foram, que não mais estão presentes no seu agora feliz, mas que mostraram a você uma estrada difícil de seguir, pois foram as pedras do seu caminho.

Esses estão mais iluminados agora, quando você já incorpora o servir em seu coração. Você deixa para trás as mágoas e as angústias, e consegue direcionar amor até esses que se foram. Não se encontra mais o sofrimento.

Vocês, no momento presente, quando já estavam acostumados com a dor, e observam atentamente cada novo minuto dos seus dias, a buscar um mínimo sinal de dor e sofrimento. Mas surpreendem-se quando se dão conta de que se passaram vários dias, e não houve sequer um sinal de dor e sofrimento. Vocês olham para trás e percebem que os últimos dias foram talvez uns dos mais difíceis já vividos por vocês, e ainda assim cruzaram essa ponte com louvor. Nem sequer perceberam as dificuldades tomarem conta dos seus corações, elas estiveram ali, mas apenas do lado externo dos seus corações, e por isso mesmo foi que passaram e não mais voltarão a repetir novamente as experiências.

Vocês olham para essas dores do passado, para esse sofrimento, e sentem uma certa saudade daquilo que já fazia parte de vocês mesmos. Por um instante se sentem sozinhos quando se percebem sem o motivo da dor.

O registro do sofrimento foi iluminado, iluminado pela sua própria luz interior, que ofuscou a escuridão dos padrões de repetição que vinham trazendo há tanto tempo, a manter o sofrimento presente em suas vidas como se fosse parte de vocês. Por breves dias, vocês percebem a causa do sofrimento ali, à espreita, mas ela não é mais forte do que a energia do perdão e a determinação do amor.

A caridade e a entrega de forma íntegra para o trabalho de amor, abre todas as portas para a cura. Ou mesmo derruba as muralhas que não os deixavam perceber que a cura estava ali, tão perto de vocês. E aos poucos vão desconstruindo mais e mais aquele Eu Personalidade que estava atuante em suas vidas, mas que já não encontra morada em vocês, pois estão completamente entregues ao amor.

Tantos de vocês questionam como encontrar o caminho para o Eu Sou. Eu os digo: Não há caminhos que não passem pela estrada da caridade e da doação ao próximo. Pois é a partir do momento que passam a ver o outro como parte de si mesmos, que cultivam o amor e o perdão até por aqueles que foram as pedras do seu caminho, que começam a derrubar a muralha que os distanciam do Eu Superior.

Essa é a busca, filhos. Mas surpreenderiam-se ao saber que para chegar no seu objetivo, a única estrada a ser trilhada é a da caridade. Do amor e do ato de se doar de forma desinteressada. Simplesmente pelo ato de servir. O ato de servir não apenas derruba as muralhas do ego, mas também desconstrói a personalidade criada pela matéria, pois ensina a vocês que todos são Um.

Vocês aprendem a sentir amor, a serem amor, ao ver o amor ser recebido pelo outro. Vocês se colocam a serem canais de luz E para que sejam puros e límpidos canais de luz, devem se entregar de forma livre e liberta da personalidade, fazendo parte do todo, e olhando aquele outro como vocês mesmos, como uma parte de vocês, como aquele que veio trazer a sua libertação e a forma com que descubra o caminho tão procurado da ascensão.

A entrega total ao trabalho com amor, traz a possibilidade de ascensão, a partir do momento em que compreendem o seu papel, que é apenas o de estar aqui, presentes no agora, e completamente entregues à Unidade, abandonando o Eu Personalidade em troca do amor, da oportunidade de servir. Não há questionamentos, não há argumentos, há apenas a entrega, de forma imparcial, de forma limpa e pura, à oportunidade de servir.

E foi assim, amados, que se formaram as Fraternidades de Mestres, que ordens de seres magníficos vieram a os servir. E cada um de vocês pode trilhar esse mesmo caminho abençoado, servir e assim deixar a trilha de luz para que outros o façam no momento apropriado, e que sirvam de inspiração para que outros se acoplem à sua missão. É através do exemplo que dignificamos nosso próprio ser, não por palavras, pois servindo somos maiores em toda nossa humildade.

E assim é.

Sou Sanat Kumara
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Canais: Michele Martini e Thiago Strapasson

Fonte: http://www.pazetransformacao.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s