TEVE UMA GRANDE DESILUSÃO? ENTÃO AGRADEÇA

image

Texto de Carlos Torres — escritor e mensageiro.
16 de março de 2017  

Aceite as desilusões e até agradeça por elas, pois as desilusões existem exatamente para retirar as ilusões das nossas mentes. Não tenha medo de se desiludir com seu namorado ou namorada. Se a desilusão veio à tona é justamente para mostrar que as ilusões acabaram.

É preciso coragem para enxergar o que a vida está querendo mostrar. Agradeça por ela estar lhe ajudando a tomar um novo rumo.

Não tenha medo de se desiludir com seu sócio, funcionário ou patrão, pois se uma desilusão surgiu foi justamente para lhe mostrar que é chegado o momento de terminar o que um dia foi iniciado.

Não fique tão raivoso com os políticos e as corrupções. Se está desiludido com tudo o que está vendo ao redor, agradeça, pois estas imensas desilusões estão vindo à tona justamente para iniciar um processo de limpeza de todas as ilusões que moldaram a vida do nosso país.

Temos que agradecer sempre pelas desilusões que surgem, porém, temos que ter discernimento e inteligência para saber o que está sendo dissolvido e retirado das nossas vidas.

Preste atenção e não titubeie. A natureza é sábia e a vida é dinâmica, ela só quer retirar de você o que não serve mais para sua vida. Seu espírito está se aproximando cada vez mais de você. Ele só quer o seu bem, o seu poder criativo de volta, a sua disposição e vontade de vencer de volta, a sua saúde física, mental e espiritual, perfeitas e ajustadas para a nova vida que está brotando. Todos aqueles que se desiludem precisam ter coragem para refletir e agradecer, pois tudo o que não serve mais está indo embora. Ao mesmo tempo tudo o que está previsto e determinado para mudar a sua vida para melhor está vindo ao seu encontro. Mas, para que este encontro entre você e seus sonhos aconteça, é preciso liberar espaço. O velho precisa ir embora para que o novo venha com força total.

Assim é a assim será. Eu sei sobre isso, pois tive muitas desilusões em minha vida. Hoje sou um homem desiludido no mais profundo sentido da palavra. Não tenha mais ilusões, vivo a realidade da minha existência, e ela é simples, porém gratificante, como meu espirito sempre desejou que fosse. Todos os meus sonhos estão vindo até mim. Sim, há trabalho, mas não há mais tantos sacrifícios como no antigo mundo das ilusões que me cercavam. Há sim disposição, motivação e uma sucessão de vitórias que crescem cada dia mais.

Eu escrevo este texto para que você não se preocupe com os obstáculos que a vida nos impõem. Não há sofrimento realmente, o sofrimento é somente um grito que ecoa silenciosamente das profundezas do ego. Os desejos do nosso espirito é o que realmente vale. A cura que está se estabelecendo em nós que realmente se torna importante.

Portanto. Não tema nada nem ninguém. Não tema o futuro nem o desconhecido. Mergulhe na vida como se estivesse mergulhando numa correnteza de águas rápidas. Mergulhe sem medo, agarre seus joelhos, coloque a cabeça para fora da água, olhe para os lados, veja quem também pulou na correnteza junto com você, sorria e aproveite a descida. Sinta a força da correnteza, a força da natureza, e deixe-a te levar. Não controle mais nada, apenas renda-se e verá maravilhas acontecendo em sua vida. Eu tenho vivido isso, graças a força e a inteligência da gratidão que os mentores espirituais que me orientam, me ensinaram nos últimos 3 anos!

Eu sou Carlos Torres — escritor e mensageiro.

-…..—==I.=|=|..|=|=.I==—-…..-

Direitos Autorais: Carlos Torres
Curta a página do escritor no Facebook
https://www.facebook.com/2012eradeouro/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s