SÓ PODEM MUDAR A SI MESMOS, MAS QUANDO O FAZEM, O MUNDO INTEIRO MUDA!

image

Mensagem de Jesus
através de John Smallman
27 de fevereiro de 2017  

 
Na medida em que avançarem em 2017, as mudanças que estão acontecendo em todo o mundo, irão se intensificar e aumentar em quantidade, porque enormes alterações na forma de como os seres humanos interagem entre si, estão em andamento, enquanto se preparam para seus despertares.

Parte do processo, é o reconhecimento de que as maneiras pelas quais interagiam, deveriam mudar dramaticamente, se quisessem evitar a autodestruição numa escala maciça e planetária.

Mas a humanidade optou por despertar e, portanto, essa autodestruição em grande escala não mais acontecerá, por causa dessa escolha. No entanto, isso não significa que todos devem sentar, relaxar e assumir que tudo estará bem, que tudo estará divinamente cuidado. São vocês, a humanidade, que cuidará divinamente do mundo de questões importantes que devem ser resolvidas e tratadas, para que seus despertares possam continuar a progredir até o estágio em que ninguém seja deixado para trás, ignorado, julgado negativamente e depois abandonado.

Cada um de vocês – todos os seres humanos, independentemente de raça, religião, etnia, cultura, política, inteligência, saúde física ou psicológica, riqueza, competência no local de trabalho ou de fato quaisquer aspectos pessoais que possam ser usados para diferenciar qualquer um de vocês, são Filhos amados de Deus, criados perfeitos para desfrutarem da vida eterna em Unidade com o Criador.

O que Deus cria é eterno, perfeito e tem valor infinito. O que a humanidade fez, foi inventar o julgamento, numa tentativa insana de construir uma hierarquia de valores variáveis entre cada indivíduo, permitindo uma separação entre o bem e o mal ou do certo e errado e, então, tentar levantar alguns privilegiados ao nível de um deus – Um deus irreal que imaginou ter algo como uma forma humana superior a quem vocês pudessem aspirar a torná-lo – um juiz todo-poderoso e honrá-lo grandiosamente, enquanto descartando aqueles julgados de valor inferior ou inaceitáveis em qualquer escala de valor que escolheram para construir como um meio para fazerem essas avaliações.

Fizeram isso por infindáveis eras, desde que estabeleceram uma ordem social em suas sociedades tribais, sempre os levando à discordância, competição (como a história bíblica de Caim e Abel) e, em seguida, de violento conflito. Agora que você tem a habilidade técnica de tornarem seu belo planeta inabitável, devido ao despejo de toxinas em seus lagos, rios e oceanos, ou pelo uso destrutivo de explosivos nucleares na guerra global, é essencial que sejam tomadas medidas urgentes para assegurar que essas atividades insanas sejam levadas a um fim.

A grande maioria de vocês deseja viver em paz e cooperação, sem qualquer desejo de uma hierarquia de valores que os separe em grupos artificiais e díspares que competem entre si. No entanto, atualmente, devido à aceleração de seus processos de despertar, cada um de vocês tem enormes quantidades de “coisas” que surgem de uma só vez e que precisam ser reconhecidas pelo que são – antigas memórias de maus-tratos, amargura e ressentimentos que nunca lhes serviram, mas que têm insistido em levá-las consigo vida após vida e que parecem separá-los numa multidão de campos opostos.

Esse comportamento fez com que essas memórias ficassem profundamente enterradas dentro de vocês, muito abaixo do nível de suas consciências afloradas e, de lá surgem repentina e poderosamente, muitas vezes, fazendo com que reajam de forma impensada e talvez, também, violentamente em suas interações com os outros.

A maioria de vocês tem experimentado sentimentos poderosos e inesperados de intensa raiva, surgindo sem razão aparente e agido em conformidade no momento em que surgiram. Mais tarde, ao tomarem consciência de que eram inadequadas, foram envolvidos por um sentimento de culpa e, possivelmente, mais raiva do que aquela que sentiram então, novamente, serão descarregadas.

No entanto, agora, sabendo disso, quando essa raiva surgir dentro de vocês, apenas a reconheçam: “Estou sentindo (uma grande) ou (intensa)” raiva e deixem que ela flua através de vocês sem expressá-la. No início, isso pode ser muito difícil e, poderão se sentir incapazes de se conterem de expressá-la, todavia, na medida em que suas consciências crescem, verão que é apenas um sentimento ou uma emoção, verão que pode ser tratar de nada externo, verdadeiramente, seja responsável por tais sentimentos e, então, poderão optarem por apenas deixá-los ir porque não é de vocês, são apenas sentimentos que jamais e nunca puderam controlá-los.

Anteriormente, teriam rapidamente e seriamente procurado fora de si uma causa – o resultado da eleição, um projeto de lei inesperadamente grande, um comentário feito por alguém naquele momento ou anteriormente – e então justificado e culpado seus sentimentos sobre esse evento. E é claro que todos vocês tiveram a experiência de estarem zangados com algo que não afetou ninguém da mesma maneira, demonstrando claramente que toda a raiva é oriunda de suas próprias perturbações internas e, realmente, não tem nada a ver com eventos externos.

Quando surgir ira ou raiva, não procurem por uma causa, nem fora de si, nem de velhas lembranças – são apenas pensamentos em suas mentes – em vez disso simplesmente reconheçam-nos e observem como ele fluirão e se dissiparão. Todos vocês estão bem cientes de que a raiva não dura indefinidamente mas, também, estão conscientes de que podem prolongar esse sentimento de raiva, insistindo na sua causa aparente.

No entanto, a causa estará sempre dentro de vocês, surgindo como resultado de um autojulgamento negativo, doloroso e, possivelmente, completamente, inaceitável de um pensamento, palavra ou ação que, quase automaticamente projetaram para outra pessoa ou numa situação externa, a fim de escaparem dela.

A liberação de emoções ou sentimentos indesejáveis é conseguida reconhecendo-as: “Uau, isso é interessante… Intrigante… Perturbador… assustador… ” E descartá-los sem agir sobre eles ou julgá-los.

Como sabem, o Amor é completo em si mesmo e, não tem absolutamente nenhuma necessidade e não sustenta a raiva, a amargura, o ódio, ressentimento ou o desejo de restituição ou vingança. Na verdade, essas características extremamente divisórias do ambiente ilusório em que habitam fecham seus corações ao Amor. É por isso que é absolutamente essencial que, diariamente, vão para seus altares sagrados interiores, e abram seus corações para o Amor que lá reside a todo o momento e convidá-Lo a dissolver tudo aquilo a que estiverem apegados e que não esteja em perfeito alinhamento e harmonia com Ele.

Fazendo isso todos os dias com intenção e integridade, deixando ir todo julgamento e condicionalidade, trará grandes mudanças interiores a vocês. Ao fazerem isso, encontrarão a paz e contentamento na medida em que o Amor próprio e a auto aceitação crescem dentro de vocês. E, claro, porque todos são UM, ao se mudarem, mudam o mundo, que é o que tantos de vocês têm tentado fazer, exigindo ou forçando outros a mudarem.

Só podem mudar a si mesmos, mas quando fazem isso, o mundo inteiro muda!

Seu irmão amoroso,

Jesus.
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: John Smallman
Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge
http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/03/jesus-so-podem-mudar-si-mesmos-mas.html#more

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s