OS 5 ENGANOS DA VELHA ENERGIA

image

KRYON
Por: LEE CARROLL
13 de Fevereiro de 2017

Saudações, queridos. Eu sou Kryon, do Serviço Magnético.

O amor tem muitas facetas. A nova palavra é COMPAIXÃO e é através de tudo isto que se encontra a mudança. Tenho passado muito tempo convosco, dando-vos mensagens sobre o que é possível e sobre o que podem fazer. Já anunciei o tema desta noite.
Trata-se de como tem sido a vida na velha energia e as verdades da mesma que vocês assumiram nesse momento. Vamos chamá-las “Os Cinco Grandes Enganos da Velha Energia”. Com isto vamos descrever algo que já “foi”, não que “é”. Queridos, é muito difícil dar-vos a notícia sem que esta soe como uma indelicadeza ou desmerecimento, mas os seres humanos começam a crescer. Inclusivamente quando me sento perante estes grupos e percebo a sua intuição, o Deus interior, mesmo quando faço isto, consigo perceber as perguntas, a intuição; posso notar que o valor da compaixão começa a aparecer. Inclusivamente as pessoas que estão no salão e as que escutam, elevaram-se acima do que eram há quatro anos.
Formulam-se novas perguntas que são sábias, que não demonstram ser da velha energia e no entanto, o maior obstáculo para todos os seres humanos que ouvem esta mensagem, é a inclinação para o velho. Este contaminou-vos, afectou-vos, converteu-vos em menos do que sois. É por isso que eu estou aqui, para identificá-lo e alguns desses enganos parecer-vos-ão familiares. Nunca os dei num conjunto como este. Agora é um momento de celebração, porque tudo o que lhes vou contar, é duma energia velha do passado.

E no entanto têm que o ouvir. Têm que o escutar para ter uma lista de chamada e dizer: “Já basta; agora já não”. E também para quem, entre vós, começa a dar-se conta: “bem, sei que já o superei, mas sim, ainda me sinto um pouco dentro disso”. Não podem ter passado toda uma vida num paradigma, para depois descartá-lo e reiniciar o computador, completamente, em apenas alguns anos.
Alguns de vós, ainda levam convosco resíduos desses enganos e talvez tenham que ouvir o que vos digo.

Há tanta inocência nas crianças e tanta beleza nessa inocência. Vocês costumam contar-lhes contos mitológicos, fábulas e parábolas, para que se sintam melhor sobre si próprias: Dão-lhes coisas em que acreditar, conhecimento sobre certas épocas, muitas expectativas, para que estejam bem preparadas para a vida. E sabem bem do que estou a falar. Isso é apropriado para essa idade e é assim que crescem. E quando o fazem possuem a sabedoria para descartar algo dessa mitologia, desses contos. Vêem uma verdade mais profunda e começam a se concentrar no que é a vida e nas coisas de crianças que ficam atrás.

Não quero dizer estas palavras, mas tenho de o fazer: a velha energia está cheia de coisas infantis. Coisas em que a Humanidade habitou num paradigma que era um engano, porque a velha energia, pintou um quadro mitológico. E quero dar-vos tema por tema e cada um deles é uma celebração, porque já não está mais aqui.

Número um: este é um ensinamento da velha energia e resume-se no seguinte: tudo se repete e portanto não há nada novo sob o sol. Consequentemente o futuro será mais do mesmo do passado. Quando se dão conta de que não haverá nada novo, têm a sensação de que não existe esperança. Queridos, assim é como costumava ser.
Todas as coisas que podiam esperar do futuro eram coisas que podiam rotular no passado e que viriam e sucederiam novamente. O engano da velha energia diz que nunca poderão sair do que é a natureza humana, que vos trouxe guerras e que sem importar o que suceda amanhã, que poderiam sentir como uma trégua, imediatamente depois haverá mais guerra – porque sempre houve.
E a mentira seria esta: por que esperar algo diferente do que tiveram? O que é que mudaria para que a natureza humana fosse diferente? E a resposta seria: É sempre a mesma. O engano continua em vigor, ainda hoje.
Quando olham ao redor do planeta e ouvem falar assim, o que é que estão a dizer? Que esperam as coisas do passado; torcem as mãos, porque o que sucedeu no passado será a pauta para o futuro.
Voltaram a página, o marcador; começam a aumentar a vossa intuição e sabedoria; estão a evoluir para áreas nas quais nunca tinham estado. Este futuro nunca se escreveu; não está no registro do passado, absolutamente. E vou pedir-vos que reescrevam cada um deles na vossa psique. Podem participar ou não, mas agora mesmo podem dizer: “Querido Espírito: eu compreendo isto; eu sei que o escrito para o futuro apagou-se e está em estado de pureza, de beleza e de compaixão e que a minha vida se pode dirigir para esse lindo oceano sereno, que nunca existiu antes”.
Isto é a nova energia e podem dizer: “Neste momento cancelo esta mentira de que tenha que ser algo que já se viu antes”.

Número dois: não podes avançar. Tentaste e experimentaste, mas sempre há algo que to impede, inclusivamente, tu próprio. Há um cume aonde podes chegar, que está quase ali, que é “Bastante bom” mas nunca serás capaz de avançar realmente e deixar atrás certas coisas. O motivo? A energia escura deste planeta que sempre te manteve nesta caixa. Então existe uma complacência que diz: “isto é bastante bom”. E quando alguém te diz: “isto ou algo melhor?” Tu respondes: “Bem, isso está bem para ti, mas eu conheço a realidade do paradigma em que estou e não vou poder chegar mais acima de certo nível. Não posso avançar”. Que engano!
E está constituído para vos manter controlados, queridos; o engano da velha energia; se a Humanidade se sente estagnada, vocês também o sentirão! É isso que tem sucedido! Será que sabem o quão fácil é controlar-vos quando acreditam que nunca se irão elevar do nível em que estão? Muito fácil! Existem alguns que vos têm controlado durante anos! Que controlaram o planeta, que controlaram a economia; vós os admirais, inclusivamente. Oh, são tão bem-sucedidos! Porque sabem que nunca irão superar um certo nível (ri-se).
O novo paradigma apaga isso por completo e diz que, literalmente despertam com um akash (energia universal) que se começa a mobilizar, a dizer que há talentos aqui para aqueles dentre vós que nunca os tiveram antes; não só para esta vida mas também para a próxima e a seguinte: estão num caminho nunca antes visto que vos levará mais adiante, a anos- luz de onde se encontram neste momento.
Podem fazer qualquer coisa que desejem conseguir, nesta energia com o vento a soprar por detrás. E poderão dizer: “Querido Espírito, eu nunca voltarei a dar expressão a isso. Querido Espírito, sei que para mim existem coisas mais além do que posso imaginar. Não importa a idade que tenho, sei que posso avançar mais do que jamais o fiz; de facto já estou ali! Porque faço parte da mudança e não parte do engano!

Número três: Não és digno. Oh, queridos, toquei neste tema muito profundamente, nalgumas das últimas mensagens que vos dei. Como é que o vou fazer novamente? Como é que o vou fazer sem magoar a criança que está dentro de vós? Como foi que puderam acreditar, alguma vez, o que alguém vos disse sobre que nasceram sujos de pecado? Como foi que o puderam acreditar, quando dentro de vós está a grandiosidade do Criador e tudo está ao Seu redor? Como foi possível que alguém vos dissesse, “não mereceis Deus?”! Seriam capazes de dizer algo assim aos vossos filhos? “Nasceste sujo, não te amarei até que faças algo a respeito”, seriam capazes de o dizer? Será que o Criador faria algo assim convosco? É demasiado pueril! No entanto, esse é o paradigma da velha energia de inconsciência e é aí onde têm estado, muito dispostos a acreditar nessas coisas que vos têm dito, que não são próprias do Divino.
Contudo, aceitaram-nas tão agradecidos, tão alegremente! E depois também está o akash (princípio original) que diz: “sim, isso está certo!” Porque tudo o que tentastes no passado foi difícil e cada vez que tentastes algo espiritual, fostes castigados; já usámos antes essa palavra, dissemos uma e mil vezes que vindes com uma inclinação de indignidade! E todos os que são importantes ao vosso redor dizem-vos que é assim. Então a sensação que tendes é de que nem sequer sois dignos de estar neste planeta.
Que Deus não vos ama e tereis de passar por isto como já o tendes feito, muitas vezes. As crianças poderiam acreditar, mas não uma raça avançada de seres humanos que despertam para a verdade de quem é Deus. E esse que está dentro de vós (ri-se). E a Divindade que sentis teria que fazer-vos respirar profundamente e dizer: “Não só sou digno; Sou muito digno!”. Nunca antes, na história da Humanidade, fostes tão dignos como agora, para resolver os problemas deste planeta, para chegar a uma situação sem guerras, para iniciar actos compassivos e ignorar tudo o que vedes nas notícias, porque vos arrastarão para baixo.
A informação é sempre sobre a velha energia. Já o notaram? Tudo o que sai nos meios de comunicação está quase exclusivamente com a velha energia. E isso deve-se a que esse paradigma em particular não morreu para eles; de facto não morreu para a maioria das pessoas; seguem aferradas a algo que não é real. Alma antiga, tu sabes mais; tu és digna! Senta-te durante um momento e Sabe que és digna!
O Deus Todo-poderoso que criou esta galáxia criou-vos com a imagem linda de Si Próprio. Então, poderiam tomar um momento para respirar e dizer: “Contrariamente ao engano da velha energia em que me fizeram acreditar, já não aceitarei o que me disseram. Nasci com magnificência, porque tenho Deus dentro de mim e tudo o que vejo está feito por Deus. Vejo Deus em todos os lados e honro-O e É lindo. Sou digno de vê-Lo e Sou Isso. Ámen!” Este foi o número três.

Número Quatro: É tão profundo; disse-o durante mais de 26 anos; tão profundo! E no entanto é tão mal-entendido. Por que será? Por que será que tomam a Fonte de Amor Todo-poderosa e dão-Lhe uma consciência humana? Não há nada mais puro no Universo que o Amor de Deus; Não fazem ideia do Puro que É. Excede o vosso raciocínio; está acima de qualquer coisa que possam entender! O poder do amor pode eliminar todas as coisas negativas; é a energia criadora; o amor e a compaixão e os elementos são Deus. Sendo assim, como podem dizer: “Bem, já sabes…houve guerras no céu; sabes…houve anjos caídos. Bem, já sabes…Deus não está contente contigo porque fizeste isto ou aquilo. De facto Deus vai-te castigar porque fizeste tais coisas!” Oh, quantos aspectos do ser humano podem atribuir a Deus?
Compreendem a mitologia e a puerilidade de se convencerem que Deus é um ser humano?
Não! Deus é o Criador do Universo! Está tão longe da consciência humana como consigam imaginar, qualquer coisa, a anos-luz da forma humana de pensar! Porém muito do que acreditaram ou do que vos disseram, tem Deus relacionado com o julgamento, com as guerras celestiais, com anjos caídos; toda essa classe de coisas que vos arrastam para o mais baixo. Queridos, esse é o paradigma da velha energia; uma mitologia da qual não fazem parte. Vocês nasceram magníficos e dignos! São a imagem de Deus! Esse é o ser humano.
Reescrevam quem é Deus e vejam-No, desde a vossa primeira respiração, como um Pai, tão Divino que só tem Amor para vós, façam o que fizerem! Só amor e benevolência, sem importar o que fazem com o vosso livre arbítrio! Podem fazer qualquer coisa, mas quando têm livre opção para ver o Deus interior, tudo começa a mudar e começam a ver a beleza que sempre esteve aí; não o julgamento. Para Deus é impossível julgá-los!
Percebem que fizeram um Deus disfuncional? Um ser humano não faria aos seus filhos o que crêem que Deus vos está a fazer! Pensem! E depois despertem para uma verdade que é magnífica e cheia de amor compassivo e beleza! Usem o sentido comum! Quem é Deus? – Esse foi o Número quatro.

Número Cinco: As trevas têm o controlo (ri-se). Bem, tem sido assim. E as sombras têm sido os seres humanos personificados para serem escuros, com o seu livre arbítrio. Têm-no visto nas guerras; ao longo do tempo e da Humanidade. Quando um ser humano decide tornar-se sombrio, muitas pessoas de todas as classes o seguem! E convertem-se nos vossos controladores, nos vossos amos e vós nem sequer o sabeis. Porque não podem avançar, recordam? As trevas sempre tiveram o controlo e assim tem sido.
A raça humana tem sido manipulada para lutar pelo dinheiro; sabem-no. Os seres humanos têm sido manipulados durante toda a sua existência pelos que queriam fazê-lo, que eram poderosos e ambiciosos, para se alinharem com os outros nesse plano. E esse é o paradigma que conhecem, recordam e percebem que está aí. Mas isso foi o velho e agora não está a suceder no mesmo grau. Oh, há alguns que ainda crêem que sim, mas estão em vias de ter um despertar, porque a luz está a ganhar.
As trevas já não possuem o controlo do planeta e se crêem que sim, digam-me: que sucedeu nos anos oitenta, quando vocês não entraram em guerra? Que passou quando cruzaram a esquina e não tiveram o Armagedom no ano 2000? Que ocorreu em 2012 com a celebração do passo do marcador e com a Humanidade começando a despertar com a luz? Isto não é uma Terra controlada pelas sombras! E contudo vós ainda a levais enraizada, não é?
Alguma vez falaram com alguma dessas pessoas que chamam metafísicos? O primeiro que vos dizem é que existem conspirações e quem fez o quê a quem e quem tem o controlo. Tudo isso, porque esse paradigma a que estão habituados ainda está na sua psique. Queridos, isso já não está aqui. Podem tomar um momento para proclamá-lo como uma afirmação. Como com todas as outras, poderiam tomar um momento para dizer: “Querido Espírito: eu tenho o controlo da minha vida. A luz tem o controlo deste planeta o qual ir-se-á iluminando lentamente, afugentando a escuridão como nunca antes o tinha feito.” Y nunca mais voltarão a pensar que as sombras possuem o controlo.
Existem algumas pessoas que ouvem esta mensagem e dizem: “Kryon é um canal optimista e ingénuo; tudo está muito bem” Eu disse isso, realmente? “Kryon é um canal ingénuo, porque tudo será como um dia de sol e haverá muita luz”. Queridos, essa é a profecia dos antigos, mas não disseram que ia suceder no marco de tempo que vós desejais. Estais a começar uma viagem para a luz e isso vai exaltar as trevas, já o sabeis, não é verdade? À medida que usarem as ferramentas que vos são dadas, as trevas que tiveram o controlo assustar-se-ão e haverá instituições que as irão combater. Haverá muitos tão habituados às sombras que não entenderão o que está a suceder e lentamente perderão terreno e então todos vós ireis entender o que estou a dizer. Sim, compreenderão.
Mas se ficarem aí inconscientes, a pensar que não avançarão, que a escuridão tem o poder, que sois indignos, nada ocorrerá.

Para concluir, vou dizer-vos duas coisas mais. A alma antiga tem a sabedoria para levar isto adiante, mas também tem o desafio de eliminar a inclinação dos velhos enganos. Os jovens que estão a chegar não terão essa tendência e será perceptível. Eles verão alguns de vós e perguntar-se-ão: “O que é que lhe está a suceder a este?” Eles nunca experimentaram ser indignos; as metas que têm para o futuro são brilhantes; só podem ver o que podem criar e vêem-vos a um canto a se lamentarem e a preocuparem por tudo.
A juventude tem a percepção sem a experiência. Então, alma antiga, já chegou o momento de aprender como descartar o velho para que possas liderar o caminho. Isto é o que se apresenta neste momento, agora, neste planeta. Neste instante, agora mesmo. Mudando, inclusivamente, enquanto canalizo.
A batalha entre a escuridão e a luz está aqui, dissemos que viria. Já não se podem sentar na berma a olhar; a luz está a ganhar. É fácil dizê-lo. Agora devem ir descobri-lo.
Isto é uma celebração, não é verdade? Tudo o que eu disse pertence ao passado; nado do que disse é certo para o paradigma posterior à mudança. Queridos, vão descobri-lo com amor. E ao fazê-lo, verão que uma grande mão toma a vossa e dar-se-ão conta de que tenho razão. Estou correcto: no centro do Universo, a Fonte Criadora, vive convosco a cada instante. Será que podem sorrir com isto? (ri-se).

E assim é.

Kryon
http://www.traduccionesparaelcamino.blogspot.com.ar
Vínculo: https://compartiendoluzconsol.wordpress.com/2017/02/13/Kryon-los-5-enganos-de-la-vieja-energia-a-traves-de-lee-carroll/
Tradução: Lúcia (anjodeluz57@gmail.com)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s