TÉCNICA DE CURA DOS ÍNDIOS NORTE AMERICANOS BLACKFOOT

image

“O Grande Mistério No Céu”
Por Nelson C.Decker – médico quiroprático
Publicado em 17 de fevereiro de 2017

   
“Gaia e a Humanidade necessitam de Curadores e de Seres Humanos Saudáveis, e vocês que querem trabalhar para a Luz, através de ações no mundo, e não sabem como, podem ser ambos.
Tenho este curso em texto desde 1992 e nunca o vi difundido no Brasil. Encontrei apenas uma referência em português, porém ocultando a descrição da técnica.
Agora trago à divulgação para todos os que querem Servir ao Bem Maior, sem precisar viajar, pagar cursos, etc. para colocar em pratica essa maravilhosa Ferramenta Divina.
“Peço darem-se uma chance, e lerem essa dádiva oferecida gratuitamente à Humanidade.”

Vilma  

.=|__.__.=|./\.|=.__.__|=.

O Grande Mistério No Céu
Por Nelson C.Decker – médico quiroprático

Essa tribo, a dos Os algonquinos é aparentada, cultural e linguisticamente, às tribos Odawa e Ojibwe, com as quais formam o agrupamento dos anishinaabe. Foi expulsa das Dakotas (Sul e Norte) e peregrinaram pelo Canadá e Montana, e lá descobriram as auroras boreais e entraram em conexão com elas brandindo os braços, gravetos, ou cobertores. E sentiam um formigamento pelo corpo. Então quiseram que os doentes que não podiam viajar até lá pudessem aproveitar essas luzes para a cura. Os índios dizem que O GRANDE MISTÉRIO NO CÉU entrou no corpo para realizar a cura.

Idealizaram um método simples e estimulante de esfregar as costas e ombros que produzia as mesmas sensações. À medida que aplicavam essa massagem nos outros – que chamavam “o Grande Mistério no Céu” – ela curava qualquer doença em alguns dias ou semanas.
Decker formou-se na Faculdade Lincoln e Palmer. Esteve acumulando conhecimentos no norte da China, Japão, Filipinas, Havaí, México, América Central e Sul, Egito, e países do Mar Mediterrâneo – fez sua transição em 2009 aos 98 anos de idade.

Depois de aprender esta técnica de cura natural e espiritual ele abriu seus próprios canais e dons como curador. Sua busca aconteceu por procurar a razão dele não curar ninguém, após 6 meses de consultório com poucos pacientes – e descobrir que os índios conseguiam cura em alguns dias. Aprendeu com eles a falar com os Irmãos da Natureza, os animais. “Depois de me ensinarem comecei aplicar no meu consultório, e em dois anos e meio tinha mais de 4.000 pacientes, todos reagindo na melhora da sua saúde.”

E considera que a primeira etapa é amar incondicionalmente o vento, as nuvens, as pedras, as árvores, e todos ao seu redor. O mais difícil é amar as pessoas que contatamos. Temos que observar algo para amar nelas. Qualquer detalhe, do mais simples, qualquer detalhe de perfeição em seu vestir, em seu falar, em seu olhar, em carregar seus pertences, é suficiente para o elo. Isso traz uma vibração de respeito e vinculação. Ver o bem em todos. O divino está em todos e tudo à nossa volta.

A segunda etapa é visualizar o resultado final que deseja. Trata-se de ordenar que a Consciência Superior manifeste determinada condição na vida.

Esse exercício ajuda: sente, relaxe, inspire durante 4 a sete segundos; prenda a respiração pelo mesmo tempo; expire no mesmo tempo; finalmente fique sem respirar pelo mesmo tempo. Repita essa sequência por 5 minutos. Enquanto realiza essa respiração ritmada veja a si mesmo tendo ou sendo o que deseja. Vai perceber diminuição da ansiedade, e clareza em seus objetivos. Você pode ser sadio, feliz e com vida abundante!

A terceira etapa é: Seja positivo. Sinta como se já tivesse alcançado o seu objetivo. Discipline-se para REALIZAR alguma tarefa/cumprir um objetivo, por menor que seja, disciplinadamente, mostrando à sua mente que você realmente domina a sua vontade. Por exemplo: caminhar alguns minutos todos os dias, ler… o importante é CUMPRIR o que se dispôs a fazer. Assim começa exercitar a força da SUA VONTADE PESSOAL, e registra-a no seu subconsciente.

SENSAÇÃO

Essa massagem estimula as energias criativas da área do plexo sacral (Chacra Sacro), levando essas energias coluna vertebral acima. A energia começa a liberar quando o massagista chega à área do pescoço. As sensações são de calafrio, formigamento, onda de calor ou relaxamento.
Os religiosos dizem que sentem o “Espírito Santo”, os estudantes de yoga sentem a energia kundalini abrindo seus chacras e harmonizando-os com o divino. Os cientistas dizem que a estimulação do sistema nervoso autônomo cria um relaxamento permitindo ao corpo melhorar.

A TÉCNICA

“O GRANDE MISTÉRIO NO CÉU” é uma massagem suave na área da coluna. É aplicada com o massagista ou curador de pé e o paciente sentado numa banqueta sem encosto. Como mostra o diagrama (imagem) num movimento de deslizamento ascendente de cada lado da coluna.
Peça ao paciente para dar uma respiração lenta e profunda. Ao expirar peça para que relaxe pendendo sua cabeça para baixo colocando o queixo no começo do pescoço. Continue respirando de maneira normal.
Fique atrás do paciente e coloque a mão esquerda no ombro esquerdo e a mão direita no ombro direito do paciente. Se você for canhoto, esse procedimento poderá ser invertido.
Lenta e suavemente deslize a mão direita para baixo no centro das costas seguindo a coluna vertebral (imagem) até a base da espinha.
Apoie o polegar no dedo indicador e vire a mão de modo que a parte macia do seu dedo – da impressão digital – toque o corpo do paciente.
A partir da base do cóccix, (“início” na imagem) delicada e suavemente, deslize o polegar para cima em cada lado dele, formando um “V” – aproximadamente de 2,5 a 5 cm de comprimento de cada lado.
Faça 3 ou 4 movimentos suaves de alisar sobrepostos na linha que forma o “V”. Você irá subindo a partir do cóccix (sacro) até cada uma das “covinhas acima das nádegas – as articulações sacrilíacas.

A maioria dos adultos é sensível na área sacrilíaca. Seja firme, use pressão suficiente, porém, sem machucar. Empregue cerca de 2kg de pressão. Teste a força de pressão do seu polegar numa balança. Ou, seria a força que utilizaria para abrir a porta de um carro. Talvez você tenha que ajustar a pressão dependendo do paciente: uma pessoa musculosa precisa de massagem mais forte do que uma idosa, ou bebê, frágil.

O objetivo da massagem é dar ao paciente uma sensação agradável, relaxante, estimulante, não provocar dor.
Agora, começando logo abaixo da linha da cintura, deslize o polegar para cima ao longo de cada um dos lados da coluna vertebral, um de cada vez, – distante de 1,5 a 3,5 cm do centro dela. O movimento de alisar deve ser sempre ascendente, curto, de aproximadamente 7,5 cm de comprimento – e é como se empurrasse um fluído coluna acima. (imagem)
Imagine a coluna como um grande termômetro, e você “empurra” o mercúrio até o topo sem deixar que escorra para baixo novamente.
Suba de um lado, depois do outro.

Neste movimento ascendente, quando seu movimento chegar à base do pescoço (terceiro gânglio cervical) será necessário endireitar suave e lentamente a cabeça do paciente, trazendo-a para a posição ereta. (lembre-se que até agora ele está com ela abaixada, com o queixo no pescoço).
Usando as duas mãos amasse (como uma massa de pão) vigorosamente a área dos ombros e pescoço por 10 a 15 segundos (imagem), de maneira firme, porém sem machucar.

A essa altura a energia começará a ser liberada e o paciente sentirá calafrios agradáveis, formigamento e onda de calor.
A energia primeiramente entrará nas próprias costas e ombros do curador, que as sentirá antes do paciente. E você poderá senti-la ao começar os pequenos movimentos ascendentes nas laterais da coluna do paciente.

Agora esfregue e faça movimentos suaves de alisar de cima para baixo bem rapidamente (imagem), 6 vezes, na parte superior das costas e braços do paciente com as pontas dos dedos.
Isso deve ser feito com uma pressão mais suave, como uma escova tirasse fiapos de uma roupa.

Esfregue de cima para baixo os lados dos braços até logo acima dos cotovelos, e de cima para baixo os ombros e a área das costas até pouco acima da cintura.
ESSE MOVIMENTO DE ESFREGAR DESCENDENTE COM AS PONTAS DOS DEDOS É MUITO IMPORTANTE: REDIRECIONA A ENERGIA NO CORPO PARA A CURA.
Depois de terminar o tratamento lave e sacuda, bata, as mãos, para desprender as vibrações que captou, e para evitar transferi-las para outro paciente.

Todo o tratamento não deve durar mais do que 2 ou 3 minutos. Quanto mais rápido melhor. Os índios fazem em um minuto!
E dizem que O Grande Mistério do Céu entrou no corpo para realizar a cura.

CONCENTRAR-SE NO POSITIVO

Tanto o paciente como o curador devem estar em um mental positivo enquanto ministra-se o tratamento. Porque a energia atravessa tanto o paciente como o terapeuta quase ao mesmo tempo. A energia que flui lado a lado catalisa os pensamentos dos dois simultaneamente e os realiza.Mantenham afastados pensamentos de dificuldades, e até mesmo de que seria bom para um amigo/parente.

O paciente deve estar sempre na posição sentado. Quando o paciente sentir a energia sendo liberada deve vigiar o que está pensando. Pois a energia do tratamento cristaliza os pensamentos que ele estiver focando.

Certifique-se de que ele visualize um cenário positivo, afastando situações de dificuldades presentes ou do passado, dele ou de outras pessoas no exato momento em que a energia for sentida.

A concentração deve estar no resultado final desejado.
O paciente sentirá bem estar durante dias, e até semanas, e sentirá melhor a energia fluir quando se deitar ou relaxar.

E poderá sentir quando ver outra pessoa recebendo o tratamento. Estará conectado, em harmonia novamente ao Grande Mistério do Céu: – um campo de força espiritual de energia.

A indicação é de receber uma vez ao dia durante cinco dias, e no mesmo horário.
Um mês depois pode-se fazer uma nova série, se o paciente estiver ainda com baixa vitalidade.
Ou pode ser repetida uma vez ao mês pelo tempo desejado.

1º Dia
O fluxo de energia pode ser sentido entrando pelos pés, costas ou ombros. Pode sentir arrepios, calafrios, onda de calor de relaxamento fluindo pelos braços e pernas, ou corpo todo. Pode durar minutos ou horas, pois estará fluindo para onde o corpo necessita mais cura.

2º Dia
As sensações podem ser semelhantes, e uma sensação agradável persistirá durante o dia na decomposição das toxinas. À noite pode vir um cansaço, dor de cabeça ou eliminações corporais extras; os seios da face podem drenar, eliminando muitas toxinas causadoras de doenças. Toda a sua energia interior foi direcionada para a cura.

3º Dia
As eliminações podem continuar em parte do dia, mas se sentirá melhor à noite. Ajude alimentando-se bem, descansando, relaxando.

4º Dia
Estará sentindo-se bem, e continue o tratamento.

5º Dia
Neste dia sentirá uma forte sensação de bem-estar. As tensões foram aliviadas, física e emocionalmente: você sente-se uma nova pessoa!

PENSE E MATERIALIZE

Sempre focar em Bem-estar e Saúde. Tanto o Curador como o paciente.
Pode-se agendar o tratamento visualizando-se em situações de atingir resultados, objetos, e sentindo-se já com eles. Por exemplo, contando notas de dinheiro, chegando a Abundância para equilibrar a vida financeira.

Mudando seus padrões mentais durante o tratamento a materialização positiva, a resolução da situação de vida, acontece subsequentemente em seus dias.

O tratamento indígena cristaliza, materializa qualquer quadro sendo construído na mente, e num prazo de dias ou semanas.

Este tratamento pode ser aplicado em animais, com ótimos resultados, pois eles não oferecem resistência, como duvidas.

O maravilhoso desta técnica é que é impossível lesar alguém, ou piorar a condição de alguém. Este método foi mencionado em escritos sânscritos e pelas tribos dos egípcios antigos.

O Curador pode ganhar saúde enquanto dá saúde aos outros, além de expandir a consciência e compreensão espiritual.

Este tratamento complementa qualquer outra modalidade de cura. Osteopatia, quiropratia, psicologia, hipnoterapia, fisioterapia, massagistas, curandeiros de fé. Ao oferecerem primeiramente este tratamento, em um minuto e meio, o corpo relaxa e aproveita melhor a técnica que vai ser aplicada a seguir.

O único inconveniente é que não dá para aplicar em sim mesmo. Há necessidade de uma outra pessoa para isso.

Partilhe essa técnica e ensine um amigo a aplicá-la em você.

Utilize essa técnica do Grande Mistério no Céu para ajudar a criar uma vida feliz e saudável ao seu redor, mesmo que alguns precisem continuar com tratamentos e cuidados médicos convencionais.
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Nelson C.Decker – médico quiroprático

Tradução: Vilma Capuano

http://www.luzdegaia.net/hooponopono/len/tecnica_cura_indios.html  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s