RECONEXÃO DO DNA VS. LIMPEZA DAS IMPRESSÕES GENÉTICAS

image

por Natalia Alba
14/02/2017

O período entre Eclipses é uma época muito intensa, pois estamos sempre navegando entre diferentes linhas de tempo – onde não apenas estamos mudando constantemente interiormente, mas também os nossos veículos físicos. É precisamente nessa fase de transição que temos a oportunidade de trazer o invisível para à luz, queimar antigas pontes e despedir tudo o que não for Um com a nossa Vontade Superior, ficando livre dos velhos fardos, que impedem-nos de nos expandir para novas criativas formas de ser.

Enquanto estamos imersos nesta fase entre eclipses, é fundamental que, ao mesmo tempo em que continuamos com o trabalho interno de reconexão do DNA, também nos concentremos na cura genética, pois as frequências dos eclipses estão nos ajudando a liberar as velhos Impressões/implantes, ao mesmo tempo em que continuamos a reconectar os fios de DNA que antes estavam desabilitados. Durante esse período, poderíamos nos sentir fisicamente exaustos, confusos e até mesmo experimentar mudanças em nosso corpo físico. Tudo isso é natural a medida em que conscientemente nos elevamos, e nossos corpos começam a recuperar a sua verdadeira essência cristalina.

Liberar padrões ancestrais cármicos é vital, pois todos nós os possuímos em nossas impressões genéticas de DNA provenientes de todas as nossas gerações anteriores. Isso é algo que, como seres humanos, todos nós temos codificado dentro de nossos corpos, independentemente de onde nossa alma vem e da natureza de nossa missão na Terra. No entanto, não deve ser tomado como algo sem sentido, pois todos nós escolhemos quando estávamos em um plano da alma, os desafios, mesmo os nossos genes, que nos ajudarão a evoluir uma vez encarnados.

Algumas das almas ascendentes, iniciaram o trabalho de reconexão do DNA, sem terem feito a primeira e mais importante obra de todos – a libertação consciente das velhas impressões genéticas/cármicas e cármicas coletivas do seu eu inferior e da incorporação dos chakras superiores, que substituirão os nossos inferiores 3D (se você for capaz de ver além destas camadas áuricas principais, você poderá ver como as cores e vibrações dos chakras inferiores, uma vez que encarnamos os superiores, também mudam).

Este é um processo de cura muito desafiador e constante, mas essencial, se realmente desejarmos configurar corretamente o nosso DNA para que ele possa comandar as células do nosso corpo para se reprogramarem das velhas crenças que foram implantadas através de vários métodos e por vários seres, éons atrás, e iniciar o processo de ascensão pelo rejuvenescimento. Não é apenas uma questão de curar os nossos corpos físicos, mas também o nosso etérico, pois este é o corpo duplo de nosso corpo físico, ele também contém todas essas impressões genéticas.

Outro assunto que algumas almas ascendentes tendem a evitar, pois tenho a oportunidade de ver as almas evoluídas que co-criam sessões comigo, é acreditar que apenas porque não existem sintomas aparentes de problemas herdados, que eles devem pular este primeiro passo de limpar todas as impressões genéticas. Não importa se você esteja consciente dos padrões ancestrais cármicos ou não, eles estão lá, como uma parte de seu ser humano e devem ser tratados também.

Vou colocar meu próprio exemplo para os outros entenderem por que é tão importante ter tempo para curar nossa linhagem ancestral. Sou adotada. Então, durante a maior parte da minha vida, especialmente quando eu era adolescente, as questões físicas começaram a aparecer juntamente com as emocionais. Eu não sabia de onde elas estavam vindo. Eu costumava repetir impulsivamente certos padrões e me identificava com eles, quando isto não era a minha verdadeira identidade e desejo da alma de fazer certas coisas.

Depois de algumas pesquisas, descobri que estava me identificando com minha mãe biológica, repetindo os velhos padrões que ela criou para si mesma, e que surgiram novamente, na minha adolescência. É por isso que é tão importante limpar nossas impressões genéticas – para nos capacitar a agir, pensar e sentir a partir de um estado livre de ser, e se novos desafios vierem à tona, pelo menos saberemos que eles vêm de nós mesmos e não dos fardos humanos que carregamos.

Quando comecei meu processo de ascensão, também tendia a evitar essas questões, pois negava que elas vinham do meu próprio ser. Continuei fazendo isso até que o aspecto humano de mim despertou para a verdade de que todos nós temos questões cármicas para lidar com nossos corpos físicos, quer nossa alma esteja altamente evoluída ou não. Em vez de culpar as condições, devemos assumir a responsabilidade pelo que está acontecendo, quer venha de nós mesmos ou não, e começar a agir como seres soberanos que somos em vez das vítimas que fomos programados para ser.

Se você não tem a oportunidade por qualquer motivo, de saber de onde todos os seus problemas emocionais e físicos estão vindo, saiba que não importa muito de onde eles vêm, mas a necessidade é se mover para dentro e começar a observar conscientemente a si mesmo. Fale com seu DNA para começar a mudar os padrões antigos. Escusado será dizer que, a fim de curar todas as nossas impressões genéticas, existem infinitas outras técnicas necessárias para ajudar neste processo de limpeza. Apesar de eu considerar cada um de vocês como seus próprios curandeiros e mestres, isso é algo que eu não posso falar, pois cada um de vocês é único, e tem sua própria orientação para trabalhar com essas memórias impressas passadas, e o que é bom e funciona para mim, talvez não seja bom para você, e vice-versa.

Em minha jornada pessoal, usando sons (tibetano/vasos de quartzo, canto/linguagem falante, cura teta etc) entre outras técnicas – como uma maneira de liberar as células de memória – é muito terapêutico, pois a vibração desloca e purifica todas as frequências mais baixas que mantemos interiormente dentro e em nossos veículos físicos. Eu também uso comandos conscientes para as células do meu corpo e DNA para dissolver programas antigos e, em seguida, eu os substituo-os por novos, mas existem mais terapias para ajudá-lo neste processo, embora, como eu sempre digo, a cura ocorre dentro de nós, e ao fazermos isso, nós mesmos, pois não se trata de objetos externos, mas da intenção que colocamos no que fazemos é o que realmente traz a cura.

A cura de impressões genéticas é uma das coisas mais importantes quando começamos a caminhar nesse caminho evolutivo, a dissolver programas antigos que ainda temos dentro de nós, que nos fazem repetir os mesmos antigos cenários ancestrais e começar a abraçar nossa verdadeira soberania. É por isso que é essencial estar constantemente observando seu eu inferior, pois podemos notar que os velhos sentimentos emergem novamente, impedindo-nos de estar plenamente presentes no Agora. Também é essencial trabalhar no perdão, especialmente em nossos relacionamentos, enquanto curamos toda a família ou questões cármicas antigas que possam surgir, e lembremos que sob a nossa perspectiva humana de ser ferido ou estar sozinho, a verdadeira natureza e o significado de nossas reuniões de alma foi sempre de nos ajudar a lembrar o que nosso ser humano esqueceu.

À partir das minhas experiências, e se você se sentir guiado, trabalhar com Arcturus abriu uma visão totalmente diferente sobre a cura para mim, e as muitas ferramentas infinitas disponíveis para nós para curar os padrões antigos, ferramentas que não estão fora de nós mesmos, mas dentro de nós. Os Arcturianos estão trabalhando de perto com alguns de nós, se este for o nosso acordo de vontade e alma, sobre novas formas de cura, pois eles são mestres cósmicos cuja principal missão é a cura, ajudando-nos também em transições importantes e reconectar-nos com a nossa essência cristalina.

Conectar-se com os Arcturianos pode ser feito entrando em um profundo estado de meditação, e quando nos sentirmos Um com nossa alma, visualizamos sua estrela alaranjada quando começamos a respirar sua energia purificadora da coroa para nosso primeiro chakra, e visualizando também, ao nós expirarmos, dissolver todos os detritos emocionais e velhas energias estagnadas. Depois disso, diga em voz alta, ou como você for guiado, da sua pura intenção de curar-se antes de entrar no caminho da assistência desinteressada aos outros, e proclamar o seu compromisso de servir apenas a Lei de Um, bem como Todos os seres dentro da Criação de um lugar de neutralidade e Amor para com todos. Não é necessário que você os veja ou os ouça, pois somos todos únicos, e todos temos os nossos caminhos. Em qualquer caso, sua essência de cura será fortemente sentida ou mostrada em qualquer situação de sua experiência de vida e/ou ser que precisa de cura.

Uma das principais razões pelas quais nós decidimos vir aqui foi precisamente curar as velhas questões cármicas para poder entrar neste caminho de ascensão enquanto somos purificados e libertados de todo o velho. Entretanto, dominar o criador interior dentro de um plano físico é vital, e é a primeira coisa que todos nós devemos fazer, pelo nosso desejo humano de estar constantemente se manifestando e ascendendo, é aprender a nos curar, o que só pode ser feito estando completamente presente no momento do agora, em vez de perseguir os tempos futuros que ainda não estão acontecendo, ou os passados ​​que já não existem mais.

Quando abraçamos o momento do agora, não temos mais a necessidade de manter as antigas frequências, situações e experiências, pois entendemos que elas são apenas ilusões que só ocorrem em nossas mentes humanas, nunca no Agora. Portanto, nós permitimos que a cura ocorra, lembrando que quando nos curamos, os fios invisíveis que nos conectam com Tudo dentro da Criação, ajudam ela a curar tudo também.

A escolha é vossa, concentre-se na vossa jornada única e comece a curar dentro do Amor Divino e da compaixão tudo o que o vosso ser humano tem negado, ou escondido por um longo tempo, só porque teme a verdade, só porque sente dor. A cada momento de sua preciosa existência, você tem o dom de escolher o que deseja fazer com o momento que segura em suas mãos. Você pode usá-lo para curar e evoluir, ou para contratar e permanecer com medo.

Quando escolhemos a liberdade como nossa principal escolha, surgirão desafios e dor, pois é assim que transformamos o que nosso ser humano luta para reter. Mas, no momento em que nós nos entregamos e nos lembrarmos do nosso verdadeiro estado natural de ser – permitindo-nos sentir cada sentimento e situação tal como eles são, sem qualquer julgamento ou negação – é quando nos tornaremos Um com nossa alma, e seremos capazes de agir como seres soberanos, e cumprir a nossa missão da alma, pore estar inteiro/curado, de um lugar da unidade e Amor com tudo.

Em Amor, luz e serviço ∞

Natalia Alba

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s