O RESGATE DA VERDADE E DA TRANSPARÊNCIA NAS RELAÇÕES

image

Mensagem da Mestra Pórtia
canalizada por Michelinha OM
01 de fevereiro de 2017
 

Filhos amados, hoje vemos vocês envolvidos em uma energia que os pressiona a mostrarem algo, a apresentarem resultados palpáveis e que atendam a uma meta estabelecida no meio onde estão inseridos.

Vocês se esqueceram, por um breve momento, das suas próprias naturezas.

Que mal há, filhos, em serem verdadeiros com vocês mesmos e com o mundo externo, levando a verdade em forma de sabedoria com doçura e leveza?

A atitude de esconder a sua verdade interior, cria uma nova realidade onde vocês se sentirão pressionados, necessitados de serem livres e naturais novamente. Necessitados de poderem se expressar.

O cenário atual, filhos, diante de toda a realidade de desemprego e falta, cria em vocês uma fagulha de medo, que pode crescer na medida que derem combustível a ela.

E qual é o combustível do medo, filhos? O próprio medo de serem verdadeiros, de colocar a verdade manifestada nas suas vidas.

Parem por um momento e reflitam, descubram dentro de vocês mesmos perguntando o que os impede de serem verdadeiros com vocês mesmos. Descobrirão que esse medo está relacionado ao externo, e não ao interno. Então porque trouxeram essa restrição, essa falta, ao seu mundo interior?

As relações são verdadeiras a partir do momento em que o medo seja erradicado. A naturalidade, a liberdade, tomará forma e iniciará desde o instante em que decidirem superar os receios.

Cada um tem um processo interno a ser superado. Cada um desperta o medo dentro de si a partir de certa influência externa.

No meio corporativo, esse medo é iniciado a partir da insegurança material. Do apego à situação atual e às pessoas, ao salário, à estabilidade ilusória.

Se começarem a observar como a vida toda funciona, partindo o olhar do todo, perceberão que não há estabilidade quando observada por um ciclo completo. A vida é formada de períodos de aprendizado. Períodos curtos diante de toda uma vida. E de que valeriam esses curtos momentos, se não forem vividos de forma transparente e verdadeira?

A partir do momento que deixam de alimentar o medo, colocam a verdade à mostra, e libertam o que os prende aqui, nessa experiência. Enquanto continuarem levando as experiências de forma mascarada, filhos, não permitirão que isso seja liberado.

E àqueles que se fecham à verdade que está sendo mostrada diante de si através de outras pessoas, e até pelas experiências, percebam o quanto esse tipo de postura, filhos, torna vocês cada vez mais fechados à verdade interior de vocês mesmos.

Quando vocês se fecham para a verdade externa, acabam se fechando para a verdade interior, e torna mais difícil o processo de cura e libertação, que é o verdadeiro objetivo de vocês em todas as encarnações.

Cada momento vivido, cada segundo, é algo que deve ser aproveitado por inteiro. E quando os momentos são desperdiçados com atitudes que fecham vocês à verdade, vocês estão adiando a própria evolução de vocês.

Filhos queridos, o que venho aqui alertá-los, principalmente, é de que, nesse momento de transformação, serão cada vez mais intensamente colocados diante de situações onde terão a oportunidade de serem os agentes transformadores da mudança. Para que, a partir das suas atitudes, isoladas em meio à grande massa que ainda não se abriu à verdade, que mostrem que isso é possível. Que é possível sim viver a vida inseridos nas experiências materiais, mas sendo verdadeiros e íntegros.

Estão aqui por um propósito, filhos, para descobrir a verdade interior e mostrar para todos qual é a verdade de vocês, e assim, servirem como exemplo de coragem para tantos que permanecem fechados para a vida, para viver de forma livre.

Tantos de vocês, filhos, permanecem impedidos de viver em plenitude, simplesmente pelo fato de alimentarem o medo de olharem para a verdade. A primeira percepção dessa verdade pode ser dolorosa quando olhada para dentro, o que seria o primeiro passo para a autodescoberta.

Mas, passando por essa fase de maiores revelações sobre si, ancorando em si mesmos o que vocês verdadeiramente são, e tornando claro o que são, aceitando, abrem a oportunidade de mostrar isso ao externo de forma natural.

Pois bem, meus amados filhos, de que adianta a experiência nessa vida se não for para viver verdadeiramente e de forma íntegra o que vocês realmente são?

Fiquem em paz e irradiados na luz violeta.

Mestra Pórtia
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais: Michelinha OM
Sou um canal em harmonia à luz violeta. Ancoro nesse plano o desejo de elevação planetária pela transmutação de toda densidade que bloqueia o livre fluir da luz e amor nessa dimensão. Em comunhão com os mestres ascensos, seres de luz e a partir da fé humana varreremos e transmutaremos os estados mentais densos em alegria, tranquilidade e amor. Com a ajuda da amada Mestra Portia, coloco-me a serviço da liberação de toda escuridão humana e planetária, buscando ser um instrumento de alivio da dor física, emocional e mental daqueles que se colocarem sob nosso campo de irradiação.

Fonte: http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s