AS ENERGIAS DE FEVEREIRO DE 2017

image

Por Natalia Alba
28/01/17
 
ATUALIZAÇÃO DAS ENERGIAS
 
Fomos suavemente introduzidos em um dos mais poderosos meses do ano, fevereiro, pelas energias amorosas de janeiro, um mês sem muitos aspectos importantes, mas não isento de intensidade. Um período para simplesmente ser e continuar visualizando e moldando internamente o caminho à frente que desejamos criar.
 
Encerramos janeiro com uma libertadora Lua Nova aquariana, que também está conectada às séries de eclipse que acontecerão neste novo mês, o que também traz uma profunda transformação e liberação, tanto no plano mental quanto no físico, ajudando-nos a dissipar tudo o que não estiver mais em ressonância com o nosso novo eu. Isso é essencial antes de acessar a criação do que seremos no restante do ano, bem como construir os fortes pilares que sustentarão nossas visões no plano físico.
 
Os eclipses, e em geral a frequência deste mês, vão também provocar um imenso impacto em nossos corpos, dando-nos a escolha consciente de nos interiorizarmos para atualizar o nosso DNA, se tivermos realizado o trabalho interno de limpeza celular profunda, que é vital, se quisermos continuar integrando/fazendo descer as essências mais elevadas de nossa alma e da Presença EU SOU.
 
Para alguns, os eclipses, principalmente o primeiro vindo de Leão, servirá para purificar e liberar o que não estiver mais alinhado com o novo modo de viver que escolhemos. Para os que já purificaram as células do seu corpo e começam a despertar a sabedoria antiga por atualizar o seu DNA, podem estar prontos para receber – interiormente – as ativações galácticas. Tudo depende do lugar em que vocês estão e do que precisam para levá-los ao próximo nível de conscientização.
 
A essência deste mês mantém uma frequência universal 12, que reduzida, nos dá o número 3. Como podem ver, tudo no Universo está orquestrado perfeitamente para nos dar as mesmas mensagens, não importa para onde olhemos. O número 12 nos traz a mensagem da rendição a uma vontade superior e deixar que nossas visões interiores acessem a superfície no Tempo Divino.
 
Por outro lado, o número 3 é uma mensagem para que deixemos a nossa centelha interior orientar nossas vidas e expressar a sua força criativa no plano físico. A energia de fevereiro, e ainda mais no final com as suas energias piscianas, diz respeito a tudo o que é criativo, enquanto nos nutrimos e continuamos liberando durante a temporada dos eclipses.
 
O número 3 é representado pelo arquétipo da imperatriz, no tarô. A imperatriz representa o feminino interno a quem se conferiu poder, e que constantemente cria e se expande a partir de dentro, porque não conhece a carência ou desaprova as ilusões para cobrir a verdade.
 
Vive em amor consigo mesma e com o Todo, porque sabe que tudo é UM consigo mesma, e é desse espaço unificado que a abundância e tudo do que ela precisa se manifesta. Isso é o que somos convidados a fazer neste momento, concentrar-nos no modo como criamos, em vez de esperar que alguma coisa externa realize nossos desejos e estabeleça uma forma de comunicação mais elevada.
 
Este mês e, progressivamente, em março, é muito importante para os nossos relacionamentos, porque a sua frequência é muito amorosa e curadora para quem se lembra de alcançar a síntese interna antes de acolher novos relacionamentos. A mensagem para nossas reuniões é que cocriemos de modo consciente desde um espaço de igualdade, porque não podemos dar a partir de um espaço de separação, se primeiramente não encontrarmos a unificação com todos os nossos aspectos.
 
De um ponto de vista cósmico, também começamos este mês com o planeta do amor e da abundância, Vênus, passando para o signo ígneo de Áries e tendo Júpiter retrogradando no grau 23 de Libra, desde 6 de fevereiro até 9 de junho.
 
Ambas as forças estão nos mostrando onde colocarmos a nossa intenção e, portanto, a energia, porque a depender de onde colocamos nossa força criativa, obteremos abundância ou a ilusão da sua falta. Vênus é um aspecto macro nosso, que representa o amor e a plenitude, por outro lado, Júpiter é o planeta que expande tudo o que criamos.
 
Júpiter e o amoroso Vênus nos fazem recordar que a abundância e todas as formas de amor vêm quando nos expandimos internamente, em primeiro lugar, deixando de lado essa fixação de que as coisas têm de ser de determinada maneira, assim como o nosso senso de linearidade, para permitir o fluxo infindável de plenitude e graça em nosso ser e em nossas vidas, não do jeito que o nosso lado humano quer, mas do jeito que o divino decide, porque o nosso Eu Divino sabe o que é melhor para Todos.
 
Quando começamos a dar, sem medo de perder o que o nosso eu humano acha que podemos possuir, é quando nos abrimos para a abundância infinita. O próprio medo de não ter o suficiente nos faz perder, não somente o que já temos, mas o que está destinado a vir.
 
Temos apenas que quebrar o escudo protetor que tendemos a criar ao nosso redor, para viver com um coração aberto, que possa trazer não só desafios, mas também a força e a disposição moral para compreender suas lições e mudar o que quer que esteja nos enfraquecendo por acolher nossa soberania.
 
Temos, ademais, Mercúrio no signo de ar, Aquário, desde 7 de fevereiro. Novos e maravilhosos insights virão nesse período, que podemos utilizar para melhorar nossos novos projetos e expandir-nos para horizontes desconhecidos. Mercúrio também nos ajudará a criar uma comunicação melhor conosco, com os outros e com o nossos Eu Unificado/Guias, e liberar a programação mental que nos faz repetir os mesmos padrões inconscientes.
 
Essa é uma oportunidade para desfazer mais dos antigos padrões de pensamentos e de conversação interna, que são as principais causas da falta de amor próprio.
 
Como vocês falam consigo mesmos, internamente?
 
Vocês sempre utilizam palavras amorosas e gentis, principalmente em situações desafiadoras, quando fazem algo cujo resultado não é aquele que vocês desejavam?
 
Vocês são amorosos e compassivos com os outros, mas não consigo mesmos?
 
Se ainda não se veem como uma extensão da Fonte, amando-se e apreciando-se, então, vocês não estão reconhecendo o divino interno, nem estão prontos para vê-lo e honrá-lo nos demais.
 
Observar como é a nossa conversação interna é essencial!
 
Porque a maioria das coisas e das situações que acontecem em nossas vidas se originam daquilo que nos falamos internamente, e se continuamos a nos dizer como somos desajeitados ou como nos parecemos ruins, e essas coisas, então, isso é o que traremos à nossa existência, não porque sejamos isso, mas porque estamos na ressonância dessa frequência de falta e de separação.
 
Fazer o trabalho interior de falar com nós mesmos como se estivéssemos falando com uma criança que cometeu um “erro”, porque ele/ela ainda não tem consciência para compreender todas as consequências, é fundamental para começar um amoroso e respeitoso relacionamento conosco.
 
Em 10 de fevereiro, vamos ter um eclipse lunar de Lua Cheia muito poderoso e ardente, no grau 22 de Leão. Leão é um signo muito corajoso, que se ama e se comporta como o ser poderoso e soberano que é, porque ele nunca se esquece do seu verdadeiro potencial e da sua herança divina.
 
Leão tem a força para criar com paixão e superar obstáculos, por permanecer firme em sua verdade, protegendo e honrando o que ele cria. No período do eclipse não só temos o Sol em oposição à Lua, em Aquário, como também outra oposição entre Urano e Júpiter. Ambas as forças de mudança vão ser fortemente sentidas durante este ano.
 
Por se ter as energias aquarianas, neste momento, junto à oposição entre Urano e Júpiter, que são fortes oposições, o cosmos está demonstrando em nossos céus o que acontece em nosso microcosmo. Estamos destruindo mundos, que certa vez originamos, para imaginar e manifestar novos dentro de novas oportunidades.
 
Portanto, é necessário que a transformação interior aconteça, apesar de o nosso eu humano ver isso como caos. É a maneira que o Universo tem de trazer tudo na ordem correta para Todos novamente.
 
Esse eclipse lunar em Leão, para mim, diz respeito a transformar em cinzas o antigo e abrir os nossos corações, em todos os momentos, para o inesperado que o nosso eu inferior vê como perigoso, porque é desconhecido, mas, que na maioria das vezes, contêm as melhores bênçãos de que precisamos para nos lembrar, nesta etapa, do nosso caminho.
 
Como Aquário é um signo muito humanitário, enquanto Leão é mais centrado no ego, outra mensagem importante da oposição entre Aquário e Leão é estar cônscios da nossa parte que é um aspecto individualizado da Fonte, ao mesmo tempo transcender nossa necessidade egoica de apenas nos concentramos no eu, e nos tornar UM com Todos, por estarmos a serviço em nosso caminho exclusivo. Compartilhar nossos dons anímicos e deixar brilhar nossa frequência única sempre que nos sintamos orientados a compartilhar nossa Presença de Luz.
 
Em 19 de fevereiro, entraremos no profundo reino de Peixes, visto que o Sol passará para esse signo de água.
 
Quando o Sol, que representa o nosso Eu Superior, deixa brilhar a sua luz em Peixes, somos convidados a ver além de nossa realidade humana e acessar o vasto oceano de nossos mundos internos, uma vez que as energias piscianas nos levarão a conectar outras realidades que vão nos mostrar a nossa verdadeira natureza multidimensional, assim como revelar novos insights, que são primordiais para nós.
 
Uma das lições que Peixes nos oferece é a transcendência derradeira de toda a velha programação mental e crenças que costumávamos manter internamente, visto que Peixes é o último signo do zodíaco, e, consequentemente, aquele que descobriu todos os seus aspectos, bem como integrou todos os desafios e lições exigidas para incorporar um nível mais elevado de conscientização, que fará com que veja a verdade, em vez de ver a velha ilusão em que estava imerso.
 
Agora que vimos o que está além de nossos sentidos humanos e atravessamos os véus ilusórios, estamos prontos para acolher uma nova existência de autenticidade, integridade e compaixão.
 
Ao vivermos como seres livres, cônscios de quem verdadeiramente somos, e de nosso papel na Criação, podemos finalmente seguir em direção ao nosso verdadeiro destino e caminho da alma, sem hesitação, expressando nossos dons anímicos e nos expandindo para novas experiências mágicas e níveis mais elevados de criatividade, que é o que o Sol em Peixes nos convida a fazer, durante o mês, e ainda mais por ter no fim desse mês outro eclipse, nesse signo de água também, que será um momento mágico para recebermos novas orientações e visões internas.
 
Mercúrio estará passando para o signo de Peixes em 25 de fevereiro também. O mensageiro alado será exaltado em Peixes. A comunicação fluirá e sentiremos, de modo profundo, essa onda criativa e inovadora que Mercúrio em Peixes traz.
 
É um grande momento para escutar nosso lado intuitivo e interromper outros ruídos que podem nos confundir e nos impedir de receber plenamente toda a orientação de que precisamos, igualmente, para canalizar todos os dons que devem ser compartilhados com o mundo.
 
Se sentimos a necessidade de ter mais clareza com Mercúrio em Aquário, agora, com Mercúrio em Peixes, estaremos finalmente nos rendendo a todos os conflitos interiores e mentais e simplesmente fluiremos com os nossos dons criativos.
 
Finalmente, encerramos o mês com outro poderoso eclipse solar na Luz Nova, no grau 8 de Peixes, também. Esse eclipse traz rejuvenescimento, após passarmos pela transformação e purificação interiores do eclipse de Leão.
 
O primeiro eclipse lunar foi para transmutarmos o que não combina com o lugar em que estamos em nosso caminho ascensional, porque estamos constantemente mudando se criamos a ilusão humana do que não somos, e devemos muitas vezes liberar o que era, e começar a construir novamente uma nova realidade, com novos companheiros e novas maneiras de viver.
 
Esse eclipse pisciano, principalmente devido a sua essência netuniana, vai nos ajudar a criar uma conexão mais elevada com o cosmos e seus muitos seres, igualmente, porque esse eclipse é um portal direto com as estrelas e nossa conexão com Tudo o Que É.
 
Estará ao mesmo tempo afetando nossos relacionamentos, hábitos e tudo o que devemos liberar, a fim de começar novamente. Como almas em ascensão, nossos relacionamentos tendem a passar por mais mudanças do que, por exemplo, outras almas cujo principal objetivo seja apenas uma experiência física real e não sobre relacionamentos pessoais.
 
Nosso papel anímico é diferente, não mais especial ou melhor, simplesmente diferente na natureza, e a maioria das almas ascendentes, que ajudam nesta transição, vieram para cá para se concentrar em ajudar neste momento e não para interações pessoais, outros, devido ao término dos seus contratos anímicos, e também a mudança constante em sua frequência, porque nem todos estão no mesmo caminho, e uma vez que integramos as essências mais elevadas de nossa alma, é de nossa natureza liberar o que não pode mais coexistir com quem somos no momento.
 
Em um plano da alma, todos nos conhecemos mutuamente, nunca dizemos adeus, visto que somos sempre Um Ser. Para o eu humano, deixar ir alguém que amamos significa separação e, portanto, enfrentamos sofrimento.
 
Peixes, e principalmente com o curador cósmico, Quíron, também nesse mesmo signo, vai nos ajudar a trazer conscientização àquilo que o nosso lado humano se sente reticente em liberar. Faz parte de nossa natureza estar sempre nos adaptando à mudança, não há nada, nem ninguém, que vá permanecer, porque senão não seríamos seres livres experimentando a expansão, mas seres limitados.
 
É com Peixes, o último signo e a última lição do zodíaco, que aprendemos a transcender todas essas limitações e começamos a nos lembrar, de novo, de todo conhecimento cósmico que possuímos internamente.
 
Esse eclipse solar colocará um fim, ao mesmo tempo em que criará um novo começo para dois que estejam entrelaçados, porque as almas estão agora escolhendo acessar, também, essa Nova Era. Esse eclipse pisciano é uma grande bênção para aqueles que estão trabalhando com os seus acordos “cármicos” e/ou questões passadas.
 
Para aqueles que estiveram trilhando este caminho ascensional por algum tempo, não nas cenas públicas, apenas quando eles estão vendo, mas continuamente fazendo o trabalho interior de integração da alma e de ajuda, quando ninguém observa, eles provavelmente não sentirão tão profundamente, quanto o coletivo, a necessidade de liberar tanto como costumavam fazer.
 
Em vez disso, as almas ascendentes podem utilizar essa frequência de cura e de revelação dos eclipses para incorporar um estado mais elevado de ser e estabelecer contato com outras civilizações, que nos trarão nova sabedoria. Tudo depende do lugar onde vocês estejam em sua jornada, visto que não se trata de uma corrida, mas de uma decisão consciente, feita com alegria e ajuda altruísta, para despertar e dominar o eu inferior e ajudar ao Todo.
 
Durante este mês e nos seguintes, nos encontramos no período entre eclipses, revelando novos mundos que permaneceram ocultos de nossa visão humana e dando origem a novas criações, enquanto continuamos navegando entre realidades diferentes – não visíveis ainda.
 
Somos como sementes que precisam de cultivo e construção de raízes fortes para se desenvolver e permanecer estáveis. Isso é o que somos convidados a fazer neste mês, estar totalmente presente, apreciando tudo o que experimentamos, enquanto continuamos a nos afastar do velho, porque esta é uma etapa de transição e não é realizada apenas em um dia.
 
É essencial simplesmente estar totalmente presentes, uma vez que o eu humano gosta de repetir, sem estar consciente do que está fazendo, e ávido apenas para manifestar, em vez de simplesmente usufruir a dádiva da criação e o que experimentamos aqui.
 
Não se trata de somente esperar que as coisas ocorram em nossa vidas físicas, mas o que estamos sendo, fazendo e criando internamente. Não se trata de que evento cósmico nos trará um novo parceiro ou um determinado milagre, para consertar a realidade física de alguém, mas se trata do que se faz internamente, que pode mudar o externo.
 
Aqui, dentro e neste momento, é onde todos vocês desejam habitar. É no Agora que vocês são livres para criar o próximo momento do Agora, conforme a sua alma deseja. Não há necessidade de se esperar por um determinado evento cósmico e dos seus códigos de luz, porque é internamente que a mudança está acontecendo de modo contínuo.
 
É em todos os momentos que vocês podem decidir transformar sua visão ilusória humana de realidade e acolher uma existência mais elevada, e sua lembrança cósmica de quem vocês são, que está sempre à disposição não apenas em um único evento ou dia.
 
Vocês precisam saber para onde olhar, se escolher olhar com os seus olhos humanos, então, tudo o que encontrarão será carência, mas se escolherem ver com os olhos da alma, tudo se tornará abundante, amoroso e precioso, que é o que a dádiva de estar plenamente presente traz, para aqueles que já perderam o senso de uma realidade fixa e linear dentro de um determinado tempo e espaço.
 
Todas as escolhas são sempre respeitadas e apreciadas na Criação, porque todas elas ajudam ao Todo. Afinal de contas, somos todos a Fonte – em si mesma – experimentando muitos diferentes domínios e modos de ser, independentemente de que natureza, porque na verdade, a Fonte sabe que Todos serão Um novamente, na luz, nesse Universo infinito.
 
Desejo a todos vocês um fevereiro mágico e abundante, repleto de todos os milagres que vocês não esperam mais do exterior, porque vocês já dominaram o modo de criá-los por si mesmos.
 
Com amor e luz infinitos,
 
Natalia Alba
 
Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com  – http://www.adavai.wordpress.com

Fonte: http://www.decoracaoacoracao.blog.br/2017/01/as-energias-de-feverei…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s