IMPERIL – O QUE É?

El Morya utilizou este termo para definir o “veneno resultante da irritabilidade”.

Esse veneno, absolutamente concreto, precipita-se sobre as paredes dos canais nervosos e espalha-se por todo o organismo.

As paredes dos canais nervosos acumulam uma vibração de substâncias astrais que podem precipitar-se em substância física pela vibração da irritabilidade.

A irritabilidade gera desarmonia e instabilidade.
E uma pessoa instável não pode ser um chela (discipulo) porque a relação Guru/chela é uma relação de confiança sagrada.

El Morya e Serapis Bey procuram chelas que não entrem em desarmonia ou irritabilidade, por que essas emoções rompem o contacto e desqualificam o fluxo de Luz do Mestre.

Entram em erupção como um vulcão, provocando o colapso das delicadas filigranas etéricas dos projectos, propósitos e metas da Grande Fraternidade Branca.

IMPERIL

O fato de viver e andar entre muitas pessoas, como é o caso de viver em uma área metropolitana, enfrentamo-nos com alguns perigos com os quais temos que aprender a conviver.

A palavra mais adequada que explica do que devemos nos cuidar é Imperil.

Aqueles que se tornam sensíveis podem se irritar muito facilmente.

Quando o imperil se fixa nos canais dos chakras, começa a queimar a estrutura do corpo, provocando uma contracção da consciência e da personalidade, ao criar uma desarmonia e infelicidade terminando assim com um enfraquecimento da saúde.

O Imperil é, tecnicamente dizendo, a precipitação da irritação.
Para poder explicar melhor vamos definí-lo como uma coisa que se pode adquirir pelo som, tacto, comida, etc.

Quando a pessoa que faz práticas espirituais enfrenta o Imperil, a Aura desta pessoa começa a perfurar-se como se perfura um fogo.

Se então o Imperil não se manipula e não se metaboliza correctamente, pode se cristalizar, e estes cristais de fogo se fixam na aura da pessoa e eventualmente nos canais do centro nervoso, provocando doenças e outros problemas.

Quando o Imperil entra no corpo não o danifica em si espiritualmente mas sim psíquicamente.
Existem muitas pessoas que não se dão conta disto.

Muitas das razões de ser vegetariano é que ao matar uma planta ou uma fruta quase que nenhum Imperil é formado, devido a inexistência de temor ou medo na planta ou na fruta.

Isto nos dá a entender que quando comemos carne adquirimos certo grau de Imperil, dependendo de como foi morto o animal.

O homem adquire um temor cristalizado, uma irritação cristalizada.
Isto nos torna menos receptivos e também pode trazer muitas doenças.

Em um ser evoluído como Jesus ou um mestre, que pode comer e beber qualquer coisa sem nenhum problema, o Imperil se queima em sua aura. Ou seja, se dissolve a metros de distância de onde eles estão.

Vejamos alguns fatos que provocam Imperil e que devemos evitar a todo custo:

· Filmes com violência e sexo.
· Stress ou tensão nervosa.
· Ficar furioso (aqui o mal é para a pessoa mesmo).
· Ódio, inveja e racismo.
· Sentir-se com culpa.
· Ressentimento, vingança.
· Definir inimigos de forma simples e aleatória ou destrui-los em pensamento.
· Crítica, ingratidão e ser autoritário.
· Não ter tolerância.
· Impaciência, preocupação.
· Mentir (cuidado, esta é muito perigosa).
· Uso de drogas (contamina muito o corpo astral).
· Ruído, algumas músicas como Rock pesado.
. Alguma pessoa que esteja enfurecida e prepare a comida pode transmitir Imperil (porém, se alguém prepara a comida com amor, não só nos beneficiamos do alimento como também de outros elementos, que não estão no plano físico e que são curativos).
. Comer enraivecido (melhor não comer).
. Por um olhar com maus pensamentos.

Definitivamente temos que aprender a sobreviver em um ambiente contaminado pelo Imperil e assim poder ajudar à outras pessoas que vivem nestes lugares.

É por este motivo que temos que aprender a sermos limpos, até o dia em que possamos fazer como Jesus, os Santos ou os Mestres que caminhavam entre as pessoas e ambientes contaminados, sem serem afectados.

Por Roberto Dalpiaz Rech

FONTE: http://stelalecocq.blogspot.com/
Imperil vem do substantivo “imperilment” [perigo, risco] e do verbo “to imperil” [arriscar, colocar em perigo].
Anúncios

9 pensamentos sobre “IMPERIL – O QUE É?

  1. Olá Ivo, peço desculpas por não poder ajudá-lo.
    Não sei de nenhuma literatura a respeito. Li esse texto, achei interessante e resolvi postar, mas é só.
    Se você conseguir mais alguma coisa sobre o assunto me avisa, tá?
    Fique na luz.
    Beijos em seu coração.

  2. Tenho muito interesse em estudar mais sobre o Imperil. A primeira vez que li sobre o Imperil foi há muito tempo num livro da Editora Pensamento, que se perdeu. Lá descrevia-se exercícios para evitar que essa energia viesse a nos envenenar. Lá também haviam outras práticas para recarregar o corpo com a Energia Psíquica. Você teria sugestões de leitura semelhantes à que descrevi aqui?
    Faço Yoga e meditação há muitos anos, na realidade sempre fiz, mas nos últimos 15 anos pratico diariamente com orientação da Seft Realization do mestre Paramahansa Yogananda. Gostaria de rever aqueles conhecimentos.

  3. No mundo dualista, podemos nos sentir vitimas ou agressores. Normalmente assuminos uma posição de vitimas o que não é bom. Ser vitima é estar na revolta e na irritabilidade constante. Já na posição de agressores, nos sentimos incomodados com todos e com tudo. Mas, de certa forma é bem melhor a condição de agressores.
    Ser vitima é abrir o nosso íntimo para todas as vicissitude das circunstâncias diárias. Já agressor nos coloca sempre em eterno alerta contra tudo que venha a se colocar no nosso caminho.
    Qual o melhor antídoto, para não sermos nem oito e nem oitenta? Primeiramente é desenvolvermos a autoconfiança. Se estamos conosco e vivemos conosco, o que estiver no nosso raio de atuação, sentira a nossa fortaleza. Ninguém atira pedras numa arvore que não dá frutos! Já o comportamento antagônico exige, muito mais, pois devemos ter consciência de que somos parte de um todo.
    Lembro de um velho ditado que diz: ‘Devemos aprender a conviver com Deus e o Diabo. Com Deus nos aprendemos e com o Diabo ….. ensinamos. Ambos, portanto são primordiais, como forma de nos situarmos, nas encruzilhadas da vida.
    Abraços e firmeza para todos – Luiz Soares

  4. A primeira vez que li a respeito do imperil foi em uma obra de Ramatís, mas era um livro emprestado e fiquei muito curiosa a respeito. Principalmente porque naquele tempo eu era uma pessoa muito irritada, e irritável. Qualquer coisinha minúscula que não saísse como eu queria era motivo para mim ficar irritada. Pense numa coisa horrível que é uma pessoa estar irritada da hora que se levanta da cama até a hora que se deita novamente? Ao ler sobre o imperil naquele tempo fiquei um pouco mais alerta.

  5. Olá Wendelmaques!

    Na realidade o que está acontecendo é o nosso processo de ascensão, bem como o do planeta Terra, e isto vai levar algum tempo ainda porque estamos passando por ele de acordo com as nossas condições pessoais.

    Isto acaba nos fragilizando, cada vez que fazemos algumas limpezas internas e não as aceitamos naturalmente, acabamos nos irritando.

    Tem também o fato de que as pessoas estão cada vez mais servindo de espelhos para nós e já não estamos conseguindo esconder o que não queremos ver e isto também nos irrita.

    Mas está tudo bem, com o tempo tudo vai passar. Tenho preferido me manter sozinha mais tempo também, o que considero normal, já que temos que entrar em contato com a nossa essência espiritual, precisamos de um pouco mais de isolamento para conseguirmos isto.

    Tenho gostado de ter minha companhia mais constantemente e para ser sincera isso me faz sentir mais segura em todo este processo.

    Fico feliz, meu amigo, que esteja crescendo como ser humano e se descobrindo como ser multidimensional.

    Saiba que você não está sozinho nesta jornada.

    Fique na luz.

    Beijos em seu coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s