EXISTE UM MOVIMENTO EM TUDO NO UNIVERSO

image

Existe um movimento em tudo no Universo.

Em todos os momentos, em todos os níveis do seu Ser, a energia está se movimentando.

Não existe nada parado. A vida é sinônimo de movimento. Mesmo quando você considera que a sua vida está parada, que coisas externas não estão acontecendo, isso não é real.

Todos os dias, em todos os momentos, em todas as horas, grandes transformações estão acontecendo. Porém, é preciso que você dê espaço para que estas transformações se mostrem em sua vida.

Abra o espaço. Se permita ver o que acontece com você, se permita ver o que acontece a sua volta.

Algumas pessoas se fixam em objetivos. Algumas pessoas criam, para si mesmas as suas respostas, aquilo que querem ouvir. E com isso, não conseguem escutar aquilo que o Universo está falando com elas.

Há de se ter flexibilidade. Há de se ter movimento. Há de se expandir a consciência para que outras formas de viver cheguem até você.

O Universo está em expansão, mas, esta expansão precisa acontecer em você e na sua vida. E muitas vezes, essa expansão, essa transformação tira você do seu controle, tira você daquele lugar que você conhece.

Em tempos antigos, os homens aprenderam que para a terra brotar os frutos saudáveis e saborosos, era preciso fazer um movimento no plantio. Era preciso experimentar um lugar diferente, uma outra terra, com outras sementes. E assim, também é a vida de vocês.

É preciso sempre buscar inovações. É preciso buscar transformações. É preciso permitir que venham pessoas novas na sua vida. É preciso permitir que ciclos se fechem, para que outros ciclos possam se abrir. É preciso que abra a mente para que transformações aconteçam.

Os dias não são iguais. As noites não são iguais. E o tempo de vida na Terra, de cada um de vocês, também não é igual. Então, há uma urgência em experimentar coisas novas, aprender coisas novas. E usar a sua encarnação na plenitude das suas capacidades.

Não vivam pouco, vivam muito. Corram riscos. Se transformem, se movimentem. Façam coisas que nunca fizeram. Experimentem coisas que vocês nunca experimentaram antes.

O Universo é dinâmico, o Universo está cheio de transformações. E vocês estão vivendo esse tempo de transformações, de curas, de abertura e do novo. O tempo urge, porque é momento de mudar. É momento de fazer diferente. É momento de ousar.

Façam como os pássaros, que se soltam e acreditam no poder de suas asas. E façam, se esforcem, continuem voando, continuem permitindo que a vida se transforme.

O movimento é uma força constante de oportunidades. Se as oportunidades não vêm até você é porque você ainda não se movimentou o suficiente.

Abra as asas e permita que a força espiritual te conduza num movimento de cura, expansão e libertação.

Eu Sou Saint Germain. E venho, trazendo a força da Chama Violeta, para a mudança dos karmas. Essa transformação kármica, essas aberturas que o Planeta atravessa acontecem através de uma profunda conexão.

Há uma energia externa, mas, há uma energia interna – um fogo ardendo no coração de cada um de vocês. Então é preciso aceitar esse fogo e é preciso permitir que a mudança aconteça. Mas, não mistifiquem a mudança meus filhos, não transformem as mudanças em verdadeiros cavalos-de-batalha.

As mudanças podem ser simples:

Se você não arruma a sua cama todos os dias – arrume a sua cama amanhã.
Se você não cumprimenta as pessoas que passam por você, se não sabe dar um sorriso, se não sabe ser gentil com aqueles que estão a sua volta – comece fazer isso amanhã.
Se você tem um mau vício, se você bebe, se você fuma; se você come comidas exageradas ou de nutrição infeliz – deixe de se alimentar dessa forma.
Se você não faz exercícios – faça exercícios.
Se você não estuda o suficiente – estude o suficiente.

Você deve dar a base, para que toda a transformação espiritual elevada se faça.

Se você tem maus hábitos mentais, pensamentos negativos, raivas, dores… Envolva-se em curar tudo isso. Você é a base.

E assim, a transformação vem. E assim, a transformação acontece. Em cima de você, dentro de você, no seu próprio karma. Mas é você, como dono de sua casa, que ascende as luzes do lado de dentro.

Nós podemos iluminar vocês, com todo o nosso amor, com toda a nossa luz. Mas, se você não se abrir para que essa força penetre à sua casa, a mudança não chegará.

Recebam as nossas bênçãos e a nossa luz. E sigam no caminho da fé, da harmonia, e em paz.

Neste momento, nós estamos projetando no Astral, o símbolo da Cruz de Malta e a Flor de Liz.

Recebam essas emanações, acolham essas emanações, e vibrem amor e luz em suas vidas.

Paz.
_____________________________________________
Fonte: mariasilviaorlovas.com.br 
Data: 13/04/2016
Canal: Maria Silvia P. Orlovas
Local: Espaço Alpha Lux

EXPANDIR O FEMININO DIVINO

image

Mensagem de Kara Schallock
25 de abril de 2016  

 
Embora a fusão do Feminino Divino e do Masculino Divino seja importante para o equilíbrio, agora, o Feminino Divino exige atenção, apoio e carinho. Lembrem-se de que o Feminino Divino é a Fonte e possui as essências do receber, do ser, do permitir, do fluir e de outras qualidades yin. Conforme honramos o nosso Feminino Divino, ajudamos a elevar a nossa consciência e a consciência global, porque a vibração e o Poder da Fonte/Feminino Divino estão aumentando, e à medida que nos concentramos em ser o Feminino Divino, ajudamos a trazer a sua consciência para a Terra. Prestem atenção a quem vocês atraem agora; eles estão reagindo à sua Fonte de Luz do Feminino Divino e os reconhecem como os que conduzem os Códigos Anímicos da Fonte, de modo que eles possam despertar e /ou conceder o poder aos códigos dentro deles mesmos. Aqueles que lhes são atraídos, não lutam com vocês nem resistem à conexão; não há empurre/puxe envolvido. Não há tentativa de controle ou de envolvimento de emoções baseadas no medo, porque o fluxo é a maneira do Feminino Divino.

Uma nova frequência está nascendo em todos; é uma atualização do Feminino Divino. É por isso que tantos estão conectados às portadoras dos aspectos do Feminino Divino (Mãe Maria, Maria Madalena, Isis, Laxmi, Kali, Athena e muitas outras de todas as culturas. Há aqueles cujo caminho é despertar e fortalecer as linhas leys do Feminino Divino por toda a Terra. Claro, todos os seres carregam os Códigos da Fonte do Feminino Divino internamente em certos graus.

Percebam que se vocês se sentem esgotados e não tendo nada a ver com esse trabalho de elevar a vibração da Terra, isso é simplesmente uma indicação de que vocês entraram em uma nova etapa. Vocês podem se sentir muito na posição intermediária, e não saber quais os próximos passos. Isso exige que vocês liberem e fiquem bem, por estar fora de controle e sem direção. É o Feminino Divino funcionando em seu interior. Uma vibração nova e muito mais elevada está nascendo. Quando isso acontece, o que é diferente para cada um, as coisas finalmente se arrumam e pode não ser nada do que vocês esperam. Claro! É o Novo! Não estivemos aqui antes e isso não é simplesmente uma continuação ou uma alteração do antigo. Todavia, só pode ocorrer, se vocês liberarem e deixar que aconteça o que está acontecendo plenamente (ou não acontecendo) atualmente. Fluam. Sejam. O seu intelecto não possui as respostas; só conhece o passado. O ego separado pode querer agarrar-se ao antigo e familiar, portanto, meditem e convidem, de maneira efetiva, o Feminino Divino para si, a fim de ativar e capacitar quaisquer Códigos da Fonte que estejam latentes internamente.

Sejam pacientes, porque, conforme vocês sabem, isso não acontece instantaneamente, porque o Feminino Divino não força. Ele é lento e suave como a água; e como a água, é poderoso… suave e poderoso. Qualquer coisa que não servir mais será liberado, como o fazem os relacionamentos que não estão alinhados com essa vibração mais elevada. Sua sensibilidade provavelmente aumentará, assim como a intuição. É também importante que vocês se cuidem. Pode haver momentos, certamente, em que vocês não estarão motivados a fazer nada. Isso pode, obviamente, trazer à tona emoções de culpa e antigas regras, principalmente, se “fazer” for algo fortemente entrincheirado em vocês. Vocês podem ser sem a necessidade interior de fazer?

Se vocês se sentirem completamente drenados e que não há nada na Terra para vocês, percebam que isso é uma introdução para uma mudança radical. Abril é outro mês cheio de energia. Houve enormes fluxos de Luz, principalmente durante a Lua Cheia, e ao que nos referimos como o Dia da Terra (22 de abril), quando um importante Portal do Feminino Divino se abriu. Tomamos consciência de que antigas crenças e padrões ainda estão operando no subconsciente. Embora possam ser mais difíceis de identificar, porque estão abaixo da superfície, vocês os reconhecem, em virtude do que a vida lhes exibe. Quer possam identificá-lo, quer não, eles ainda estão criando em sua vida. Vocês podem liberá-los mesmo que não consigam nomeá-los. Caso se sintam deprimidos, vocês podem estar liberando alguma antiga aflição, que esteve alojada em suas células durante existências. Conforme nos transformamos, ficamos tão fortes quanto sensíveis. Permitir a vulnerabilidade, que é a honestidade plena, consigo e acerca de si mesmos, faz com que o seu coração se abra mais. À medida que o seu coração se abre mais, vocês fortalecem a sua Alma e caminham mais plenamente para a autenticidade. Se vocês escondem quem vocês são, por quê? Vocês estão seguros em ser vocês. Vocês não precisam da aprovação externa; de fato, se precisam agradar os outros, por não serem vocês, podem considerar deixar isso de lado. Isso não lhes serve, nem serve aos demais. O Feminino Divino lhes pede para ser Tudo quem vocês são… de modo aberto, honesto e sem desculpa.

Quando se tornam fortes no Feminino Divino, vocês abrem o seu coração e criam um espaço para que o Masculino Divino entre, para apoiar e equilibrar. Lembrem-se, o Masculino Divino é interno.

Vocês estão prontos para receber a própria informação, e a maioria de vocês já o fazem. Há aqueles, de fato, que afirmam o que vocês já sabem. Como sempre, sejam seletivos acerca do que e quem vocês acolhem em seu espaço, porque vocês são a autoridade decisiva. O discernimento não é intelectual: é uma Essência da Alma, e é sentido. O que vocês recebem em meditações, em sonhos e símbolos são a própria orientação. O que pode ser útil, é manter uma caneta e papel perto de vocês, quando meditam e peçam para receber; escrevam ou desenhem as suas impressões. Podem não fazer sentido no início, no entanto, se continuarem com essa prática, tudo ficará mais claro, com o tempo.

Nesta nova etapa da Ascensão, as coisas serão mais fáceis visto que muitos deixaram de lado a luta e a resistência. Isso é devido a suas escolhas, seu trabalho de liberação, e é um sinal de que o Feminino Divino está forte em vocês. À medida que vocês fluem, tudo fica mais fácil e vocês mais leves e mais suaves. Este é o momento para assumir o caminho da não resistência, já que não se trata de simplesmente voltar para o antigo conforto. Deixar de pressionar e de ter que fazer algo. Permitam e sejam. Desta forma, vocês são conduzidos na Graça para onde for melhor para vocês, mesmo que isso seja para ver mais o que precisa liberar ou integrar. Confiem na Graça.

Eis algo divertido para fazer… fechem os olhos e deixem os seus braços e suas mãos brincarem com a energia, movidos pela energia. Eles podem se movimentar para diferente partes do corpo ou podem criar uma bela dança. Após isso, deixem o seu corpo fazer o mesmo. Isso é permitir que a Luz os movimente de uma maneira física e integre os códigos de Luz em suas células. Apenas brinquem com liberdade e fluidez.

Nesta nova etapa, percebam conscientemente que vocês não fazem mais parte de uma antiga matriz. Pode haver determinadas coisas que vocês ainda fazem, como pagar contas, mas se vocês olharem detidamente, vão ver o quanto mudou. Vocês veem tudo e veem/sentem a verdade ou inverdade. O seu estilo de vida mudou para ser mais autêntico. Vocês sabem o que é bom para vocês; o que mantém a sua vibração elevada e o que não o faz. Vocês possuem mais clareza acerca do que estão criando e estão assumindo mais plenamente a responsabilidade de criar tudo em sua vida. Vocês estão se vendo e aos demais de modo mais claro e estão gastando mais tempo no Novo Agora. Sim, vocês estão se tornando cada vez mais cristalinos (claros como cristal) e multidimensionais; vendo as coisas de todos os ângulos e não apenas de um ponto de vista limitado e unidimensional, próprio do ego separado.

Vocês estão ficando mais alinhados com a Alma. Estão se tornando mais compassivos, sem a necessidade de salvar ou atacar. Vocês estão liberando a necessidade de compreender o que, por que, onde, quem ou como. Vocês estão abrindo mão de mais resistência e rendendo-se ao Que É. Lembrem-se também de que à medida que se elevam em Amor, qualquer dor persistente (mental, emocional ou física) pode parecer que esteja piorando um pouco; visto que isso é como obras completas (como as antigas versões, traz com ele as velhas toxinas). Confiem e saibam que tudo em sua vida é para a sua evolução mais elevada. Confiem na Ordem Divina. Conforme se elevam em vibração, vocês podem também ter experiências, visões e sonhos que intelectualmente podem não compreender. Está certo; vocês não precisam saber dos motivos por trás de nada. Simplesmente permitam. Observem. A propósito, tentar é basicamente a mesma coisa que resistir. Como disse Yoda: “ Você ou faz, ou não faz…”

Se procurar prova do Novo no velho mundo, vocês podem achar que nada mudou. Oh, mas mudou e está mudando! Ver as coisa como negativas, pode mostrar-lhes onde vocês mantêm o julgamento e a dualidade internamente. Tudo depende de sua perspectiva. Conforme vejo “lá fora” de modo desapaixonado e definitivamente vejo como as coisas estão mudando. Lembrem-se de que, quando as coisas mudam, elas podem desintegrar-se primeiro, e certamente, estou percebendo isso em todos os aspectos da vida na Terra. Quando olham mais de perto, vocês conseguem ver o que eu vejo; tudo depende do que vocês escolhem ver. À medida que se concentram no Amor em evolução, isso é o que vocês veem e criam. Quando colocam a sua energia no que está se desfazendo, vocês ficam apegados a esse vórtice. Estamos criando uma realidade mais elevada com base no Amor. Claro, é a sua escolha ficar com o medo ou com o amor.

Gostaria de lembrar-lhes também que, se vocês se sentirem bloqueados, podem se render a esse momento tranquilo, em vez de resistir, lutar ou julgar. Falei sobre isso na última Nota de Ascensão e percebo que isso ainda está afetando a muitas pessoas. Dizer que se está bloqueado é criar mais “bloqueios” . Portanto, liberem e deixem acontecer. Não precisamos estar constantemente nos movimentando e produzindo; isso é do velho modo de ser. Sejam gentis e amorosos consigo mesmos. Honrem o lugar em que vocês estão e saibam que coisas incríveis se revelam quando vocês estão tranquilos. Não há nada a fazer, senão Ser. Não se preocupem; vocês não serão deixados para trás! Vocês são amados e vocês são o Amor.

-…..—==IoOoI==—-…..-
 
Direitos Autorais: Kara Schallock
Site original: http://www.soulsticerising.com

Tradução de: Ivete Brito – adavai@me.com
https://adavai.wordpress.com/2016/04/26/expandir-o-feminino-divino-250416/

O PROCESSO ALQUÍMICO DIÁRIO DA ASCENSÃO

image

ABR252016

Cientes ou não, todos estão envolvidos na atual mudança dimensional superior de consciência na Terra, que é a nossa ascensão. Tudo está interligado pela consciência, e o fluxo subjacente para as dimensões superiores. Gaia centrou-se na 5ª dimensão e está convidando toda a vida para se juntar a ela lá. Pode soar um pouco “lá fora” para alguns, mas quando você examinar totalmente, vai descobrir que cada pensamento, emoção e sentimento, na verdade cada ação em sua vida está sendo influenciado pela interação da mudança. Você está fazendo escolhas alinhadas com o fluxo se rendendo ao amor, ou ao controle e medo. Se você confia no fluxo do amor, então você vai evoluir, se expandir e atingir um nova maneira sublime de viver e de ser. A vida vai se tornar literalmente de tirar o fôlego…

Sintonizando-se Com o Rio da Vida

Toda a matéria tomou forma através da consciência e ainda segue interligada a ela. Conforme aprendemos através da física quântica. Sabemos também que existe uma força ordenada subjacente que atrai elementos da consciência em estados harmônicos mais elevados. Pode parecer esotérico, mas este fluxo subjacente é o Rio da Vida e pode moldar as circunstâncias da nossa vida de maneira profundamente positiva, fornecendo naturalmente o que estamos ouvindo.
O problema é que a maioria das pessoas não ouvem, ou então ouvem apenas parcialmente. E frequentemente o fluxo é desviado pelo pensamento contraditório e negativo, a maioria das pessoas têm sido condicionadas através de uma lavagem cerebral a viver de acordo com o sistema de controle baseado no medo. Precisamos ajudar o maior número possível de pessoas a se libertarem dele.
Porém nem sempre é fácil, não é ? Mesmo se você acordou, percebeu a abordagem mais benéfica e se rendeu a ela, ainda existem tantas seduções fulminantes para retornar a ilusão. Isto ajuda muito a compreender verdadeiramente o processo alquímico da própria ascensão. Porque quando você fizer isso, vai facilitar cada decisão e escolha que você venha a fazer. Ajuda você a se expandir para fora da densidade inferior.

Confrontando a Dor da Existência

Considere que dentro de você existem basicamente dois fluxos contrastantes de influência e informação: Existe o condicionamento da sociedade que basicamente faz com que você se identifique com a fisicalidade da vida, a limitação ligada ao cérebro. Fazendo com que você se esforce e lute pelas coisas que você supostamente deseja obter.
Inadvertidamente você já está decidindo que é físico, apenas físico e precisa de coisas, principalmente físicas para se sentir realizado. Em suma, você está sintonizando sua consciência com a densidade inferior. Se você prestar atenção, pode até sentir no seu interior a dor da existência.
Nesta dor do apego porém, existe um fluxo de alma em seu núcleo, é por isso que nós chamamos os apegos de “distorções” , porque os behaviorismos são apenas distorções da verdade. Como por exemplo a necessidade de algum tipo de droga leve, como o álcool, cafeína ou nicotina, escondido no fundo está o desejo de ativar a expansividade descontraída da alma.
Esta integralidade expansiva já está no nosso interior. Você pode optar por estar lá agora e cada vez que você fizer isto, a dor e o sofrimento vão se dissolver.

Explodindo o Mito do Sofrimento e da Limitação

A boa notícia é que você pode estar neste lugar expandido da alma o tempo todo. Você pode vivê-lo em todos os momentos, que é o objetivo de estarmos aqui: Para libertar a nossa alma, mesmo na mais desafiadora das densidades. Você apenas tem que superar toda a resistência e barreiras internas que ficam no caminho. Como você faz isso ?
Em primeiro lugar, não é se distancie dele. Isso só cria negação. Você pode criar uma bolha temporária de amor e luz, mas com certeza vai estourar no primeiro sinal de alguma densidade inferior séria.
Para explodir o mito do sofrimento e limitação é preciso tornar-se profundamente íntimo com ele, vá para o coração dos seus medos. Em meio a esta situação, você vai ser capaz de localizar sua dor, seja ela física, emocional ou psicológica. A reação imediata é a de afastar a dor para curá-la com alguma solução rápida. Mas isso é autodestrutivo, porque simplesmente vai acumular mais camadas de negação e resistência ao fluxo que tem em vista os seus melhores interesses.

Assuma a Responsabilidade

Então, ao invés disto, trabalhe para reconhecer a dor: Seja a falta de auto estima, sentimento de inutilidade ou ressentimento. Talvez você esteja julgando os outros ou projetando a sua culpa ? Identifique o que é e assuma o controle, assuma a responsabilidade. Este é o verdadeiro caminho para a capacitação.
Quando você sentir a dor, trabalhe nela, expresse-a para o mundo, peça ao Universo “mostre-me !” Será claramente mostrado onde você está anexando, através de sinais e sincronicidades que serão refletidos de volta para você.
Em seguida você tem uma escolha: Ignorar e continuar como sempre. Ou parar, ir direto ao coração da contração, trabalhando para liberar o anexo e, assim, sentir ele se desenrolar. Em seu lugar, fluirá um novo aspecto do verdadeiro Eu, da alma, que está ligado ao Rio da Vida.

Leveza é Uma Escolha

Quando você seguir este fluxo conforme a orientação do coração, então progressivamente se sentirá mais iluminado, mais leve por dentro. Você estará em expansão no seu interior. Você estará ascendendo, literalmente dentro de si mesmo.
O seu mundo vai mudar progressivamente para refletir essa leveza. Tenha em mente que estamos atualmente vivendo em dois mundos e não em um. Então você estará seguindo para testemunhar o reflexo em ambos: A densidade inferior que você está deixando para trás e se afastando e o novo mundo da interconectividade e sincronicidade divina.
Você vai se sentir mais leve e mais expandido, você vai testemunhar o reflexo disto, um caminho de luz vai se desenrolar a partir dele, tecendo o seu caminho através da densidade inferior rompendo tudo ao seu redor. Você pode escolher com o que se identifica.
Por favor, entenda: Eu não estou dizendo para ignorar a densidade inferior e fingir que ela não existe. Eu estou encorajando você a trabalhar as resistências que você possa ter na densidade inferior, avançar e abrir um caminho de luz através delas. Se mantendo sintonizado com a luz até chegar ao próximo caminho denso e trabalhar ele mais uma vez.

Se Descobrindo – Sentindo o Seu Interior

A alma infunde o corpo/mente como uma mão na luva. Às vezes, ela se identifica com a luva e assim assume a densidade. Isso aconteceu com a humanidade em geral o que criou o espelho incrivelmente denso que assistimos ao nosso redor.

A chave é se sentir dentro da “luva”, se descobrindo através dela, sentindo o seu interior, desenrolando a fixação e a limitação, trabalhando a sua consciência sobre ela. A partir da qual, a alma se liberta e sobe como uma pomba para as frequências mais elevadas.
Este é o processo alquímico diário para a ascensão. Isso acontece em todas as “pequenas” circunstâncias de sua vida: O que faz você se sentir apertado ? O que o faz você se retrair ? Aonde você segue inconsciente ? Se você pode identificar a padronização refletida para você, então você pode usar este momento e se descobrir através dele, mantendo a leveza da alma em seu lugar.

Encontrar-se Voando

Eu disse que era fácil ? Fácil não é. Se fosse, todo mundo estaria fazendo isso !
Mas com o compromisso da prática diária e persistência, você pode avançar e se libertar. O que é importante para você em todos os momentos ? Onde está o seu foco ?
Considere que esta antiga realidade do mundo está caindo aos pedaços. Então, porque comprometer a sua lealdade com ela ? Porque não se afastar progressivamente para fora da ilusão do sistema através da investigação interna profunda.
Inicialmente parece que você vai estar caindo. Você estará deixando de lado tudo o que conquistou. Você pode ser golpeado por um tempo. Mas em seguida, se houver compromisso com o processo alquímico, você estará virando para frente e se encontrará voando.
Vamos. Agora é a hora. O que mais está lá, senão todo o seu Universo interior !

Namastê
©Open
Origem: openhandweb
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

ACESSAR O NOSSO PODER POR NOS CONSCIENTIZAR DA ILUSÃO RETRÓGRADA

image

Por Natalia Alba
24 de abrl de 2016
   
 
Meus amados,

Estamos em um limiar muito importante neste ponto de nossa jornada ascensional – ao refletir o nosso caminho atual e as criações de nossa alma, enquanto continuamos cultivando as novas sementes que plantamos e que brotarão no Tempo Divino, no plano físico. É exatamente neste momento, que cinco planetas, como um reflexo do que já ocorre internamente, estão também em movimento lento, nos desafiando a que nos interiorizemos e unifiquemos aquilo que ainda consideramos fragmentado, bem como nos ancoremos, como Mestres Terrenos, que estamos nos tornando, no físico, antes de tomar decisões importantes em nosso mundo tangível, que podem não estar alinhadas com os desejos verdadeiros de nossa alma.

Como Almas em ascensão, que estão constantemente optando por integrar aspectos superiores da Verdade, agora sustentamos uma compreensão mais elevada do que os períodos retrógrados realmente significam para nós, visto que sabemos que nenhum planeta pode realmente se tornar retrógrado, e que é apenas nossa visão limitada, a partir da Terra, e portanto, não tememos, mas agradecemos por esta oportunidade cósmica de visualizar desde uma perspectiva mais ampliada o que estamos criando, moldando e manifestando a partir do nosso interior, primeiramente. Isso não significa um período de inatividade ou estagnação. Lembrem-se de que tudo que imaginamos, torna-se uma realidade imediata nos reinos invisíveis, como tudo o que optamos por alimentar com nossa intenção se manifesta e permanece em nosso vórtice até que decidamos trazê-lo à forma.

Não há nada que não seja tão real quanto o que podemos perceber com os nossos olhos humanos, visto que tudo que já criamos internamente, existe e ainda vive em algum lugar deste vasto Universo. Apenas pedimos, neste momento, para interiorizar-nos, ir além de nossa perspectiva humana ilusória, e obter mais clareza acerca da autenticidade de nossas visões internas, antes de acessar um novo ciclo sem a orientação adequada. Uma vez que estamos agora experimentando um plano humano denso, que não apoia todas as nossas criações acontecendo simultaneamente.

Desse modo, devemos ser pacientes até termos uma visão mais ampla do todo, bem como ser cuidadosos o suficiente para não agir de modo impulsivo, visto que o nosso self humano vive em ilusão, e o que ele cria não pode ser o que a nossa alma verdadeiramente deseja para o benefício de Todos. É por isso que no momento em que os nossos desejos interiores estão prestes a florescer, ao mesmo tempo em que continuamos caminhando entre as nossas sombras interiores, unificando e liberando o que for necessário, temos tantos planetas retrógrados, como lembretes de como é importante dominar a arte da cocriação consciente em nosso plano humano, antes de manifestar à revelia.

No momento, temos cinco planetas retrógrados: Marte, Plutão, Saturno, Júpiter e Mercúrio em 28 de abril. Cada um deles representa um aspecto nosso, que deve ser acolhido – e integrado – se necessário. Queimar antigas pontes, curar lutas internas e direcionar todo o nosso fogo e poder internos – em não lutar com nós mesmos e com os outros – mas em honrar quem somos e a nossa experiência humana – sentindo-nos altivos e seguros em nossa verdade – antes de expandir para novos horizontes. Render-se e cessar toda atividade mental a fim de ver e aceitar claramente o que É, assim como para onde estamos indo em nossa jornada única.

Saturno, o planeta do poder, retrógrado, ensina-nos a ser responsáveis pelas próprias criações e nos oferece um período para autocura, assim como para refletir acerca de nossas criações antigas, visto que, do contrário do que alguns podem pensar, não se trata de um castigo por nossa falta de conscientização em nossas ações passadas, mas nos faz mais conscientes do que deve ser alterado e transmutado, de modo que não se repitam os mesmos antigos padrões que não estejam alinhados com quem somos verdadeiramente e com os desejos de nossa alma. Ao ficar Saturno retrógrado, nos é concedida a dádiva de nos tornar testemunha de toda nossa experiência de vida – passada e presente – e assumir total responsabilidade do que manifestamos até este momento.

Saturno também nos convida a examinar a nós mesmos, antes de nos aprofundar nesta nova etapa de nossas vidas. Aprendemos e integramos a sabedoria de nossos desafios passados? Curamos o que parecia partido ao nosso ser humano e o restauramos novamente, ao reconhecer que sempre somos seres plenos? Vimos além de nossa ilusão humana o que verdadeiramente É e aceitamos isso? Saímos da roda “cármica”, para finalmente acolher nosso criador interno e começar a manifestar resultados alinhados com a nossa alma?

Este é o momento de vermos tudo a partir de uma perspectiva mais ampla, não de uma forma linear, porque é somente quando passamos além do que nos parece real, como humanos, que conseguimos perceber se o que manifestamos foi útil ao Todo, ou se ainda temos que nos libertar das antigas correntes e começar a ver todas as limitações que nos impusemos com a desculpa de que eram estruturas necessárias para vivermos neste mundo.

Por outro lado, Marte retrógrado em Sagitário, até 30 de junho, é um período para redirecionar esta força ígnea interna, que cria nossa realidade externa, para dentro, para em primeiro lugar, nos tornarmos observadores e termos uma visão mais ampla do que realmente gostaríamos de produzir no mundo. À medida que nos conscientizamos mais de como direcionamos o nosso poder interno, compreendemos que quanto mais nos alinhamos com ele, mas cedo nossos desejos vão se manifestar, e é aí que o guerreiro (Marte) antes de agirmos impulsivamente, nos convida a nos perguntar: Estamos livres de nossas lutas internas, antes de criar novas coisas em nosso caminho, o que também vai refletir nosso estado de ser? Ou estamos primeiro com a necessidade de nos interiorizarmos e integrarmos o que ficou fragmentado? Tudo se refere ao modo como direcionamos o nosso poder e o uso que fazemos dele, mais do que apenas agir e criar o tempo todo.

Plutão, o planeta da regeneração e poder, retrógrado, ajuda-nos a prestar atenção ao nosso propósito pessoal e no processo de cura também, à medida que Plutão traz para a luz, nossas sombras internas e os aspectos do self que precisam ser curados pela transformação e regeneração internas. Isso não é algo que devemos ver como negativo, mas como algo que vai iluminar tudo o que está oculto em nosso âmago, que necessita ser acolhido e integrado com uma forma mais elevada de sabedoria. Ambos os planetas, Marte e Plutão, nos ajudam muito a nos conhecer melhor e a compreender como criamos e como direcionamos a nossa Força Vital, visto que este processo não é fácil, em absoluto, e agora temos um tempo maravilhoso para perceber se direcionamos e canalizamos de modo apropriado nosso fogo interno, e se o utilizamos de maneira sábia, ou se ainda temos desequilíbrios, principalmente com questões de autoestima e de confiança.

Júpiter, o planeta da expansão, retrógrado, convida-nos a examinar nosso crescimento pessoal, e a discernir acerca de todos os aspectos de nossas vidas, em que não estamos experimentando uma expansão natural, principalmente naqueles relacionados com o lado material de nosso Plano, e que devem ser avaliados neste momento. Júpiter nos recorda que a abundância e todas as formas de amor surgem quando nos expandimos a partir de dentro, deixando de lado tudo o que esteja bloqueando esse fluxo infindável de recursos ilimitados e graça em nosso ser e em nossa vida.

Júpiter também nos convida a incorporar novos aspectos de nossa alma e nos lembra de que a expansão sempre começa interiormente. Para que isso ocorra, fazer uma retrospecção interior é essencial, para que se veja, sem ilusões e apegos humanos, o que não permitimos em nossas vidas, apenas porque tememos o desconhecido. Enquanto Júpiter reside em Virgem, nos faz avaliar em que podemos ser úteis, sem nos esquecer de nós mesmos, e isso nos faz querer saber se estamos ajudando com o divino amor e a compaixão, ou se ainda estamos interferindo nos caminhos dos outros, o que pertence ao velho modo, ou se estamos finalmente percebendo que, apenas por nos modificarmos, é que podemos ajudar a Todos.

Finalmente, Mercúrio voltando a ficar retrógrado em 28 de abril, em Touro, se refere à nossa sensação de abundância e ao fato de nos ancorarmos e a nossas visões internas no físico. À medida que a roda gira em Touro, nosso desafio agora é prestar atenção ao nosso domínio terreno. Visto que é aqui que residimos, em um planeta benevolente, que nos dá todo o seu cuidado e apoio, portanto, é o momento de nos perguntar se estamos honrando-o também e se estamos nos tornando Um com o nosso aspecto que é mundano, mas igualmente divino, em vez de apenas permanecer no etéreo, construindo castelos no ar, e polarizando nossa experiência humana, por simplesmente rejeitar o nosso lado humano.

Quando o mensageiro alado visita Touro, um dos signos mais terrenos, se não o mais, de todo o zodíaco, ele nos convida a nos perguntar: Estamos criando/permitindo abundância ilimitada para nos sustentar? Estamos construindo pilares fortes que nos apoiam no físico, ou estamos ainda, ilusoriamente, rejeitando o nosso poder e esperando que as forças externas satisfaçam as nossas necessidades? Estamos criando fundações fortes em nós mesmos e em nossas vidas, que são necessárias para fazer descer e ancorar nossas experiências e criações internas em nosso plano humano? Ou estamos ainda sem ancorar plenamente nossa Essência Divina e poder? Como sempre, todas essas perguntas devem ser respondidas internamente, de modo que possamos obter uma resposta verdadeira.

Lembrem-se de que a abundância é outra forma de amor, portanto, se vocês não a veem manifestada em sua realidade física, é porque vocês criaram carência internamente, o que é sempre provocado por uma falta de amor próprio e pelo julgamento de si mesmos e da experiência de vida que vocês criaram. Mercúrio, agora, nos lembra de buscar internamente o que rejeitamos, e unificá-lo, de modo que possamos ver que, na verdade, não há nada mais do que abundância infinita, recursos ilimitados e amor para todos nós. Apenas precisamos escolher sempre vê-los e sustentar essa mesma frequência.

Está na hora de passar além das limitações que nos dizem, que apenas ascendemos quando residimos nos reinos mais elevados, quando sabemos, porque nos lembramos, que vimos para cá para ascender em uma forma física, e isso só pode ser feito quando, primeiramente, rebaixamos nossa Essência Verdadeira. Realmente, é o momento para que nos ancoremos, bem como toda a sabedoria que recuperamos, em nossa realidade humana, visto que essa é a única maneira que podemos nos tornar verdadeiros mestres do plano físico.

Abril é um mês que estabelece a frequência perfeita para iniciarmos a ancoragem de todo trabalho interno, que vimos fazendo, em nosso mundo tangível, e é agora o momento para refletir acerca de onde estamos criando abundância e onde escolhemos criar carência, isso tem a ver com Mercúrio retrógrado, visto que esta segunda parte do ano é sempre centrada em fazer coisas tangíveis – lembrando-nos de que cada ciclo possui o seu propósito essencial, para manter o equilíbrio perfeito em Tudo. É por isso que somos agora convidados a nutrir nosso domínio terreno como sendo tão iguais e tão maravilhosos como o nosso aspecto que é etéreo.

Aprendam a reconhecer os aspectos que vocês ainda estão ocultando e rejeitando, visto que provêm daí as carência que enfrentam em sua realidade física. Lembrem-se, o amor não exclui, inclui. Observem onde vocês não se amam e de onde vem essa antiga crença humana. À medida que começar a fazer isso, vocês vão começar a se lembrar de quem vocês são e por que estão aqui, e todos esses sentimentos de perda começarão a desaparecer, conforme a Luz que vocês são dissipar todas as suas sombras interiores – ao permitir toda a abundância, todo o amor e tudo o que vocês sempre pensaram que precisam e que já estavam aí, para começar, em sua experiência de vida.

Vocês são sempre completos, apenas escolheram não achar que são. Vocês são sempre capazes de se curar e de permitir a ajuda divina em seu ser e em sua vida, apenas precisam se render e admitir que, na maioria das vezes, vocês simplesmente não estavam dispostos a aceitar isso, visto que a sua mente humana é forte, e obscurece a sua sabedoria interior.

Conforme prosseguirem em sua jornada, e quando os desafios surgirem em seu caminho, lembrem-se, não estamos aqui para rejeitar a nossa natureza humana. Nem estamos aqui para nos comparar com os outros, ou estabelecer regras de como temos que viver nossa jornada ascensional exclusiva. Estamos aqui para nos permitir experimentar tudo, e sentir todos os sentimentos, conforme se apresentam a cada momento, visto que, por fazer assim é que podemos nos lembrar, nos tornar Mestres terrenos e nos abrir mais para receber.

Passem além da armadilha ilusória da sua visão humana limitada e da ilusão retrógrada, visto que o Cosmos todo é uma representação externa de todos os aspectos que nos fazem inteiros, sempre nos demostrando amor e apoio infinitos. Não há nada retrógrado dentro deste vasto e sábio Universo, senão as nossas mentes humanas. A única coisa que existe é um estado constante de expansão e de criação – oferecendo-nos a dádiva de nos interiorizarmos a fim de ver claramente o que É. Agora é o momento perfeito para nos rendermos e permitir que o nosso precioso ser de Amor/Luz nos mostre o caminho e tudo o que somos capazes de criar, se simplesmente escolhermos assim fazer, e nos tornarmos seres soberanos de nossa própria experiência de vida.

Com amor, sempre,

Natalia Alba.  
 
-…..—==I.=|__.__.=|..|=.__.__|=.I==—-…..-
 
Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com  – https://adavai.wordpress.com/2016/04/25/atualizacao-da-ascensao-acessar-o-nosso-poder-por-nos-conscientizar-da-ilusao-retrograda-240416/

HÁ LUZ NO SOFRIMENTO

image

Mensagem de Louise Hay
24 de Abril de 2016  

 
O luto é uma questão do coração e da alma. É uma experiência pessoal e nenhuma pessoa sofre da mesma maneira que a outra. É uma coisa boa lamentar a sua perda. Aceite-a e passe algum tempo com a sua dor. Quando tentamos enterrar a nossa dor, tendemos a mostrá-la de outras maneiras, tais como a raiva ou a auto-sabotagem. O sofrimento é uma parte opcional. Lembre-se: O amor nunca morre e o espírito não conhece a perda. Somos um espírito tendo uma experiência humana. A perda é uma parte natural da vida. Viemos a este mundo na forma do corpo, mas sempre vivemos em espírito.

Sua experiência com a perda e o luto é moldada pelo seu pensamento. Quando a sua intenção é terna e amorosa, é mais fácil superar o sofrimento. A tristeza se torna uma ferramenta de cura, em vez de uma forma de sofrer. Muitas vezes nos é dito que as emoções e o choro são fraquezas e que precisamos ser frios, não mostrando os nossos verdadeiros sentimentos. A força é encontrada ao expressar como você se sente. Quando sentimos a dor que vem com a perda, somos capazes de avançar de uma forma amorosa.

Escolha os seus pensamentos com cuidado, pois os seus pensamentos podem ajudá-lo a manifestar a esperança em seu luto. Seja gentil com você, e reflita sobre a perda com amor. Se você está sofrendo com a morte de um ente querido, lembre-se de como você o amava quando ele estava presente; saiba que você pode continuar a amá-lo em sua ausência. Você pode ir da tristeza para a paz. Se você está sofrendo pelo rompimento de um relacionamento, aceite que o amor que você precisava não lhe foi proporcionado e que avançar é a melhor coisa em sua vida. Permita-se ter um período de luto. Não há um fim certo para este período, mas lembre-se de manter os seus pensamentos alinhados com o otimismo.

Preste atenção ao seu pensamento, e o mude nas áreas onde você não pode encontrar a paz. Ao fazer isto, você irá trazer mais felicidade a sua vida e para aqueles que o rodeiam. Um coração partido é um coração aberto. Estas circunstâncias nos proporcionam espaço para crescimento em nossas vidas. Este é um momento para aprender a conhecer as nossas emoções. Ao fazer isto, aprendemos muito sobre nós mesmos. A dor de perder alguém é uma parte de nossa jornada. É parte de nossa autodescoberta. É por isto que é importante aceitarmos estas emoções e não enterrá-las.

A verdade é que depois de uma morte, uma separação ou um divórcio, você tenha a força para criar uma nova realidade. É natural esquecer o poder dentro de você depois de uma perda, mas ele aí permanece ainda. Não quero que você evite a dor do luto, mas que continue avançando através dele. A ternura é força. Experiencie esta dor e, então, permita que uma nova vida se revele. Uma vida onde você mantenha esta perda em memória do amor e não da tristeza. Experiências difíceis podem servir como um lembrete de que os nossos relacionamentos são um presente. A perda pode nos lembrar que a própria vida é um presente.

Sempre que tiver medo, lembre-se disto: Somente o amor é real. Deixe que o amor o abençoe, que o guie e o inspire.

Lembre-se de se amar. Você o merece. Você é um presente, querido.

Amor,

Louise Hay
 
 
Direitos Autorais: Louise Hay
Site Oficial: http://www.louisehay.com/ – Informações Pessoais: http://www.louisehay.com/about/

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

CONSIDERAÇÕES SOBRE NOSSOS CORPOS E GAIA

image

Mensagem de Ivete Adavaí Brito
22 de abril de 2016  

O nosso corpo físico sempre foi mal compreendido, e por isso, maltratado em mais de um aspecto. Penso nas religiões fundamentalistas, que consideram que tudo que se relaciona ao corpo físico é pecaminoso, incorreto e degradante. Já outras, que até têm alguma compreensão da espiritualidade além da terceira dimensão, mas que também propaga a ideia de que o corpo é meramente matéria inerte, só ganhando vida devido aos outros corpos que nos constituem, dizendo mesmo que o corpo não possui consciência, logo, não se pode considerá-lo como algo digno.

Por outro lado, temos as pessoas, que de um modo geral se fixam em demasia na estética, na forma como o corpo se apresenta, propiciando a criação dos estereótipos que observamos por aí. Corpo bom é corpo que se atém aos códigos de beleza estabelecidos pela sociedade, é o que pensam. A beleza precede a saúde, e se alguém busca trabalhar o seu corpo, não necessariamente é em busca de vitalidade, mas para disfarçar o trabalho demolidor do tempo é muito triste que um veículo de tamanha importância e magnificência, que foi concebido de maneira tão maravilhosa, inteligente e bela possa ser reduzido à aparência que exibe. Lembro-me de um salmo, escrito pelo poeta, rei Davi, em que ele diz: “Elogiar-te-ei porque fui feito maravilhosamente, dum modo atemorizante. Teus trabalhos são maravilhosos, de que minha alma está bem apercebida.” (*) Concordo plenamente com este pensamento, acho muito feliz esta declaração de uma pessoa muito sábia.

Neste ponto, eu me lembro da Terra, de Gaia, deste nosso atual lar, e não posso deixar de fazer uma alusão comparativa entre o nosso corpo físico e o planeta. Este também maravilhoso planeta que tem sido desde sempre considerado falsamente como um local rebaixado, em que só vem para cá aqueles que têm penas a cumprir, carma a pagar, que este lugar é a degradação total. Ignoram a realidade, ao fazerem tais assertivas. Não sabem, talvez, que os espíritos aqui encarnados o fizeram por livre e espontânea vontade de servir ao Criador Supremo, e que aceitaram se fragmentar, exatamente, para cumprir com esta gloriosa missão, que não é para todos, apenas para os mais corajosos e destemidos, que passaram nos testes da capacidade de materializar e que têm muito amor para compartilhar com todos.

Percebo que atualmente, muitos já estão até conseguindo “pensar fora da caixa” e se dão conta das ilusões em que estamos imersos e que precisamos refletir muito acerca dos ensinamentos tidos e havidos como corretos e definitivos, porque a verdade parece estar sempre vindo à tona, nos atualizando, fazendo com que mudemos de ideia e aceitemos novas perspectivas mais condizentes com a nossa verdadeira natureza. Não é fácil ir contra a corrente, mas uma pessoa de cada vez, um passo hoje outro amanhã e quando olhamos para trás, vemos que o número de seres pensantes, que estão se dando a oportunidade de ponderar determinados ensinamentos, só tende a aumentar.

Parece que o nosso corpo físico “herdou” de Gaia a tendência a ser maltratado, mal compreendido e caluniado. A nossa parte física é tão sagrada quanto a espiritual. Nosso universo, cheio de galáxias e de criações por nós desconhecidas não é de modo algum superior ao nosso corpo, este fiel servidor, que nos permite ter a experiência de viver em uma dimensão menos elevada e continuar trabalhando com integridade, apesar das distorções criadas a partir do envenenamento produzido pela sociedade de consumo e pelo modo de lidar com a chamada “doença”, que tem desvirtuado o sublime mecanismo do nosso corpo, anulando sua capacidade de regeneração por meios químicos, muitas vezes desnecessários. E mesmo assim, não perdemos a nossa capacidade de ser criaturas maravilhosas, cheias de mistérios e sabedoria, e este nosso corpo, mesmo que tratado erroneamente, ainda é capaz de se regenerar, assim como Gaia, que consegue se revitalizar após ter sido vitimada por catástrofes aparentemente além de recuperação.

Que possamos considerar os nossos corpos (físico, emocional, mental e etérico) com toda a dignidade que eles merecem, porque fomos feitos realmente de uma maneira assombrosa e não podemos nos deixar levar por falsos conceitos relativos ao que é bom/mau, bonito/feio, merecedor/indigno… e assim fazermos julgamentos que nada têm a ver com a verdade em que estamos inseridos em termos universais. O nosso universo interior é sagrado, o nosso corpo físico cumpre a sua missão de nos ancorar em Gaia e permitir que possamos realizar aquilo que vimos fazer ao nos encarnar aqui.

Precisamos fazer um esforço para não nos deixarmos levar pelas teorias, pelos modismos, pela sociedade tão abstrata quanto enganosa, pelo pensamento da maioria alienada… e buscarmos a nossa verdade intrínseca, independentemente do lugar em que vivemos, ou das pessoas que nos cercam. Temos que ser quem somos e não permitir que nada nem ninguém nos desvie do caminho que escolhemos, ao nos candidatar para ser um posto avançado do divino, aqui nesta Terra abençoada, com este corpo esplêndido.

Que continuemos a honrar o nosso corpo, que continuemos a honrar Gaia, que prossegue em direção ao seu lugar de direito, que lhe foi reservado desde os tempos de longa duração.

(*) Salmos 139:14
 
-…..—==I.=|=|..|=|=.I==—-…..-

Direitos Autorais: Ivete Adavaí Brito: adavai@me.com  – https://adavai.wordpress.com/2016/04/22/consideracoes-sobre-nossos-corpos-e-gaia-220416/ 

AS ENERGIAS DA ASCENSÃO DE MAIO DE 2016

image

Mensagem de Jamye Price
29 de Abril de 2016
   
 
Abril teve a ver com a interiorização e o trabalho com a base de sua existência no mundo físico orientado para a ação. Ele lhe ofereceu um pouco de clareza entre o externo e o seu ruído, com o seu foco interno de paz e de estabilidade em meio à mudança.

A paciência é um grande complemento para a paz e a estabilidade, embora a sensação de calma não fosse tão fácil de acessar em Abril para muitos. Esta energia impaciente de Áries, com frequência, quer saltar imediatamente! Em Abril, o seu salto de fé foi mais bem servido através da construção de uma ponte de ligação entre o seu coração e a mente enquanto você aprende a perceber as suas oportunidades com a graça da sabedoria amorosa.

ENERGIAS DE MAIO

Abril foi a tempestade perfeita que conduz à Maio. É bem provável que você esteve agitado com algo – desejando mais paz no mundo, mais satisfação em seu trabalho e relacionamentos, mais controle criativo em sua vida, ou menos Trump nas notícias.

Maio tem a energia da ação.

Quando eu me sentei para obter as energias para Abril, foi-me dado a palavra “ação” para Maio e “restauração” para Junho. Foi-me também dito “relacionamentos e família”. Assim, essencialmente, Maio está focado na ação e na interação (relacionamento). O eu, o mundo interior – interagindo com a Vida. Que avanço maravilhoso: Abril provocou um pouco de coragem para a mudança.

AÇÃO – Permita que a Criação informe o nosso Agora

Areon, do Conselho do Tempo, muitas vezes, concentra-se em como a sua primeira ação é interna. Quando você experiencia a vida, as informações fluem para você. Você tem respostas emocionais, mentais e até mesmo físicas. Suas respostas emocionais e mentais são informações sutis que lhe mostram as suas percepções e crenças autênticas sobre as suas experiências. Quando você permite estas informações em sua consciência, você tem a capacidade de fazer uma escolha informada. O que você escolhe é interno e sutil neste momento. Isto fala diretamente com os reinos quânticos, informando a forma. Permanecer presente, autêntico, corajoso e tranquilo é útil para mudar ou ampliar as suas futuras criações.

A observação e a escuta são formas poderosas de meditação. Elas o ajudam a receber informação que pode não ser óbvia, ou até mesmo informação que pode estar chamando o seu Amor para formar um novo futuro.

Por exemplo, ouvir aquele que é oposto a você pode ajudá-lo a compreender algo a que você esteve resistindo. Isto pode chamá-lo a focar a sua atenção em uma direção, de modo que o futuro seja efetuado por mais Amor e menos ganância, engano e repressão. Sua consciência focada, e o seu fluxo de Amor, são importantes. Geralmente, não conseguimos ver resultados imediatos. Paciência novamente.

Suas primeiras ações internas o estão dirigindo para uma compaixão imparcial que é capaz de perceber além do óbvio.

Esta é a paz que excede todo o entendimento. Com a prática, você se tornará menos reativo, menos temeroso e mais corajoso, criativo e sábio. A compaixão imparcial é um estado aberto que sabe que tudo está bem. A partir deste ponto de conexão, você é capaz de alcançar uma nova solução com a sua vibração. Isto irá inspirar a ação física que é baseada no Amor.

RELACIONAMENTO E FAMÍLIA

Suas interações são um grande motivador do movimento! Cada experiência o está chamando para mais capacitação e mais Amor. Isto cria mais Liberdade da necessidade de controlar as circunstâncias por uma sensação de segurança. Aqueles que o amam, como a família, não podem deixar de refletir os seus pontos positivos e negativos, de modo que você possa integrar um soberano com poderes que se conecta corajosamente com a Vida.

Neste mês, enquanto Maio lhe pede para entrar em ação, observe os seus pensamentos e sentimentos autênticos com os seus relacionamentos. Procure manter limites saudáveis que sirvam ao seu crescimento e partilha. Eles podem mudar ao longo do tempo, mas respeite as suas necessidades no momento e continue a superá-los, conforme for apropriado. Por exemplo, em um momento pode ser necessário manter um limite com alguém e dizer não. Em outro momento, você pode ser beneficiado por se estender na interação. A família é o barômetro perfeito de sua paz e força.

“Se você acha que é iluminado, passe uma semana com a sua família” – Ram Dass

A Família é, muitas vezes, como aprendemos grande parte de nossas percepções e crenças. Quando uma criança é pequena, o subconsciente está intensamente programável, pois ela está, com muita frequência, em um estado receptivo de ondas cerebrais. Ela também “expressa” as emoções, em vez de palavras, assim, ela está muito susceptível às emoções de seus cuidadores e familiares.

Quando adulto, estes programas inconscientes estão se mesclando com as suas decisões lógicas. É por isto que é importante honrar os seus pensamentos e sentimentos autênticos e imediatos. É fácil se você estiver se sentindo bem. Comemore isto! Entretanto, se você odeia alguém, permita que isto seja apenas informação, que é um veículo de descoberta para você. Quando você descobrir o que e por que você o odeia, irá transformar esta emoção em sabedoria e compreensão. Você descobrirá que sentiu que um limite de poder ou de segurança foi impulsionado. Esta descoberta atrai informações inconscientes (subconsciente) ao consciente e você pode curar progressivamente este medo. Você, então, descobre que aprecia esta pessoa que o ajuda a crescer.

Muitos reprimem as suas emoções difíceis porque eles não sabem que as emoções curam: eles apenas sabem que elas magoam. Eles não sentiram esta libertação do medo, esta liberdade de saber como eles são fortes, esta liberdade de ser capaz de interagir com a Vida, com a mudança e criar. Aqui chegamos ao círculo completo com as energias de Maio.

Suas ações internas criam interações benéficas.

Suas interações têm um efeito cascata que criam ações inspiradas.

Suas ações deixam entrever muito o seu futuro.

RESUMO

Em Maio, somos convidados a fazer escolhas internas corajosas e a interagir com a Vida a partir do Amor empoderado. Com tantos planetas retrógrados, a energia da ação provavelmente não está a “todo vapor”, tanto quanto está a conexão da sua cabeça com o seu coração e a interação a partir daí. Enquanto você observa as suas interações, interiorize-se e permita a reflexão para informar as suas escolhas, e, em seguida, as ações externas. É um momento perfeito para escolher se Amar. A partir daí, você cresce para tal Amor pela Vida que os desafios se tornam o estímulo para o seu fluxo criativo. Sim, você pode!
 
-…..—==I.=|__.__.=|..|=.__.__|=.I==—-…..-
 
Direitos Autorais: Jamye Price
http://www.jamyeprice.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br