AUTOESTIMA

wpid-linhasdotempo.jpeg

Luiz Soares das Terras Nordestinas.

O mundo atual ainda é infelizmente, uma grande prisão silenciosa. Seria bem melhor interpretar as causas e seus efeitos devastadores para algumas pessoas, assim espero eu.

Entre o dar e receber existe um ponto de equilíbrio, qual seja o SER. Ninguém, de sã consciência gostaria de se colocar nos extremos. Se você tem o seu desempenho de vida baseada na sua essência totalmente intrínseca, fatalmente serás considerado (a) – EGOISTA.

Não podemos e nem devemos deixar de acreditar que o antagonismo ainda perdura e haverá de perdurar por muito tempo, neste planeta de experiências que dizem respeito somente a nós. Melhor seria afirmar que vivemos e vivenciamos as nossas causas e causos interiores. Neste emaranhado, neste labirinto com uma forte pitada de inconformismo, adentramos, muitas vezes inconscientemente na falcatrua da subserviência, como válvula de escape as nossas “frustrações”.

É preciso criar, assimilar e acreditar na essência da autoestima. Neste caso a coerência nos ajuda a nos situarmos no todo; sem, entretanto nos subjugarmos ou nos sentirmos inferiores, inconformados, excluídos de um processo onde temos o poder de decisão. As pessoas vivem amarradas a conceitos espúrios e altamente deprimentes diante de uma oportunidade maior que é; e, será sempre o direito de viver na felicidade.

Muitas vezes questiono a nossa formação religiosa. Deixa a entender que devemos sempre assumir a condição de cordeiros imolados, como forma de enaltecer o status de alguém, ou de uma divindade. Em outras ocasiões lendo o desabafo que reina com o termo do abandono, do desamor, leva ou tem levado muitas pessoas ao calvário da solidão.

Precisamos entender a vida de uma forma diferente, por sinal bastante diferente. Temos duas mãos. Sabemos que uma serve para ajudar a outra. Nenhuma é mais importante do que a outra. Sabemos apenas que uma se situa à direita e a outra a esquerda do nosso corpo. Para avaliar basta amarrar uma e tentar realizar tudo somente com aquela liberta. Vai falta algo – naturalmente.

Sempre gosto do comparativo em que precisamos definir o nosso papel na orquestra da vida. Sem dúvidas existirão sempre as duas opções: ser ator ou ser plateia. Ser ator representa lutar pela própria vitória, que é enaltecida sempre, pelo seu desempenho pessoal, mesmo que na cena existam outras personagens. Ser plateia pode representar um sentimento de entender e compreender até onde pode ir os nossos limites. Mas, podemos também estar sendo traídos pelo emotivo do todo; e, para não nos tornarmos diferentes – entramos na onda!

A teoria do sistema bem que poderia nos auxiliar, nesta breve reflexão. Quantos sóis existem no infinito? Milhares! Mas, para cada um deles existem, gravitando em torno de si muitos planetas. Não importa se habitado ou desabitado. O que importa é que o sol precisa desse equilíbrio para manter a força gravitacional. Veja que escrevi – equilíbrio!

Se cada um de nós nos colocarmos na condição de estarmos sempre focados no equilíbrio, a vida muda assustadoramente de função. Surge o desapego que nos leva a nossa valorização como uma peça que pensa, sente, age e sabe formatar, com disciplina e dedicação a sua verdade. Ah! Alguém poderia dizer que o amor é uma causa ou situação genuinamente absoluta. Qual nada – o amor é relativismo puro. Ah! Outros bem que podem alegar o reflexo ou, talvez, de uma relação “amorosa”, a existência dos filhos. Ah! Alguns poderiam querer inventar a posição do lar. Ah! Que direi a minha família, aos meus amigos se isto acontecer? Ah! Como a sociedade irá me julgar em assim agir?

O fogo somente destrói se existir o oxigênio livre que o abasteça. Melhor ser, então o oxigênio livre ou o fogo que cria uma muralha altamente destrutiva para a vida? A água livre na natureza é capaz de saciar a dessedentar a sede de milhões; mas, se a possuímos dentro de um dedal, não daria nem para saciar a nossa própria sede. Mesmo assim ela continua sendo água.

Por fim e finalmente melhor se colocar na condição de compositor. Como compositor você tem a obrigação e perspicácia de saber quais acordes serão necessários, de modo que a sinfonia seja algo que inebrie os nossos mais puros sentimentos. Nem ator; e, muito menos plateia. Seja dono (a) da sua própria essência divina.

Abraços fraternos e encorajadores do Luiz Soares.

HILARION CHAMA PARA AÇÃO

image

Mensagem de Hilarion
através de Marlene Swetlishoff
16 de julho de 2014  

Amados,

É importante que cada um de vocês mantenha-se centrado e sereno, diariamente. À medida que as energias se movem em ondas sobre o planeta, elas trazem mudanças em cada faceta da vida humana. À medida que a luz aumenta fluindo para o exterior, isso dá partida ao despertar de muitas outras almas, e como vocês sabem, despertar é muitas vezes um processo doloroso que requer a assimilação de muitas verdades que não eram reconhecidas ou mesmo pensadas antes.

Vocês já experimentaram esse processo e podem relatar os profundos efeitos que essas revelações criam no interior da pessoa recém-despertada e o seu desejo de facilitar mudanças poderosas em seu mundo. Elas anseiam por fazerem a diferença, e estão querendo fazer o que for preciso para que isso aconteça.

Por causa disso, é que as suas energias estabilizadoras são tão necessárias durante esses tempos. Enviem luz para aquelas áreas do mundo que estão experimentando turbulência e desestabilização.

Façam isso sempre que ouvirem falar algo a respeito, apenas tendo um momento para enviar luz, pois ela dá assistência por muito mais maneiras que vocês conhecem.

Tudo o que vocês necessitam é a intenção e durante esse processo, peçam aos Anjos da luz para irem para esses lugares e curem essas áreas, a terra, os animais, os seres elementais e enviem luz para assistir a todas as pessoas que vivem lá.

Vocês são aqueles que estão despertos e precisam exercitar o seu poder chamando os Anjos para lhes auxiliar, direcionando-os para as áreas onde eles são necessários.

Comecem a observar a informação comunicada através das notícias da mídia, por um modo diferente, não como observadores passivos, mas como seres iluminados que podem perceber onde a luz é necessária e depois direcioná-la para lá imediatamente.

A sua ajuda feita de forma diária, à medida que vocês chamam pelos Anjos e os seus ajudantes para as áreas caóticas do mundo, ajuda muito a estabilizar essas áreas.

O que apenas é requerido é que vocês foquem e chamem as forças da luz para direcioná-las para aquelas áreas. Entendam que cada um de vocês tem um exercito de luz a seu comando e vocês podem fazer a diferença ao enviarem essas forças da Luz para as áreas voláteis do mundo quando elas são necessárias.

A sua intenção de afetar com as mais elevadas realizações, onde o seu foco estiver direcionando, irá trazer harmonia e a sua atenção para esse foco com dedicação diária, irá criar a paz final que vocês tanto desejam experimentar em seu mundo.

Enviem luz aos reinos da natureza, pois, eles são uma parte integral desse planeta.

Enviem luz para tudo que estiver sobre o seu planeta e não se esqueça de circundar os seus entes queridos, os membros da sua família, os animais de estimação domésticos com a luz branca a cada dia, todos os dias.

Circundem a sua casa, propriedades, veículos, lugares onde ocupam, contas bancárias e atividades diárias com a luz branca de proteção, todos os dias, diariamente.

Vocês são os que despertaram e vocês são os responsáveis pela área em sua esfera de influencia que pode ter muitas milhas de diâmetro. Tenham a intenção que essa esfera de influência cresça em seu raio de alcance, todos os dias, de modo que uma área maior seja coberta por seus esforços.

A intenção é tudo e vocês podem fazer isso! Sejam uma porta aberta para que a Luz de Deus se manifeste em vocês e através de vocês.

Mantenham uma visualização de algo melhor sempre, tal como um planeta grande e melhor, com Deus. Através desses anos permaneçam em sua consciência espiritual e saibam que a sua espiritualidade é o que lhe define.

Façam uma revisão semanal para fazerem melhorias em sua vida, de modo que o seu crescimento espiritual continue. Vocês já equilibraram todo o seu carma? Vocês já preencheram todos os seus contratos de alma? Vocês já passaram por seus testes e iniciações? As suas iniciações estão completas?

Essa vida é a sua ultima vida, sobre a Terra, porque essa oportunidade de experimentarem a vida em um corpo físico em um planeta de dualidade não irá mais acontecer de novo, e é incumbência de VOCÊS de assegurarem que irão completar tudo que o seu plano de alma teve a intenção de completar.

Em qualquer situação pegajosa ou outra questão que chegar, pergunte-se “ O que eu estou ensinando para mim mesmo aqui ? “Qual é a realização mais elevada que pode ser manifestada aqui nessa situação e o que eu posso fazer para que ela aconteça?”

Ide além dos sussurros do seu ego humano e olhem a sua vida de um ponto de vista elevado. Vocês querem criar divisões em relacionamentos que poderiam ser curados, tendo-se em vista um olhar especial às transgressões feitas por outros?

Vocês irão permitir que um ego orgulhoso tome o controle, criando situações de separações ? Saibam que o amor é a resposta em todas as situações e usem esse poder em cada faceta de sua existência e em seus relacionamentos com os outros.

A linha fundamental básica de ação é quanto você ama? Aprendam a amar com o amor de Deus que ama a todos de modo incondicional sem julgamentos.

Tornem-se seres iluminados que podem elevar-se acima de qualquer situação. Vejam uma perspectiva mais amorosa em todas as situações de sua vida, libertando tudo que não lhes serve mais no caminho que vocês escolheram percorrer.

Resistirem ao ser iluminado que vocês são é uma futilidade. Olhem as coisas boas em todas as coisas. Preencham o seu coração com a chama do amor e permitam que a chama cresça e expanda no mundo em sua volta.

SEJA a mudança! O jogo mudou Amigos. Vocês não podem mais sentar-se na janela relutantes para fazerem uma escolha clara. O tempo é AGORA, para se mover em direção à Luz de uma consciência mais elevada, com constância em seus corações. Isso precisa ser feito em cada célula de seu ser. Vocês são merecedores de grandes coisas, saibam que cada coisa irá funcionar e as coisas irão melhorar.

Vocês são abençoados por muito mais maneiras que conseguem imaginar. O Universo lhes suporta, lhes assiste, toda a vida lhes assiste e isso está se tornando mais evidente com o passar das horas.

Vocês são as crianças do Divino e a sua magnificência espera por sua atenção e as suas intenções. SEJAM VOCÊS AQUI E AGORA!

EU SOU Hilarion

—-…..—==II==—-…..—-
 
©2009 Marlene Swetlishoff
Esta mensagem pode ser compartilhada com outras pessoas desde que os direitos autorais sejam respeitado citando o autor e o link http://www.therainbowscribe.com/. 
Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

Tradução: Helena Renner   helenarenner@yahoo.com.br

MENSAGEM SEMANAL DE HILARION

image

Através de Marlene Swetlishoff
de 20 à 27 de julho de 2014  

As pessoas do mundo estão se unindo cada vez mais e em maior número para permanecerem nas ruas, para permitir que os líderes do mundo saibam que elas não estão querendo mais ser testemunhas silenciosas, à medida que elas observam a destruição, sem sentido das pessoas do mundo e da destruição de suas pátrias mães.

À medida que o poder se lança para criar medo nas pessoas, para mantê-las sob controle, a humanidade desperta do planeta está elevando-se em grande número para criar a mudança no planeta.

As notícias principais continuam a suprimir os relatórios dos momentuns dos movimentos dos protestos das pessoas, nas maiores cidades do mundo e isso tem sido demonstrado de forma notoriamente clara para a maioria da população do mundo.

As mentiras, as decepções e encobrimentos daqueles que estão no poder estão se tornando mais óbvias em todos os momentos.

À medida que as energias amorosas do divino feminino continuarem a fluir no planeta em maior profundidade, aquilo que não estiver em alinhamento com o amor, irá se destacar de forma gritante.

Realmente, não existe mais um lugar para esconder a atividade da sombra. Quando cada pessoa estiver com o coração preenchido com amor, ela terá a habilidade de sentir e perceber a decepção do outro. Isso é o que está acontecendo agora através do planeta.

As pessoas estão enxergando por de traz das máscaras o movimento real dos líderes e o que está acontecendo de verdade, então, a partir daí, estão demandando por verdade. Grandes subterfúgios estão acontecendo em escala inimaginável. Essas atividades demandam o despertar daqueles que estão aí para sustentarem e falarem a sua verdade, pois eles sabem que em um nível muito profundo que o tempo da escolha de se permanecerem dormindo acabou.

Os raios solares estão agora mais fortes do que antes e isso demanda que cada indivíduo deva proteger o seu corpo limitando a sua exposição ao sol e a duração de intensidade de tempo do dia. È importante o uso de óculos de sol o tempo todo que estiverem fora de casa durante o dia. É melhor sair de casa bem cedo pela manhã para aclimatar o corpo com as mudanças dos padrões climáticos.

O campo magnético da terra está mais esgotado, empobrecido, e isso requer que o corpo humano precise respirar uma maior quantidade de ar, no sentido de preencher os seus níveis de energias.

Exercícios de respirações profundas feitas diariamente são muito úteis durante esses tempos, pois, é o campo magnético que irradia energia para todas as partes do corpo através dos nervos e dos centros de retransmissão nervosa e dos seus ramos. È muito importante aumentar a força do campo magnético da pessoa para trazer o seu corpo e mente para um nível mais elevado de saúde e vitalidade.

Nós pedimos aos despertados a continuarem a permanecer calmos e sustentarem a luz durante esses tempos turbulentos. A sua luz é muito necessária agora.

Procurem e reconheçam os traços positivos nos outros em sua volta e emponderem esses indivíduos de qualquer maneira que vocês se sentirem guiados. Deem suporte para aqueles que arriscam o seu bem estar ao falarem a sua verdade e permanecerem em sua luz. Disseminem a mensagem da nova realidade da terra para todos que estão prontos para recebê-la.

É nesses tempos, à medida que vocês permanecem no olho da tormenta que vocês podem enviar energias elevadoras de compaixão e de amor e pensamentos para os seus irmãos e irmãs, à medida que eles se deparam com as revelações do processo de despertar.

À medida que cada alma experimenta a sua expressão na fisicalidade, o ato de lutar e os seus esforços revelam a cada alma, os seus dons únicos e as suas qualidades do espírito. Quando elas cessarem de resistir à escuridão das energias opositoras trazendo mais luz para o seu ser, então, a jornada de descobertas se torna uma jornada para as realidade que não estavam disponíveis para serem exploradas antes.

È importante manter a fé e manter o momentum adiante de fluir e de relembrar que o universo todo está dando suporte a cada um durante esses tempos. O repertório dos seres das dimensões mais elevadas que permanecem com cada um dos humanos despertos é maior do que antes. Aceitem o amor e a orientação que eles trazem para permanecerem em equilíbrio e harmonia. Ninguém durante esses tempos caminha sozinho.

Até a semana que vem…

EU SOU Hilarion

—-…..—==II==—-…..—-
 
©2009 Marlene Swetlishoff
Esta mensagem pode ser compartilhada com outras pessoas desde que os direitos autorais sejam respeitado citando o autor e o link http://www.therainbowscribe.com/. 
Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

Tradução: Helena Renner   helenarenner@yahoo.com.br

A CONEXÃO ENTRE ALMAS E CORACÕES

image

Anderson Coutinho   

Existe um momento em que, desapercebidamente, paramos nossos afazeres e nossos olhos (as janelas da alma) se fixam em um ponto qualquer. É o momento em que os pensamentos assumem o controle e nossa mente começa a desenhar diante dos olhos a lembrança de fatos, lugares, circunstâncias ou pessoas. Às vezes, essa lembrança cria em nós temores, outras vezes nos induz a sorrir discretamente, e em outras, somos tomados por uma estranha “saudade do que ainda não foi”. A alma – que possui o registro de tudo o que somos pelas sucessivas vidas de forma aglutinada neste corpo – então, começa a assumir o controle. Esse momento que nos remete da dureza do presente para a suavidade de um passado gracioso, sorrateiramente, começa a nos transportar para uma espécie de futuro de possibilidades, onde nossos pensamentos viajam por cenas como aquelas dos filmes em que a câmera se fixa no olhar do personagem enquanto, em segundo plano, ele vive as experiências mágicas das conexões com o outro – seja do que foi, ou do que gostaria que fosse.

Quantas não são as vezes em que nos conectamos com o outro sem nem ao menos percebermos que estamos “on line” no pensamento? Falamos mentalmente com as pessoas, proferimos discursos belíssimos no pensamento, fazemos declarações de ódio ou de amor (prefiro as de amor) supondo como seria se aquelas palavras fossem ouvidas pelo outro, ensaiamos a confabulação mais intensa simulando como seria se tudo aquilo fosse dito, ou melhor, se tudo aquilo fosse ouvido pelo outro, sem nos darmos conta que, de algum modo, e por algum motivo inalcançável à inteligência dos céticos, o outro recebe aquela mensagem na alma.

As almas mais sensíveis sabem: a sonoridade das palavras é apenas um elemento coadjuvante. O coração sente. O ódio ou o amor que envolve as criaturas (e eu prefiro o amor) se faz entender pela sua simples existência. Você já se deparou consigo mesmo(a) exercitando discursos que nunca conseguiram ser reproduzidos “na hora H” com a fidelidade das palavras ditas na “preparação”? Mas você já se deu conta que muitas vezes não é necessário que nada seja reproduzido porque a mensagem inicial foi assimilada mesmo quando você pensou estar só com seus pensamentos ensaiando o momento? O fato é que dependendo “do que” e “para quem”, as palavras do “ensaio” já foram percebidas e recebidas pelo destinatário com uma clareza que só perde para os discursos mais eloquentes e objetivos.

No momento em que nossos olhos se fixam naquele ponto qualquer e nossa mente começa a desenhar enredos de passado, presente e futuro, nossa energia emite ao universo o maior de todos os chamados: o da alma, que sem explicação aparente, ou motivo humanamente justificável dentro dos convencionalismos sociais, faz ecoar pelo cosmo os silenciosos gritos de dor ou de amor (e eu prefiro os de amor) que não conhecem distâncias, e muito menos barreiras físicas, e sempre, invariavelmente e independentemente de qualquer nível de crença, chegam até o outro.

Coração conversa com coração. A verbalização é apenas o aval para o gesto de repudio ou de aconchego (e eu prefiro o aconchego) que por um motivo “misteriosamente óbvio” faz com que você “pré-viva” todas as emoções daquele contato, antes mesmo que ele aconteça de fato. E se vai acontecer ou não, pouco importa – embora importe. Mas o que faz mesmo a diferença é saber que quando você se conecta ao coração do outro, olhar no olho e se fazer ouvir com a voz, é apenas uma forma de registrar na história aquilo que os corações já sentiram, seja um manifesto de violência ou de amor (e eu prefiro os de amor).

As almas se conhecem e conversam entre si. E aquilo que você emite, invariavelmente chegará ao outro. Um tapa na face, ou um abraço interminável, são apenas formas de nos certificarmos conscientemente de algo que no plano astral, já se manifestou. Sua violência tresloucada ou sua inexplicável sensação de simpatia vai envolver o outro. Talvez ele tenha menos sensibilidade para perceber, talvez tenha mais, mas independente disso, o espírito sempre saberá perceber aquilo que as palavras não conseguirem – ou não puderem – verbalizar.

Eis o mistério mais belo dos encontros e reencontros: quem os vive, os sente, sem precisarem de “provas”.

Anderson Coutinho é Palestrante, Reikiano, Apometra, Aplicador Magnético, Numerólogo, Astrólogo, Praticante de Viagem Astral, Guardião da “Chama Trina da Liberdade” na Grande Fraternidade Branca, profundo admirador de Ramatis e do “homem” Chico Xavier. Mestre de nada, sábio de coisa alguma. Alguém como você, que chora, que ri, que vive!
Lido 14313 vezes, 133 votos positivos e 2 votos negativos.   
E-mail:andersonbhz@terra.com.br

O PORTAL DO NÃO TEMPO

image

Mensagem do Mestre Sananda
Canalizada por Elsa Farrus
Em 14 de julho de 2014  

 
Querida menina, sou Sananda.

Este é um comunicado a nível de integração da energia destes dias.

Vocês estão no período mais lindo e mais tênue.

Ou seja, vocês estão em plena ebulição de seu contato com o não tempo, por isso sentem tanta agitação e necessidade de que se respeitem seus tempos, pois em alguma parte de sua sensibilidade vocês sentem que o perdem, que ele escapa se o gastarem mal…

É muito engraçado porque o que não existe não escapa, mas sim é muito bonito ver que vocês tomam consciência de que o tempo traz grandes oportunidades de crescer como seres vivos, de experimentar e de multiplicar a vida.

É um grande indicativo de como já estão escutando sua autêntica essência.

Agora mais do que nunca as pessoas que não desejam o equilíbrio em suas vidas estão agitadas, profundamente agitadas, porque elas sentem que vão fazer alguma coisa e não querem.

Por isso é tempo de uma grande compreensão com os ataques de ira dessas pessoas, pois não é maldade, é medo, seu esforço para esconder seu medo da mudança e o que ela implica se transforma em ira.

Quando isso acontece, afastem-se perante a primeira palavra má, gesto, etc., afastem-se pedindo internamente para que a luz abençoe o bem nesta situação.

Deem qualquer desculpa e saiam de cena.

Não tentem convencer ninguém, nem demonstrar, apenas afastem-se, deixem que a energia entrante mostre que há um caminho além de seus medos.

Não vocês.

Por isso, ao abençoar a situação vocês estão abrindo o canal para que entre mais energia-luz.

É tempo de uma grande integração, é engraçado dizer isto, porque estou justamente lhes dizendo, é tempo do NÃO tempo, mas é assim, à medida que vão integrando o campo eletromagnético, ou seja, seus corpos energéticos ou aura, cada vez mais será maleável a noção de tempo, será mais lenta ou passará mais rápido, mas sempre há tempo para criar ou retificar.

O salto do dia 16 de julho, ou seja, o segundo 7-7-7 abrirá novos caminhos para solucionar o que está pendente, inclusive o que vocês já haviam descartado, e acharão curioso, vocês o sentirão uns dias depois.

Porque sendo um alinhamento planetário e um portal dimensional, abre novas vias de saltos no tempo que no ser humano se manifesta como realidades quânticas que antes não eram percebidas.

Estando trabalhando profundamente a nível de seus coração, a energia lemuriana e o raio turquesa se tornam mais presentes do que nunca em vocês para o bem maior, ou seja, a grande ressonância das realidades.

As sincronias não são casuais, rsrsrs (riso), se são casuais, e tais causas são pela sua ressonância pessoal, por isso ela deve estar bem fundida com a sábia energia ancestral que reside no interior de cada um de vocês.

Essa energia é o grande motor de sua abertura de consciência e a grande PRODUTORA de suas aparentes sincronias.

Procurem estar em contato com a natureza nestes dias, ela lhes ajudará a catalisar a grande energia entrante para que os ajude a catalisá-la e a serem pilares de luz, ou seja, que a energia entre, flua, se distribua, os renove e por sua vez saia para o caminho exterior de Gaia.

Há um caminho de comunhão com o planeta, ou seja, a união de vocês é universo, corpo físico e planeta.

Este circuito é infinito, nutre vocês, sustenta vocês e lhes dá a oportunidade infinita de crescer como seres humanos e nós junto com vocês.

Os irmãoS pleiadianos estão gerindo o equilíbrio das energias entrantes, por isso tudo está mais alterado para que vocês se posicionem em sua realidade e peçam pelo bem maior e pela necessidade de se pôr um fim à energia de abuso.

Nós os amamos profundamente e desde o grande sol central de Alcyon, o quinto em concreto, respeitamos seus processos e esforços neste grande período para todos nós.

Um forte abraço,
Sananda.  
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://ascensionalquimicageometrica.blogspot.com.es/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/

A ESCOLHA PELA SIMPLICIDADE

image

Mestra Pórtia
Canal: Maria Silvia Orlovas
16.07.2014 
 
 
A escolha pela simplicidade.
 
As pessoas buscam a beleza do mundo, a harmonia dos relacionamentos, a felicidade no amor, os encontros, a paz.
 
E nós queremos dizer a vocês, meus amados, escolham a simplicidade. A simplicidade permite que a vida de vocês seja infinitamente mais fácil e mais feliz. E não falo aqui apenas da simplicidade do despojamento dos bens materiais.
 
Porque, uma linda sala, uma linda casa, pode ser ainda mais linda, ainda mais agradável, ainda mais confortável, se ela for simples. O excesso dos móveis, assim como o excesso dos pensamentos, dos desejos e dos adereços, torna a vida extremamente complicada, confusa…
 
Para vocês, que são donas de casa, sabem o que eu estou dizendo.
Uma casa com muitos utensílios, com muitos móveis, com muitos adereços, com muitos luxos, é cheia de coisas supérfluas que apenas dão trabalho para manter.
 
Aqueles que conseguem ter os olhos simples conseguem, também, ver a beleza naquilo que se apresenta. Transformar algo que talvez sozinho não tenha graça, numa obra de arte, só acontece através das mãos e da sensibilidade de um artista.
 
Então não é tão fácil assim ser simples, mas é muito fácil simplificar. Comecem abrindo mão dos desejos insanos. Das coisas que vocês querem, porque querem; dos sonhos que idealizaram e não se cumpriram; das realizações que se acumulam, mas que não trazem gosto, nem felicidade; das histórias com as pessoas que não correspondem ao seu amor.
 
É complicado amar quem não te ama. É complicado manter histórias porque vocês acha que você deve manter. Simplifiquem as suas vidas. Ouçam o coração de vocês, de uma forma simples. Estou feliz?
 
Não tem tantas respostas para uma pergunta simples. Você pode estar ou pode não estar. E se não estiver, você pode perguntar a si mesmo o porquê.
 
E normalmente, quando se pergunta o porquê, você encontrará muitas complicações em você mesmo. Por que não tenho isso? Por que tenho aquilo? Por que tenho que fazer isso? Por que tenho que arrumar aquilo? Simplifiquem.
 
Pensem: Onde posso simplificar a minha vida? Onde posso viver com mais calma, com mais tranquilidade, com menos compromisso, com mais prazer…
 
Os relacionamentos também são assim. Muitas vezes as pessoas pensam, nos seus amores, nos seus amigos, nos seus filhos, nos seus pais… Pensamentos cheios de desejos e conflitos.
Simplifiquem.
 
Olhem as pessoas como elas são. E se relacionem com as pessoas, respeitando aquilo que conhecem delas. Não crie ideias, não crie ilusões e não alimentem sonhos.
 
Cabe a cada um de vocês trilhar o seu caminho de vida, ter as suas expectativas e trabalhar para alcançar o seu sucesso. Mas, não se percam nesses desejos. Simplifiquem também esses desejos. Organizem a sua mente, pensem com simplicidade.
 
Quando desejarem alguma coisa, se perguntem: Por que eu quero isso? O que eu desejo fazer com isso? O que eu busco? O que eu quero alcançar? O que eu sinto? Por que faço?… E vão descartando aquilo que não lhe faz bem.
 
Quando alguém desencarna desse Plano de Consciência que vocês vivem, com o corpo mental cheio de desejos, naturalmente está comprometido com uma nova encarnação.
Porque, quantos mais desejos uma Alma tiver, mais comprometida em reencarnar ela está.
 
Ao contrário, quanto mais simples for o seu coração, mais liberado você está deste Mundo. O Mundo dos Desejos, que é alimentado pelo seu mental, é um mundo de compromissos kármicos. É um mundo cheio de compromissos que vocês mesmos estão traçando e que vocês mesmos terão que alimentar.
 
A busca incessante pelos desejos, semeia para vocês novas encarnações.
Quando alguém sente a profunda necessidade de simplificar, de viver de forma mais fácil, de precisar menos das coisas e das pessoas… Esta pessoa, está caminhando para uma vida mais leve e para uma vida mais feliz.
 
Vocês podem e devem fazer isso, inclusive, no seu convívio familiar. Todos têm solução. Cada um de vocês terá um problema ou uma questão diferente. Mas, para cada um de vocês existe uma solução, um caminho, um amor.
 
Cada um sabe a quantidade deste remédio, que é a simplicidade. Cada um sabe onde e deve simplificar. Cada um sabe onde deve mexer, na sua vida, nos seus sentimentos, nos seus pensamentos e nas suas emoções.
 
Simplificar, tornará a vida de vocês infinitamente mais leve e mais feliz.
A Chama Violeta, a qual eu trabalho, é a Chama que propicia a Ascensão. Abre a mente, abre os olhos para enxergar as verdades espirituais, abre o coração. Ela transforma, elimina o karma.
 
Com a sua atuação, nós somos capazes de simplificar. Deem os passos necessários nessa direção e vocês verão quanto alívio terão na sua vida, na sua mente, no seu corpo e no seu coração.
 
A serviço da Chama Violeta e da elevação da consciência. Eu Sou Mestra Pórtia e abençoo vocês. Trago a energia da consciência, do entendimento e da simplicidade.
 
Acolham em suas vidas aquilo que realmente vale a pena. Acolham em seu coração, aquilo que realmente faz a diferença. Sejam amigos de todos, mas, acolham na Alma aqueles que realmente merecem o seu amor.
 
Não se percam, querendo agradar a todos. Não se percam querendo certezas para que tudo seja feliz. Sejam felizes simplificando, abrindo mão e se transformando.
 
Bênçãos e Luz, em sintonia com a Chama Violeta. Sigam em paz.
 
 
Fonte: http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/2014/07/mestra-portia-escolha-pela-simplicidade.html

LIBERTE-SE

image

Mensagem de Owen K. Waters
17 de Julho de 2014  

 
Voltando à Idade Média, na Europa, o caminho popular para a espiritualidade era se tornar um monge ou freira.

Os Monastérios e os Conventos eram bem financiados, pois as suas populações locais eram obrigadas por lei a não somente ir à Igreja aos domingos, mas também a doar 10 por cento de sua renda para a Igreja.

Monges e freiras assumiam votos que os aliviavam das distrações de ter que ganhar a vida.
Eles faziam votos de pobreza, de castidade e de obediência.

Livres das distrações de trabalhar por um salário, ou de sustentarem uma família, eles eram capazes de passar muitas horas por dia em adoração e contemplação. A parte do voto de obediência convinha muito àqueles que estavam no comando.

O problema é que, uma vez que o voto é feito, ele fica armazenado em sua mente subconsciente que, ao contrário do seu cérebro físico, vive após a morte e reencarna com o seu espírito a cada nova vida.

Se você está lutando hoje com problemas de dinheiro, relacionamentos íntimos, ou sente uma falta de iniciativa que poderia resolver os seus problemas, provavelmente você fez um voto de pobreza, de castidade e de obediência em vidas passadas.

Tais votos pareciam uma boa idéia na época, mas, porque a reencarnação foi banida dos ensinamentos da Bíblia, ninguém percebeu o que isto iria causar em vidas futuras.

Estes votos foram feitos sem data de validade. Não houve um tipo de cláusula incluída “até que a morte nos separe”, assim as mentes subconscientes destes indivíduos registravam fielmente os votos como obrigações que iriam continuar até novo aviso.

Hoje, você poderia estar lutando para pagar as contas e querer criar a prosperidade em sua vida para acabar com a luta. Mas, se tiver um bloqueio subconsciente que diz: ”Você não deve ter dinheiro”, ou “O dinheiro é ruim”, então o bloqueio irá prevalecer e você continuará a lutar.

A partir de um ponto de vista neutro, imparcial, é óbvio que o dinheiro, que é apenas outra forma de energia, não pode realmente ser “pior” do que a eletricidade.

Funcionalmente, o dinheiro nada mais é do que a moeda da energia pessoal.

Ele representa o trabalho que você fez e a sua capacidade de pagar pelo trabalho de outros, para suprir as suas necessidades. Se você tiver um bloqueio mental em relação ao dinheiro, então, talvez, seja o momento de parar de sofrer e eliminar o bloqueio!

Enquanto que a parte dos votos de pobreza produzirá dificuldades financeiras, a parte da castidade criará relacionamentos insatisfatórios.

A parte da obediência leva a uma crença de que as pessoas que ganharam posições de autoridade têm mais conhecimento. Esta postura de abnegação não é mais apropriada no mundo de hoje, pois estes são os dias em que a Era da Espiritualidade está emergindo.

Hoje vivemos em uma era de auto-capacitação, que pede o domínio individual da vida, e não a obediência cega de quem afirma conhecer mais.

Há um perito neste mundo que sabe realmente o que é melhor para você e você vê esta pessoa a cada vez em que olha no espelho!

Olhe para o reflexo dos seus olhos – as janelas da alma – e peça a sabedoria eterna que se encontra dentro de você, para que venha à tona. Você já conhece a resposta a cada desafio pessoal. Apenas dê a sua mente consciente, a permissão de ouvir esta sabedoria interior.

Mais cedo ou mais tarde, todos os votos obsoletos precisam ser liberados a fim de que você se liberte das cadeias invisíveis da limitação auto-imposta. Quaisquer votos assumidos em vidas passadas, sem data de validade, são tipicamente inapropriados da maneira com que eles afetam vidas posteriores.

As circunstâncias que tornaram apropriado um voto de uma vida passada naquela época, já não existem, porque cada vida é uma aventura diferente, em um ambiente diferente.

A fim de desenvolver o seu próprio potencial, você precisa estar livre de obrigações obsoletas de vidas passadas.

Apenas você pode desenvolver o seu potencial.
Ninguém mais pode fazê-lo por você.

Esta vida é a sua aventura e é o seu momento para crescer, a fim de realizar o seu verdadeiro potencial, ou de ser impedido constantemente pelos bloqueios que desaceleram tudo.

Se você suspeitar de que a sua mente subconsciente pode estar abrigando votos inadequados, você poderá liberá-los muito simplesmente através do esforço consciente.

Veja como se libertar com a sua própria Declaração pessoal de Independência:

Entre em um estado tranqüilo e faça esta declaração necessária há muito vencida:

“Eu agora renuncio e libero todos os votos que eu assumi, que sobreviveram aos seus propósitos e que agora limitam o meu potencial para o crescimento. Eu recupero a minha liberdade pessoal e declaro que renuncio e libero estes votos, a partir de agora. Substituo os antigos votos pelo conhecimento de que sou amado e que eu sou o Amor.”

Para um melhor efeito, repita-a duas ou mais vezes, acrescentando sentimento e significado a cada vez.

Continue a rever a declaração, até que se sinta realmente liberto e capaz de avançar para evoluir e prosperar naturalmente nestes dias em que se inicia a Era da Espiritualidade.

Liberte os seus amigos!

Deixe-os saber como liberar limitações ocultas…  
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em: http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm 
 
Fonte: http://www.infinitebeing.com/  
Tradução: Regina Drumond  – reginamadrumond@yahoo.com.br

AS OBRIGAÇÕES DO SER E FAZER

image

Mensagem de Jennifer Hoffman
16 de Julho de 2014

Por que é que a alegria que você pode sentir em sua vida é diminuída quando você encontra alguém que está triste?

Como pode ser feliz em um momento e, então, sentir-se culpado por estar feliz quando está ciente da dor de outra pessoa?
 
É errado você desfrutar da abundância e da prosperidade quando outros estão experienciando a limitação?

Você se envergonha do seu sucesso quando sabe que outros estão lutando?

Quais são as suas obrigações para com os outros e como pode ser um apoio e um farol de luz se você não compartilha do seu atual estado de ser?

É uma questão de entender as suas obrigações de fazer e de ser.

A confusão surge quando você acredita que o seu ser está centrado ao redor do que você faz e para que você seja a luz para os outros, deve também apoiá-los a refletir as suas próprias bênçãos.

Isto cria a crença de que você tem uma obrigação de fazer para os outros, de modo que eles possam desfrutar do mesmo tipo de vida que você criou para si mesmo.

Embora possa ser uma fonte de iluminação para os outros, você não pode ser a Fonte deles de iluminação.

Não há promessa de sucesso ou de abundância na vida, somente que há um potencial de desfrutar da abundância ilimitada e das bênçãos em todas as coisas, quando este é um caminho escolhido.

Suas obrigações de fazer, o que você faz em sua vida e com a sua vida, estende-se somente ao seu caminho de vida. Tudo o que você faz em sua vida lhe serve e ao seu aprendizado, à sua cura, ao seu crescimento e a sua transformação.

Sua jornada é a sua própria criação, é o seu próprio caminho de cura e tudo nele é parte do que você está fazendo para si mesmo. O que você faz para os outros ou no interesse deles, não lhe serve, a menos que seja feito em cumprimento de sua lição.

A lição mais poderosa que você pode aprender é que você não é responsável pela alegria ou pela dor dos outros, pelo seu aprendizado ou cura, e eles não são responsáveis pelos seus. É esta obrigação que tem criado vidas de Karma e você as libera quando aceita que todos são soberanos em seu caminho, como você é no seu.

A jornada compartilhada da humanidade é uma experiência completa de ascensão e cada caminho individual dentro dela, leva à luz, da sua própria maneira. Nenhum caminho é mais importante e cada pessoa tem o seu próprio caminho para criar e seguir.

Sua obrigação de ser para a humanidade é estar em sua verdade, expandir-se para a expressão mais elevada de sua energia, e experienciar o pleno potencial de sua luz. Sua cura e aprendizado se tornam um potencial para os outros, quando eles podem entrar em ressonância com ele, por si mesmos.

Não há líderes: somente pontos de ressonância e de alinhamento.

Não pode haver seguidores quando cada pessoa reconhece que ela se conduziu na vibração e na frequência de luz que ela pode experienciar.

Há mestres e estudantes, mas cada pessoa é tanto o mestre quando o aluno e ambos ensinam e aprendem, é tanto aquele que experiencia, como a experiência, pois todos com quem estejam alinhados podem ter esta experiência.

Há uma profunda diferença entre piedade e compaixão e a sua obrigação se estende à compaixão, o que requer desprendimento e aceitação, mas não a energia da piedade, o que acontece quando você sente a responsabilidade pelo caminho dos outros, quando você acredita que tem uma obrigação de garantir a felicidade deles, ou de se sentir responsável para criar resultados que você acredita que eles não podem criar sozinhos.

Sua luz resplandece cada vez mais quando você está em sua energia mais elevada, experienciando a sua maior alegria, vivendo a vida mais gratificante que pode criar para si mesmo. É quando você é o mais capacitado, e também que é a mais poderosa fonte de luz do mundo.

Você tem uma obrigação com a Fonte que é parte do seu caminho, mas não de ser a fonte para aqueles a quem você julga como fracos ou impotentes.

Todos são uma centelha da luz divina da Fonte e todos são igualmente poderosos.

Ao ser uma luz para o mundo, a luz mais brilhante que pode ser e através da força do seu ser, você iluminará um caminho para que outros possam escolhê-lo e você poderá experimentar a alegria e a satisfação que estão alinhadas com o seu próprio caminho de iluminação, de expansão e de ascensão.

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/07/as-obrigacoes-do-ser-e-fazer.html
http://enlighteninglife.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

EU CONSCIENTE X EU SUPERIOR

wpid-10513253_793918727308289_977846929976212468_n.jpeg

Luiz Soares das Terras Nordestinas.

Recentemente vivenciamos muitas informações, termos e comentários. Em algumas oportunidades chegamos até, como que arrumando a mala para a grande e prometida viagem à terra ou aos auspícios da quinta dimensão.

Os preparativos para o inicio de uma grande jornada fazia parte de um posicionamento real e de um desejo fervoroso e imaginário do nosso EU consciente, inquilino feroz das mazelas e desafios que a terceira dimensão pode nos oferecer. Do outro lado um EU imaginário superior, possuidor de um grande cabedal de conhecimento e vivencia em situações passadas, abissalmente fora dos limites da materialidade, que em nada se compara com a forma e sentimentos do presente.

O termo ascensão foi à bola da vez. Tentávamos imaginar como se daria o processo da grande transição. Sair de uma realidade que se sedimenta, basicamente nos postulados concretos, para adentrar numa realidade de valores intangíveis. Durante algum tempo a nossa imaginação fluiu aceleradamente. Chegou-se a imaginar situações, quem sabe até mesmo descabidas se comparado ao que supostamente imaginávamos.

Paralelamente surge o enfoque com o termo do Portal, surgindo assim grandes interrogações: Estava capacitado? Poderíamos nos considerar escolhido por nossos próprios méritos? Ou simplesmente aplicar a velha forma do que, quando, como e onde? Ao ultrapassa-lo manteríamos a nossa composição a base do carbono ou nos transformaríamos, imediatamente em seres radiantes e luminosos?

Irremediavelmente o tempo cronológico continua a nossa disposição, independentemente do nosso desejo. E, agora nos chegam informações sobre o porquê da não consagração supostamente prometida. Alguém conseguiu realizar a tal façanha? E os demais em que estágio de espera se encontra? Se não conseguimos quais virtudes nos faltaram? No compasso da espera o que devemos aperfeiçoar para seguir adiante mesmo que de forma atrasada, comparada com aqueles abnegados vitoriosos?

Através dos últimos comentários surgem termos que se vinculam a nossa vivencia, tanto na característica eminentemente pessoal, quanto coletiva. Não vejo explicações plausíveis condicionar a evolução de um ser a uma realidade quantitativa da coletividade. Portanto, cai por terra tal justificativa. A vida é seletiva em todos os sentidos; tanto tangíveis, como intangíveis. Cada um traz e cultiva as suas próprias características, apenas com um detalhe primordial, qual seja saber discernir sobre o certo e o errado. Além disso, cultuar de forma sincera a máxima dos ensinamentos: Amar ao Criador da mesma forma para com todos os seres vivos que nos cercam.

De qualquer forma todas aquelas perspectivas imaginadas nos serviram para uma grande reflexão. Comparativamente nos preparamos para um grande acontecimento e, na hora prevista não recebemos o convite. Mas, muito nos serviram os prévios preparativos, mesmo que imaginários. Não houve um sentimento de perda, de discriminação, de julgamento, de culpa ou de abandono. Não. Até porque a transição via ascensão era e continua a ser um desejo nosso.

Sem demonstrar quaisquer sentimentos de derrota, devemos sim, avançar na melhoria das nossas convicções, atitudes e virtudes. Somos obra do Criador e, se não viermos a realizar a façanha esperada, temos como consolo evidenciarmos o nosso prazo de validade. Assim enquanto ele não se vence caminhemos e cantemos bons hinos, realizemos grandes ações e estejamos sempre vinculados à pureza, a grandeza e a sabedoria de todos os nossos EUS.

Abraços fraternos do Luiz Soares.

ESTAMOS EM UMA NOVA BASE

image

Mensagem de Karen Bishop
15 de Julho de 2014  

 
Há boas notícias a compartilhar e assim eu decidi dar uma pausa e escrever ainda outra mensagem. E isto pode nem mesmo ser novidade para alguns de vocês… mas ainda assim…

Depois de toda esta intensa limpeza, reestruturação, devastação, ancoragem e movimento que ocorreu em Junho, estamos em outro espaço muito novo, e podemos realmente senti-lo como uma mudança. Mas a melhor notícia é que este novo espaço está realmente se fixando. Ele realmente tomou posse e está continuando a se manter estável.

Em Junho, nós subimos na posição como um todo, ancorados intensa e muito profundamente em um espaço muito novo, e agora estamos nos colocando com mais segurança em uma base inteiramente nova.

Em 7 de Junho nós avançamos nesta nova base, e agora estamos, é claro, limpando-nos com a gripe da ascensão, enquanto nos ajustamos. A nova base é vitalmente importante e imensamente indicativa de nosso progresso na criação de uma realidade muito nova, em uma grade muito nova. Esta base nos protegerá, nos manterá no lugar, irá nos ancorar, e, o mais importante e mais necessário, irá nos dar os inícios de uma nova sensação de espaço, após estarmos em um espaço intermediário, por muito, muito tempo.

Durante o final de 2013, fomos incentivados a nos conectarmos mais plenamente com os membros da família e com aqueles que poderiam criar a possibilidade de novas conexões através do coração. Isto foi para assegurar que uma nova grade fosse capaz de se sustentar através da energia da nova realidade, em tempos futuros, com o amor em sua essência. Quando este tempo foi concluído (foi absolutamente bem sucedido), o primeiro grupo de “ascendentes” atravessaram para um espaço muito novo, em Janeiro de 2014. Logo em seguida veio outro grupo, no final de Janeiro e em Fevereiro. Muitas manifestações e coisas maravilhosas ocorreram para alguns do primeiro grupo que fizeram a travessia, pois eles estavam agora no lugar, na hierarquia de degraus vibracionais.

O que precisava ocorrer em seguida, não ocorreu, e assim… a nova grade caiu novamente, pois esta não estava ainda suficientemente forte para se sustentar. Não havia corações suficientes se conectando. Não foi dada reverência suficiente. Velhas rotinas e antigas crenças reverteram novamente e tudo se desintegrou mais uma vez. Mais atrasos, é claro.

Durante esta jornada muito longa da ascensão, foi-nos sempre dada uma oportunidade para fazermos uma mudança no plano, para avançá-lo, ou até mesmo para recuá-lo. Desta maneira, não é nem remotamente possível prever o que irá acontecer em qualquer momento, e, especialmente, prever quando as energias de intensa pressão, de cima, irão diminuir. Os alinhamentos planetários sempre ajudam, como muitas outras coisas no planeta, mas eles não serão capazes de prever quando chegaremos ao nosso derradeiro destino… eles somente estarão presente quando for o momento, de acordo com a forma com que a cena global está ocorrendo.

Enquanto isto, um plano global continua a se desenvolver, enquanto nos encaixamos dentro dele. Fomos incapazes de sustentar a nova realidade, sozinhos até 2010 (como foi o caso por muito tempo: um número suficiente de almas não estava preparado), assim mais tempo foi dado, tanto quanto possível para alcançarem e, então, conectarem-se novamente (muitas evoluíram durante este período e outras que já estavam “preparadas”, tornaram-se basicamente invisíveis e não reconhecidas). A natureza humana e o comportamento humano foram continuamente considerados erroneamente pelos poderes que tinham, assim desde 2010, estamos sendo impulsionados por uma enorme mão de cima que nos mantêm no lugar para não escorregarmos novamente. Assim, ainda que não possamos ainda assumir sozinhos, as energias invisíveis e intensamente estressantes de cima, estão fazendo isto por nós.

É por isto que alcançamos agora um novo marco no processo da ascensão. Isto foi feito basicamente para nós, e porque o deslize não é uma opção, estivemos experienciando contínuas limpezas, impulsos, pressões, ajustes, e para muitos, experiências físicas intensamente dolorosas.

A nova base está mantendo toda a nova energia. E estamos agora vivendo bem no topo dela. Desta maneira, as novas energias que serão, oh, tão boas, chegarão abaixo de nós, irão se tornar saturadas e então irão se expandir para o exterior. Esta experiência com as novas energias estava começando a se tornar conhecida para aqueles que estavam posicionados e prontos em 2010, e agora está de volta, novamente. E desta vez, estamos todos na nova grade, como um todo. Não apenas algumas almas que então iriam ajudar outros na travessia, como era a intenção do plano original.

Com esta enorme ancoragem veio, naturalmente, uma imensa dor nos pés e pernas, além da nossa usual ladainha de doenças que parecem estar se graduando, em intensidade. Enquanto as nossas camadas individuais estão se tornando ainda mais extintas, as energias auxiliares então começam a nos alcançar mais profundamente, criando ainda mais desafios e desconforto.

A nova base irá fortalecer a nova grade. Assim, desta maneira, nossas chances de escorregarmos novamente começarão a diminuir. Começaremos a nos sentir como se estivéssemos no lar… como se estivéssemos em algum lugar para uma mudança. Começaremos a nos sentir mais fortes. Começaremos a nos sentir mais no comando (depois de muitos meses em que fomos, aparentemente, vítimas desamparadas). Começaremos a ver o que está verdadeira e realmente ocorrendo, e eu posso lhes dizer, é maravilhoso e há uma enorme quantidade de amor ao nosso redor.

O novo está surgindo novamente, de maneira lenta e firme. E com o advento da nova base, ele em breve irá se impulsionar, enquanto começamos a construir sobre ele. E quando as energias de impulso e de pressão finalmente se elevarem, uma realidade incrível, surpreendente e realmente magnífica irá se revelar, pois ela esteve aí o tempo todo, mas não pudemos vê-la através de toda a dor, o sofrimento e o enorme stress que estava em nossos corpos.

A nova base é uma imensa realização para o processo da ascensão. Ao termos finalmente algo sólido e concreto para vivermos, após meses e meses de nos sentirmos desorientados, aparentemente sem lugar algum, tropeçando, afogando-nos, muito esgotados e cansados, nos níveis mais profundos de nossa alma, iremos nos colocar em uma nova posição de força e segurança, ainda que seja somente o início.

Mas é um início importante, porque a partir daqui nós iremos avançar com muito mais rapidez. E podemos saber agora também, que os “eus” em que podemos ter estranhamente nos moldado, que não se lembram da alegria, da felicidade, do amor, ou, especialmente, quem somos realmente (as boas partes que parecem ter estranhamente embarcado e deixado eus desagradáveis e irritáveis) começarão a desaparecer rapidamente, enquanto o Eu Verdadeiro de nossa alma irá se revelar novamente.

A nova base está finalmente aqui!

Do meu coração para o seu,

Karen  
 
-…..—==II==—-…..-
 
Direitos Autorais:
Fonte: http://www.gamabooks.com
Karen Bishop, P.O. Box 15196, Rio Rancho, NM 87174, USA
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br